Connect with us

Últimas

Documentário sobre Paquitas é cancelado

Diretora afirma à entrevista que o cancelamento se deu graças a “forças ocultas”.

Foto: Divulgação/Globo

Formado primeiramente em 1984, as Paquitas é um girl group brasileiro que encantou gerações das crianças dos anos 80 e 90 como assistentes de palco da icônica apresentadora Xuxa Meneghel.

Conhecidas nos Estados Unidos como Pixies, as Paquitas, além de assistência para a apresentadora, também se tornou um grupo musical desde o ano de 1989, lançando discografias até 1997. Seu maior sucesso foi a música “É tão bom”.

“É tão bom” também foi o título dado para o documentário que conta os bastidores e o dia-a-dia das seguidoras de Xuxa desenvolvido inicialmente em 2018 pela diretora Joana Di Carso.

Passados quase trinta anos desde a escolha da primeira Paquita, onde 29 meninas, divididas em 4 gerações, faziam parte da manhã da televisão brasileira, agora em 2020 o projeto acaba de ser canelado.

Em entrevista ao Extra a diretora do documentário Joana Di Carso, além de indicar que “forças ocultas” foram a causa do canelamento do projeto, também afirma:

Meu objetivo era que as pessoas revivessem essa história que foi marcante para muita gente. Mas nem tudo são flores na vida de ninguém. Quando você decide abordar também os espinhos, começa a incomodar. Ficou claro que não querem abordar os espinhos. Seria importante mostrar o que acontecia por trás, nos bastidores. Na minha opinião, o problema não foi de autorização de imagem, mas o que o documentário ia mostrar.

Das 29 Paquitas, 20 aceitaram participar, algumas até mesmo chegaram a gravar entrevistas, outras entretanto aceitaram mas voltaram com a proposta, como o caso de Letícia Spiller ou Stephanie Lourenço que gravou uma entrevista mas pediu que não fosse mais usada, mesmo com a diretora tendo se deslocado até São Paulo para entrevistá-la.

Com algumas entrevistas já realizadas, a Joana Di Carso publicou em seu canal do Youtube um pouco de material para não perder o que já estava pronto como vídeos das Paquitas Andréa Sorvetão, que foi a principal entusiasta do projeto, Andréa Veiga e Louise Wishchermann, assim como entrevistas com o coreógrafo Oswald Berry e o produtor Diler Trindade.

Embora não tenha sofrido nenhum tipo de interferência de Xuxa ou da diretora Marlene Mattos, Joana Di Carso indica que “o problema é o entorno”. Marlene, inclusive, a bloqueou no aplicativo Whatsapp na terceira tentativa de contato.

Carso sentiu-se um pouco ofendida e triste por não conseguir finalizar o projeto, inclusive deixa claro para o Extra:

O que sempre me interessou foi a história de cada uma delas como Paquita, não estava atrás de grandes polêmicas ou revelações. Oferecia de enviar as perguntas antes, sem problemas. Além disso, ninguém fica rico fazendo documentário no Brasil” .

Últimas

Alunos da UFMT se formam dentro de jogo

Com cerimônia e avatares, formatura é inteiramente realizada dentro do Minecraft.

Foto: Reprodução/Youtube

Com a pandemia do COVID-19, as pessoas têm que utilizar a criatividade para continuar com seus compromissos e tradições. Exemplo disso foi a formatura de 2020 dos alunos de Ciência da Computação da Universidade Federal do Mato Grosso.

Por não poder realizar a formatura presencial, os alunos decidiram criar uma forma não tradicional para que a cerimônia ocorre. A ideia? Se formar no Minecraft!

Minecraft é um jogo eletrônico onde, com blocos, pode-se construir quaisquer estruturas. Os alunos então criação o salão decorado para ocasião e avatares para cada aluno.

A ideia surgiu quando um dos alunos comentou sobre fazer a formatura do jogo e a ideia foi positivamente aceita.

A Atlética Trojan forneceu o servidor para o evento, pois sem isso, não seria possível realizar a cerimônia por conta do número de participantes.

“No começo, a ideia era mais básica. Algo bem mais informal, somente com a presença dos alunos, mas conversamos com os outros membros do Centro Acadêmico e a Atlética Trojan. Essa ideia simples tomou uma proporção maior”, afirma.

Foram quatro alunos, que trabalharam tanto o exterior quanto o interior do salão onde ocorreu a cerimônia online, levando 12 horas para finalizar. Porém, foram os 70 pessoas do curso que participaram entre alunos e docentes, dentre eles, 15 eram formados em Ciência da Computação e 11 em Sistema de Informação.

Para comunicação, os participantes do evento utilizaram o chat de voz do Discord e os professores fizeram seus discursos para os graduandos no palco do jogo.

O canal oficial no Youtube da Universidade Federal do Mato Grosso, disponibilizou todo video com a cerimônia que você pode ver aqui:

No Japão, por adaptação, ocorreu um caso parecido, onde alunos graduados da Universidade de Inovação de Negócios, se conectaram com robôs chamados de Newme para receber o canudo.

Leia Mais

TV

Kingdom Hearts pode virar série da Disney+

O jogo une personagens conhecidos do mundo Disney com os de Final Fantasy.

Foto: Divulgação

Uma das franquias mais queridas dos fãs de video-games, Kingdom Hearts, pode ganhar uma adaptação em computação gráfica para a Disney+. A adaptação viria em formato de série e, segundo rumores, já possui o episódio piloto gravado.

Embora o site oficial da Disney não tenha confirmado ainda, os rumores cresceram após a publicação do editor-chefe do site The DisInsider, no Twitter, divulgando informações acerca do projeto. Segundo o jornalista, a série está sendo produzida e deve contar com a dublagem original dos personagens no game.

Outro jornalista que também confirmou a novidade foi Emre Kaya do The Cinema Spot. Em seu perfil no Twitter, ele revelou que a série estava sendo criada inteiramente pela Disney, mas a empresa não teve êxito e, por isso, pediram à Square-Enix para criar um piloto com o Unreal Engine.

Infelizmente, os jornalista não divulgaram se há previsão para o lançamento e nem qual história será adaptada. Contudo, essa não é a primeira vez que surgem especulações a respeito de uma possível animação de Kingdom Hearts. Em 2015, sites noticiaram que as companhias estavam planejando uma adaptação para o jogo.

Para quem não sabe, Kingdom Hearts é uma franquia de jogos que teve início no ano 2002. O RPG mistura o universo da Disney com de outra famosa franquia dos games, Final Fantasy. O mais recente jogo lançado da franquia vendeu cerca de 5 milhões de cópias em apenas uma semana e tornou-se o mais vendido do primeiro semestre de 2019.

Confira os tuítes:

“Fui marcado na postagem de Jeremy (que é verdadeira), então aqui está o que sei:
– Kingdom Hearts será uma série do Disney+, não um filme.
– Será animada (Computação Gráfica)
– Dubladores da Disney devem reprisar seus papeis (Jim Cummings, Bill Farmer, Tony Anselmo)”
“Tinha pensado publicar isto como um artigo exclusivo, mas aparentemente há mais outras pessoas a ter conhecimento por isso vou apenas ‘tweetar’ sobre isso”, excreveu Kaya. “Há uma série de ‘Kingdom Hearts’ a ser desenvolvida para o Disney+. Originalmente a Disney tentou fazê-lo mas não resultou, por isso pediram à Square-Enix para criar um piloto com o Unreal Engine. Provavelmente esta série não será em ‘live-action’ mas animada. Estão atualmente a escolher o elenco”

Leia Mais

Últimas

Parque temático Super Nintendo World já está quase pronto

Sem previsão para lançamento, porém imagens mostram parque quase completo.

Foto: Divulgação/Nintendo

O parque temático da companhia japonesa na Universal Studios Japan, o Super Nintendo World, teve seu anúncio feito em 2015 e com data de previsão para abertura de seus portões para depois de 2020.

Essa semana, imagens feitas por drone, provavelmente por moradores da região, mostram que o parque já está praticamente pronto.

https://www.instagram.com/p/CAtWkMBHnjj/

Aparentemente, a construção das atrações e cenários foi finalizada e a visão aérea mostra os diversos níveis e elementos familiares para os fãs. Com cores vibrantes, que lembram muito os jogos da franquia, a imagem mostra o quanto o parque evoluiu desde janeiro, onde uma imagem vazada mostra o mesmo local com áreas ainda com andaimes e guindastes.

Em fevereiro de 2019, a empresa lançou alguns esboços mostrando o local, porém com as fotos lançadas recentemente, pode-se notar que há mudanças, embora a estrutura principal da área seja bastante parecida.

Em 2019, numa conferência em Los Angeles, nos EUA, Tom Williams, CEO dos parques da Universal, falou sobre as atrações do parque da Nintendo. Segundo ele, na primeira fase do parque, que estará disponível assim que a área abrir, os visitantes poderão aproveitar brinquedos inspirados no Mario Kart e no jogo Yoshi’s Adventure. Também haverão ambientes com área temática do Bowser e com o castelo da Princesa Peach, além dos visitantes interagirem com os objetos e lugares, jogando para conseguir pontos que podem ser utilizados em jogos no Nintendo Switch.

A empresa tinha projetos para abertura do parque ainda esse ano, previsto para a mesma época das Olimpíadas no país, mas, com a pandemia do COVID-19 e o adiamento dos jogos, nenhuma data foi confirmada.

A nova atração estará disponível não apenas no Japão, mas também em Orlando, Hollywood e Singapura. Porém a do Japão tem previsão para inauguração inicial.

Leia Mais