Connect with us
Image Map

Na Ilha

‘Sinto Falta da Gente’ é o novo single do cantor maranhense Ed Neto

Compositor e integrante do grupo “@e3hit”, Ed tem músicas gravadas por artistas nacionais.

O mercado da música no Brasil tem apresentado novos artistas vindos dos mais variados estilos musicais. No Maranhão não tem sido diferente. E é nesse cenário que surge o cantor Ed Neto, que está lançando sua nova música de trabalho: “Sinto falta da gente”. Vem ouvir clicando aqui.

Ed Neto é um jovem artista de 22 anos, que desde bem cedo descobriu na música um caminho pra espalhar sua arte. Compositor e integrante do grupo “@e3hit”, tem músicas gravadas por artistas nacionais e agora vem ganhando destaque no cenário musical depois de suas parcerias com cantores já consolidados no mercado local como Israel Costa.

Nessa quarta-feira (18), ele lançou a música “Sinto falta da gente” em todas as plataformas digitais. Produzida por Sandoval Bimbo, escrita em parceria com Edimar Filho e Eli Ribeiro, carrega um estilo musical variado, diferente, contendo influencias da música romântica. O single “Sinto falta da gente”, como o próprio nome já sugere, fala sobre a relação de duas pessoas que não estão mais juntas e mostra como isso afeta o dia a dia do personagem da música, a falta que a outra pessoa faz, como o próprio cantor explica.

“Esse é o segundo single da minha carreira e ele carrega dois lados na sua produção. A letra mais romântica com o instrumental, mais pra cima. Trazendo contraste à música”, explica Ed Neto.

O artista adota diversos estilos para compor as suas músicas. Para isso, tem influências que vão do MPB e até mesmo artistas e grupos do pop/rock e pop atual, e também tem influências da música cristã. Essas influências musicais marcaram tanto a produção da primeira música de sua carreira, “Avesso”, como a nova produção.

“Mesmo sendo lançada exclusivamente nas plataformas digitais, também valorizo a divulgação da música nas rádios porque é um meio que está presente no cotidiano das pessoas e ajuda a mais pessoas a conhecerem o meu trabalho”, diz o cantor.

A produção do cantor planeja uma apresentação em janeiro, mas sem data definida.

Continue Lendo
Publicidade

Na Ilha

Festival Guarnicê de Cinema abre inscrições para a 43º edição no Maranhão

Inscrições podem ser realizadas até o dia 27 de março pelo site do evento.

Por

O Festival Guarnicê de Cinema abriu nessa terça-feira (11) as inscrições para a 43º edição da mostra voltada para produções audiovisuais. As inscrições podem ser realizadas até o dia 27 de junho por meio de formulário disponível no site do evento.

O evento será realizado entre os dias 5 a 11 de junho em São Luís. O objetivo do festival é promover o intercâmbio entre os realizadores de países ibero-americanos e de língua portuguesa. O tema é livre e o festival aceita filmes finalizados a partir de outubro de 2018.

As inscrições são voltadas para mostras competitivas nacionais de curtas e longas, exclusivas de realizadores maranhenses, seis mostras competitivas estaduais de curtíssimas, curtas e longas; reportagem televisiva de caráter documental e especial, seriada ou não; videoclipe e filme publicitário.

Entre os prêmios, estão o de melhor longa nacional, que recebe o Troféu Guarnicê e R$ 23 mil. Além disso, serão premiados o melhor curta nacional, que também recebe o Troféu Guarnicê e mais R$ 12 mil e o Prêmio Assembleia, destinado ao melhor filme feito por maranhenses. Os ganhadores levam a quantia de 10 salários-mínimos.

O festival é realizado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec), via Diretoria de Assuntos Culturais (Dac) e tem o apoio de instituições públicas e empresas privadas.

Veja o calendário do 43º Festival Guarnicê de Cinema:

Lançamento do edital e início das inscrições11 de fevereiro a 27 de março de 2020
Divulgação das obras selecionadas15 de abril de 2020
Data limite para interposição do resultado da pré-seleção17 de abril de 2020
Publicação do resultado do concurso21 de abril de 2020
Prazo final para recebimento dos filmes selecionados no formato final para exibição5 de maio de 2020
Realização do 43º Festival Guarnicê de Cinema5 a 12 de junho de 2020
Divulgação dos vencedores e cerimônia de premiação12 de junho de 2020
Continue Reading

Eventos

Livinho e Mad Dogz agitam programação pré-carnavalesca em São Luís

Livinho traz no repertório hits do funk nacional como “Hoje Eu Vou Parar na Gaiola”, “Déja Vu” e “Cheia de Marra”.

Por

O último fim de semana pré-carnavalesco em São Luís promete ser emocionante. Tudo por conta da junção de dois eventos, o “Baile da Prometida” e o “Bloco Funk in The House”, os dois maiores da capital realizam neste sábado (15), uma parceria reunindo atrações nacionais para essa despedida, a exemplo do astro Livinho que traz no repertório hits do funk nacional como “Hoje Eu Vou Parar na Gaiola”, “Déja Vu” e “Cheia de Marra”. Ele vai dividir o palco Mad Dogz, que fazem um grande sucesso no Brasil com performances inusitadas misturando no setlist músicas de Guetta ao Snoop.

ESTRUTURA

A produção promete uma grande equipe de segurança e megaestrutura para essa despedida. “A ideia é levar sempre um entretenimento para nossos clientes, quando surgiu a oportunidade para unir com a equipe do Funk in The House, não tivemos dúvida, porque eles também buscam o mesmo propósito da gente que é criar e realizar sonhos de uma forma responsável, tenho certeza que teremos uma noite histórica em São Luís”, conta Raina Cavalcante, do Baile da Prometida.

INGRESSOS

Para adquirir o acesso é necessário acessar o site ou app da Bilheteria Digital, ou a loja física no Shopping da Ilha, Rio Poty Hotel ou Rio Anil Shopping. Também à venda na Kazuo Store. Os valores variam entre R$ 40 e R$ 80.

SERVIÇO

Livinho e Mad Dogz em São Luís

Quando: Sábado, dia 15 de fevereiro, a partir das 15h 

Onde: Ceprama – Centro  

Atrações: Livinho, Mad Dogz, Filhinho de Papai e DJ Thiago Rodrigues

Continue Reading

Teatro na Ilha

Infidelidade é tema de espetáculo com Miguel Falabella e Zezé Polessa em São Luís

Alessandra Verney e Frederico Reuter também participam do espetáculo, que entra em cartaz no Teatro Arthur Azevedo, nos dias 7 e 8 de março.

Por

A peça foi adaptada e dirigida por Miguel Falabella (Foto: Divulgação/A Mentira)

Fidelidade e honestidade, duas palavras distintas, mas parecem que circulam juntas de alguma forma. No espetáculo “A Mentira”, de Florian Zeller, você vai entender sobre a arte de esconder, seja para proteger aquelas pessoas que amamos, ou não. A peça foi adaptada e dirigida por Miguel Falabella, que também protagoniza a história ao lado de Zezé Polessa, Alessandra Verney e Frederico Reuter. Alessandra entra nesta nova temporada no lugar de Karin Hils, que vai se dedicar à estreia de Donna Summer Musical.

Pela primeira vez em São Luís, depois de uma extraordinária temporada na Europa e outras cidades brasileiras, a apresentação será encenada no palco do Teatro Arthur Azevedo, nos dias 7 e 8 de março, sendo no sábado, às 19h e 21h, e no domingo, às 19h. Ingressos disponíveis na Bilheteria Digital.

Na história, Alice surpreende na rua o marido de sua melhor amiga com outra mulher, criando-se assim um conflito – ela deve ou não contar à amiga o que viu? Seu marido Paulo tenta convencê-la a esconder a verdade – e essa mentira é para defender o amigo ou porque ele também tem algo a esconder?

“A mentira é uma comédia deliciosa, sobre a relação muito louca entre dois casais. O interessante é que você assistindo nunca sabe na verdade o que essas pessoas estão pensando, para onde elas vão e o que elas pretendem”, declara Miguel Falabella.

Com a brilhante narrativa, “A Mentira” abre um diálogo instigante sobre fidelidade, honestidade e a realidade da monogamia em casamentos, conseguindo momentos tensos de mentiras – ou confissões acidentais – que fazem a audiência prender sua respiração, dosados habilmente com momentos de grande comédia.

“São quatro personagens, não é só um que mente, todos mentem! E é mais um movimento meu e do Miguel de estarmos juntos novamente no palco, desta vez com dois colegas com quem nunca atuei, mas cujo trabalho acompanho e admiro”, comenta Zezé Polessa.

“É sempre um prazer enorme voltar a atuar com a Zezé Polessa, fiz um grande sucesso da minha carreira ao lado dela”, acrescenta Falabella.

Continue Reading

Em alta agora