O fim da piada: Punchline

Venha conhecer a nova parceira do Coringa e entenda como ela vai ser o fim de todas as piadas da DC Comics

Nessa semana, depois de três meses, tivemos o levantamento do embargo quanto a distribuição de quadrinhos, permitindo assim que depois de três meses a DC Comics pudesse lançar dois de seus títulos mais aguardados: Batman #92 e a edição especial, em cem páginas, em comemoração dos oitenta anos da criação do Coringa. Entretanto, a animação quanto a essas propriedades não está nem no Cavaleiro das Trevas e muito menos no Palhaço Príncipe do Crime, mas sim na introdução de uma nova personagem, Punchline, que em poucos meses, já atiçou o interesse de todos. Mas afinal de contas, quem é a nova parceira do Coringa e o porque dela já ter se tornado tão popular.

Criada por James Tynion IV e Jorge Jimenez, Punchline vem como uma forma de modificar permanentemente a dinâmica do Coringa, que desde os Novos 52, fase em que aconteceu a emancipação da Harley de seu relacionamento tóxico em 2011, tem estado sozinho. Tynion e Jimenez que são veteranos quanto ao seu envolvimento com a mitologia do Cavaleiro das Trevas, com Jimenez sendo o atual escritor do título do Batman, também afirmaram que a personagem não é uma cópia da Harley, sendo em fato, o oposto.

Sua história de origem foi brevemente explorada na edição especial do Coringa, onde somos apresentados a Alexis, uma jovem brilhante e perturbada estudante de química na Universidade Snyder, localizada ao norte de Gotham. Atraída pelos ideais anarquistas do Palhaço do Crime, a jovem assassina seu reitor, com uma versão melhorada do gás do riso do Coringa, onde a mesma adicionou nicotina e transformou a fumaça do cigarro em algo letal. Ao postar os últimos segundo agonizantes de sua vitima em suas redes sociais, Alexis chama a atenção do Coringa, se tornando digna de ser sua parceira, nascendo dessa forma a Punchline.

Punchline apresenta influências extremamente modernas, homenageando inclusive o Coringa de Joaquin Phoenix em até mesmo com seu nome. Não somente a mesma é uma anarquista como o personagem no filme do ano passado, mas também uma forte ativista, revoltada com as regras de uma sociedade que ela diz serem hipócritas e uma grande piada. Daí que vem seu nome, Punchline é o termo americano que remete aquilo que vem após uma piada ser contada, basicamente aquilo que a torna engraçada. Ela é o fim da piada.

Tynion e Jimenez criaram a personagem com o intuito ser uma antítese de tudo que a Harley representa e esses elementos estão presentes de maneiras extremamente fortes em todos os seus traços, desde sua aparência até, principalmente, em sua personalidade. Se afastando das cores vibrantes e coloridas em rosa e azul que moldaram a fama da Harley, Punchline adorna as cores pretas e roxas e é marcada por um longo em ébano, sempre com o intuito de se misturar com as sombras. Além disso, Punchline por representar o fim de todas as piadas do Mister J, não é divertida e brincalhona e sempre está focada em executar o trabalho de maneira efetiva. Por fim, as distinções entre as duas personagem são perfeitamente representadas em suas escolhas de arma, onde Harley prefere algo grande e espalhafatoso como uma marreta, Punchline prefere algo afiado e discreto, sempre tendo duas adagas em mãos.

A introdução de Punchline cria uma nova dinâmica interessante para Harley. Traçando um gigantesco paralelo com os quadrinhos do Archie, a DC com essas duas novas personagens criam suas próprias versões de Betty e Veronica, que apesar da inimizade e distinção forte em personalidade, tem um mesmo objetivo. No mais, Punchline também adiciona uma nova camada de complexidade para o Coringa, fazendo o reflexo da obsessão do Palhaço do Crime com o Batman, pois seria a sua nova parceira uma tentativa do Mister J ter seu próprio Robin? Se essa especulação se tornar verídica, Punchline representaria o Jason Todd enquanto Harley seria Dick Grayson?

E por fim, apesar de ainda ter uma origem pouco explorada, tendo sido apresentada somente em algumas páginas da edição especial do Coringa, Punchline já foi prometida como o foco do próximo grande arco da companhia, com Batman: Joker War, ainda nesse ano.

Total
0
Shares
1 comment

Comments are closed.

Prévia

James Pierre lança ‘Deixa’, primeiro single do seu novo projeto

Próxima Notícia

Enme lança ‘Obsessão’, com participação do DJ Palazi; Ouça