Connect with us

Se Liga

Festival de Circo movimenta São Luís até 1º de outubro

Edição de estreia do festival ocorre 29 e 30 de setembro e 1º de outubro.

O Coletivo “O Circo Tá na Rua” existe desde 22 de Julho de 2013 e se propõe a construir um espaço de troca, multiplicação e divisão da arte do circo. Foto: Ruy Barros/Divulgação.

Neste fim de semana, começa a edição de estreia do Festival de Circo em São Luís, primeiro evento independente da linguagem circense na capital maranhense que se propõe a entrar no rol dos Festivais de Circo que ocorrem em todo o Brasil.

Em sua primeira edição, o festival ocorrerá nos dias 29 e 30 de setembro e 1º de outubro, com vasta programação que inclui roda de conversa, espetáculos, imersão circense, cortejo artístico, show musical e palco aberto para artistas de todo canto do mundo.

Segundo a organização do evento, o festival objetiva consolidar o Maranhão como polo de formação profissional de artistas circenses, através da promoção de encontros, debates, espaços de troca, divisão e multiplicação da arte do circo.

“Em caráter independente, contamos com a ajuda de parceiros diversos que nos ajudam a realizar esse sonho, e você pode nos ajudar através do financiamento coletivo que funcionará até o último dia do Festival! Basta fazer uma doação de qualquer quantia para a seguinte conta: Ag 1639-x | CC 130651-0 | Donny W Santos | Banco do Brasil”, informou a produção do evento.

O comprovante pode ser enviado para o WhatsApp 98991390310 e quem doar pode receber um brinde de agradecimento a ser retirado no horário da programação do dia 1º de outubro, na Praça Nauro Machado.

Programação

Dois destaques da programação é a estreia do Espetáculo Palita Arruaçando, da Companhia Miramundo, um espetáculo solo da palhaça Palita, vivida pela Professora Doutora Michele Cabral, além da Caravana O Circo Tá na Rua, projeto em parceria com a Mc Sports patrocinado pela Cemar através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, que estará na manhã de domingo (30), no Antigo Projeto Social Arte de Viver, no Vicente Fialho.

Veja, abaixo, a programação completa:

Sábado
Centro Histórico | Teatro Alcione Nazaré
19h – Roda de Conversa Ocupação de Espaço Público – O circo como espaço de mobilização política e social;
20h – Trecho do Espetáculo Palhaços, da Ateliê Academia de Dança.

Domingo
30/9
Vicente Fialho | Projeto Social Arte de Viver;
9h – Caravana O Circo Tá na Rua (Projeto patrocinado pela Cemar via Lei Estadual de Incentivo à Cultura).

Centro Histórico | Odylo Costa Filho
14h às 18h – Imersão Circense

Segunda-Feira
1/10
São Cristóvão – Terminal de Integração;
10h – Intervenção Urbana Telas.

Centro Histórico | Praça Nauro Machado
17h – Coletivos de Ocupação;
Brechós;
Cortejo Artístico | Maratuque Upaon Açu;
Palco Aberto Circense;
Espetáculo em Estreia | Palita Arruaçando – Cia Miramundo;
Corrida Sapeca de Palhaços;
Bingo e sorteio de brindes;
Discotecagem | Fê Marques;
Show Musical | Banda Afrôs.

Sobre o Coletivo

O Coletivo O Circo Tá na Rua existe desde 22 de Julho de 2013 e se propõe a construir um espaço de troca, multiplicação e divisão da arte do circo, mediante treinos semanais gratuitos e públicos na Praça Nauro Machado, todas as segundas, das 18h30 às 21h, no Centro Histórico de São Luís.

Nos encontros, a população tem acesso aos materiais para o aprendizado das técnicas circenses, em um grande treino coletivo, construindo um espaço de formação, discussão e revitalização da arte circense.

O Circo Tá na Rua funciona em rede com diversos outros grupos culturais locais que atuam na ocupação de espaços públicos promovendo ações sociais e culturais voltadas para comunidade.

De forma independente, em pouco tempo, o projeto tornou-se referência para artistas de circo locais e viajantes do Brasil e do mundo que buscam trocar experiências circenses, haja vista ser o único lugar da cidade de São Luís que oferece vivência gratuita de circo para qualquer pessoa de todas as idades.

Continue lendo
Advertisement

Música

Vinaa libera faixas do novo álbum e anuncia data de show em São Paulo

“Bienvenidos a Ursal” e “Ventos de Galhardia” já estão disponíveis no YouTube.

Por

Prestes a lançar o segundo álbum de estúdio, Vinaa já está causando o maior burburinho nas redes sociais. Nesse fim de semana, o cantor disponibilizou antecipadamente duas faixas promocionais do álbum “Elementos e Hortelã na Terra dos Eucaliptos”, que será lançado nesta sexta-feira (11).

“Bienvenidos a Ursal” e “Ventos de Galhardia”, que traz colaboração Zeca Baleiro, indicado ao Grammy Latino 2019, são os títulos das músicas de forte influência regional e latina, disponibilizadas por Vinaa no último sábado (5), onde capricha no espanhol.

Nas redes sociais, Vinaa tem dado detalhes sobre os próximos passos da carreira. Além do lançamento de EHTE, como tem sido apelidado o álbum, estar agendado para dia 11 de outubro nas plataformas digitais, o cantor também fará coletiva de imprensa dia 26 de outubro, show de lançamento em São Luís no dia 1º de novembro e, ainda, um show ao vivo em São Paulo com transmissão para todo o Brasil no dia 13 de novembro.

Essa apresentação ao vivo será feita direto dos estúdios ShowLivre, na capital paulista, com transmissão nos canais TVT, Music Box, NOW e YouTube. “Elementos e Hortelã na Terra dos Eucaliptos” contará com 10 faixas e estará disponível em todas as plataformas digitais.

Continue Reading

Eventos

14ª Aldeia Sesc Guajajara de Artes conta com shows e programação para todos os públicos

Programação segue até dia 11 de outubro, com eventos gratuitos em vários pontos de São Luís.

Por

A abertura da 14ª Aldeia Sesc Guajajara de Artes acontece neste sábado, dia 05 de outubro, na Concha Acústica Reynaldo Faray, Lagoa da Jansen. A programação começa às 19h, com performance do Coletivo O Circo Tá na Rua, show da Orquestra Maranhense de Reggae, discotecagem com a DJ Fê Marques e show da carioca Alice Caymmi.

Dando destaque para os ritmos e artistas locais, a abertura terá o show da Orquestra Maranhense de Reggae/MA, projeto que tem a proposta de difundir a música jamaicana, brasileira e maranhense, fazendo uma releitura dos ritmos da cultura popular do estado na versão reggae. Logo após, fortalecendo a representatividade feminina, temos a DJ Fê Marques/MA, que irá apresentar um set que passeia por vários estilos musicais, conectando e animando o público. Logo após, sobe ao palco Alice Caymmi/RJ, cantora, compositora, musicista e performer, que começou a cantar e compor aos 10 anos. Com quatro discos lançados, Alice Caymmi/RJ vem pela primeira vez para São Luís apresentar um show pop, que reúne sucessos da sua discografia.

No domingo terá programação para as crianças. Em parceria com o Pátio Norte Shopping, será apresentado às 14h30, na praça de alimentação, o espetáculo circense “O Circo de Dois Palhaços Só”, da Cia. Cambalhotas/MA, que mostra a tentativa do Palhaço Carambela Guatchin em fazer um número solo, quando o mesmo é interrompido pelo Palhaço Coquinho Pitú. Ainda com a proposta de descentralizar as ações do evento, às 16h30 ocorre na praça Primeiro de Maio, na Vila Embratel, uma vivência circense com o Coletivo O Circo Tá na Rua/MA e contação de história com o grupo Xama Teatro/MA.

Encerrando o final de semana da Aldeia, será apresentado às 17h, o espetáculo musical “Cadê a herança” com a Cia. Encanto Coletivo/MA, no Teatro Sesc Napoleão Ewerton. É o primeiro espetáculo musical de texto autoral da companhia. O enredo narra o reencontro de uma família, embalada pela força das músicas de Rita Lee, Elis Regina e Roberto Carlos.

A 14ª edição da Aldeia Sesc Guajajara de Artes acontece até dia 11 de outubro, com programação gratuita em inúmeros espaços da cidade de São Luís. O evento possui ações em todos os horários e para todos os públicos, com o objetivo de ampliar o acesso às atividades culturais. A programação completa pode ser acessada no site www.sescma.com.br e nas redes sociais do evento.

Continue Reading

Eventos

Joãozinho Ribeiro encerra turnê no Salão do Livro de Imperatriz

Show no 17º. Salimp encerra a turnê nacional “Milhões de uns” e também terá convidados especiais.

Por

No ano em que se celebram os 40 anos de carreira musical de Joãozinho Ribeiro – contados a partir da estreia em um festival universitário de música em 1979 – o Brasil teve a oportunidade de conhecer melhor um dos maiores compositores já surgidos no Maranhão, onde é bastante requisitado pelo repertório de diversos intérpretes.

“Milhões de uns”, título de sua mais conhecida composição, premiada desde 2001, ano em que foi lançada por Célia Maria, considerada a “voz de ouro” do Maranhão, emprestou o nome à turnê com que Joãozinho Ribeiro percorreu alguns palcos brasileiros, com patrocínio do Supermercado Mateus, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Maranhão.

Repertório – Durante o espetáculo, Joãozinho Ribeiro passeia por diversas fases de sua carreira e por diversos estilos que marcam sua atividade de compositor: samba, choro, marchinha, forró, cacuriá, tambor de crioula, bumba-meu-boi, blues. O repertório é cerzido por temas diversos, com pitadas de amor, eterno pano pra manga na obra de nossos melhores compositores, e crítica social, assunto do qual o artista nunca fugiu.

Com apenas um cd lançado, também intitulado “Milhões de uns”, Joãozinho Ribeiro sempre foi pautado por um exercício agregador, ao longo de sua carreira. O disco traz várias participações especiais, de intérpretes e parceiros, algo que também está sendo visto nas apresentações da turnê homônima.

“A gente vinha ensaiando essa celebração há algum tempo. Com formações reduzidas vínhamos passando por diversos projetos e casas na noite de São Luís. Mas em se tratando de 40 anos de carreira, fui provocado pelos amigos a ultrapassar o Estreito dos Mosquitos e mostrar um pouco destas décadas de arte em municípios do interior do Maranhão e em outras capitais brasileiras”, declara Joãozinho Ribeiro, protagonista desta bela festa.

A cada show, Joãozinho Ribeiro tem recebido convidados especiais e em Imperatriz não será diferente. No 17º. Salão do Livro de Imperatriz (Salimp), neste sábado (5), às 21h, com o compositor anfitrião estarão Lena Garcia e Zeca Tocantins, dois dos maiores expoentes da música popular produzida na região tocantina.

A banda que acompanha Joãozinho Ribeiro é formada por Luiz Jr. Maranhão (violão, guitarra, viola caipira e direção musical), George Gomes (bateria), Marquinhos Carcará (percussão), Arlindo Pipiu (contrabaixo e cavaquinho), Rui Mário (sanfona e teclado), Danilo Santos (flauta e saxofone) e Hugo Carafunim (trompete). A produção executiva é de Lena Santos e a coordenação geral de Josias Sobrinho.

Continue Reading