Connect with us

Últimas

CCXP19 finaliza com grandes nomes e novidades para a cultura pop

Grandes números fizeram um festival grandioso na CCXP19.

Após quatro dias de intensa programação, a sexta edição do CCXP, maior festival de cultura pop do mundo, termina com intensidade e proporções épicas. Foram reunidos mais de 280 mil pessoas de todo país, sendo 70% de fora de São Paulo.

A organização do festival estima ter injetado cerca de R$ 265 milhões na economia da cidade e gerado 11 mil empregos diretos e indiretos.

“A CCXP alcançou um lugar de destaque no cenário do entretenimento mundial. Mais uma vez entregamos ao público um festival de qualidade internacional, reconhecido pelos estúdios e que traz para o Brasil conteúdos que vão reverberar pelos próximos meses. Fazer tudo isso pelos fãs e ainda poder gerar emprego e movimentar a economia são coisas que tornam tudo isso ainda mais incrível. Estamos entregando mais um evento épico e já pensando na edição de 2020. Aliás, a CCXP20 já tem data marcada: de 3 a 6 de dezembro, anuncia Pierre Mantovani, CEO da CCXP.

Foram 15 estúdios e plataformas de streaming, 35 lojas especializadas em produtos geek e 55 marcas, que segundo estimativa dos organizadores, tiveram um faturamento de R$ 52 milhões; tudo isso num espaço de 115 mil m². A média gasta por quem passou na CCXP19 foi de R$ 325,00. Ao todo foram servidas 150 toneladas de alimentos em 42 restaurantes, sendo recorde em venda de refrigerante em eventos indoor em São Paulo.

O público do evento foi formado por 51% de homens e 49% de mulheres, mostrando a igualdade e apresentando uma programação mais equilibrada. Dentre o público, os dados indicam que 66% era formado por entre 15 e 34 anos, fazendo com que refletisse também na programação que apresentou painéis com temáticas jovens, assim como seus debates.

A CCXP19 reforçou sua relevância global no mercado de entretenimento ao reunir celebridades como Gal Gadot, Margot Robbie, Henry Cavill, Ryan Reynolds, John BoyegaOscar IsaacDaisy Ridley, o diretor J. J. Abrams e o elenco de “La Casa de Papel”, entre outros nomes aclamados. O festival ainda foi palco da pré-estreia de “Frozen 2”, da divulgação do trailer inédito de “Viúva Negra”, do teaser de “Eternos” e do aguardado trailer de “Mulher-Maravilha 1984”, que teve uma inédita transmissão global via Twitter.

A cobertura do festival contou com mais de dois mil formadores de opinião, entre jornalistas e influenciadores especializados na cultura pop e geek, vindo de 25 países. Entre os sites sobre o assunto de entretenimento o Volts apresentou matérias e lives com coberturas ao vivo pelo Instagram mostrando o evento e seus painéis. A conectividade do evento contou com 60 quilômetros de fibra ótica conectando todo o pavilhão com wi-fi gratuito disponibilizando aos visitantes a tecnologia 5G.

Novidades e elencos no Auditório Cinemark XD

Recebendo o aguarado painel da Netflix no audiótio Cinemark XD, o evento trouxe uma grande surpresa com a entrada de Henry Cavill, protagonista de “The Witcher”, que subiu ao palco e foi recebido por uma plateia animada, assim como a entrada dos atores Rodrigo de la Serna, Esther Acebo, Pedro Alonso, Alba Flores e Dark Peric, elenco da série “La Casa de Papel”, que contaram sobre a série e apresentado ao público metade do primeiro episódio da próxima temporada.

Ryan Reynolds também subiu ao palco para divulgar “Esquadrão 6”, junto com os colegas de elenco Adria Arjona, Mélanie Laurent, Corey Hawkins e Manuel Garcia-Rulfo.

A Warner também marcou presença no último dia do Auditório Cinemark XD, primeiro apresentando suas estreias de 2020 e projetos para os próximos anos como “Scooby! O Filme”, “Tom & Jerry”, “Space Jam 2”, “DC Super Pets”, “Em um Bairro de Nova York” e “Esquadrão Suicida”, filme que terá a brasileira Alice Braga no elenco.

Para fechar a noite, Gal Gadot e Patty Jenkins contaram ao público um pouco sobre a produção de “Mulher-Maravilha 1984”, em um painel que teve transmissão pelo Twitter e colocou a CCXP19 nos trending topics da rede social.

Concurso Cosplay

O último dia da CCXP19 também foi marcado pela grande final do Concurso Cosplay. Dividida em três etapas, a competição contou com o voto popular para selecionar os 12 artistas que subiram ao palco do Creatos Stage by Trigg neste domingo. Quem levou o prêmio principal, um carro 0 km e credenciais Full Experience da CCXP20, foi Jaqueline Fernandes Santos, com o personagem Diablo Prime Evil, de “Diablo III”. Também foram eleitos o Cosplayer Destaque (Nathália Casalecchi, com Winifred Sanderson), Melhor inventividade (Rogerio Silva, com Davy Jones), Melhor Figurino (Rafael Silva, com Dohvakiin) e Melhor Apresentação (Bruno Leão, com Li Shang).

Últimas

Pokemon receberá o 23º filme

Longa terá inspiração na lenda de Mogli.

Foto: Reprodução

Pokémon voltará ao mundo das animações tradicionais após um filme todo feito em computação gráfica. O filme Pockt Monsters: Coco foi anunciado e já recebeu um trailer incrível.

O filme terá grandes inspirações na lenda de Mogli, trazendo Ash e seu famoso pokémon Pikachu conhecendo um garoto das selvas chamado Coco. O filme dará destaque a dois pokemon raros. Zarude e Celebi vermelho.

Esse será o terceiro filme de Pokémon em uma linha do tempo paralela, desde Pokémon – O Filme: Eu escolho você! Ambos mostram um reboot de Ash vivendo aventuras, mas com um design mais próximo das temporadas antigas da animação.

O filme tem data de estreia marcada para 25 de dezembro no Japão, mas ainda sem informações sobre o lançamento no ocidente.

Leia Mais

Últimas

Marvel oficializa casamento entre Hulking e Wiccano

HQ traz imagem do casamento dos heróis.

Foto: Divulgação/Marvel Comics

A Marvel Comics apresentou, em sua nova maxissérie, o casamento de Teddy Altman (Wiccano) e Billy Kaplan (Hulking), o casal LGBTQI+ mais famoso da editora.   

O casal iniciou um relacionamento que foi introduzido em Young Avengers #7, HQ lançada em 2005. 

Agora na nova maxissérie, Empyre, foi revelado o casamento na quarta edição do título Jovens Vingadores, que mostra Hulking como líder da aliança entre Krees e Skrulls, segundo o site Legião dos Heróis

A saga mostra o Imperador Hulking – um híbrido entre as raças Kree e Skrull, pois é filho do Capitão Kree Mar-Vell e Anelle, com o objetivo de unir os dois impérios rivais após milênios em guerra, sendo agora uma única e poderosa aliança que se dirige à Terra. 

O casamento mostrado na revista é um flashback numa conversa entre Wiccano com a Capitã Marvel e o Tocha Humana, onde o herói afirma que o marido pode ter sido substituído por um skrull, já que algumas de suas ações se tornaram questionáveis não conduzindo com sua personalidade.  

Enquanto Wiccano conversava com os super-heróis, imagem de uma cerimônia discreta, que oficializou a união entre os personagens, aparece no quadrinho. Na cena, apenas os integrantes dos Jovens Vingadores e os amigos mais próximos de Billy e Teddy assistiam o casório. 

Para lembrar, em 2019, o primeiro beijo entre o casal Hulking e Wiccano causou polêmica na Bienal do Rio de Janeiro, quando o arco “A Cruzada das Crianças” foi acusado de apresentar “conteúdo sexual para menores” pelo prefeito Marcelo Crivella. Na ocasião, Jim Cheug, ilustrador da HQ, repudiou a censura apresentada pelo presidente carioca e disse que o político está “atrasado”. 

Leia Mais

Últimas

Novo single de Marilyn Manson ganha clipe surrealista

Álbum We are Chaos tem data prevista para 11 de setembro.

Foto: Divulgação

O último álbum de estúdio do cantor Marilyn Manson foi em 2017, de nome Heaven Upside Down. E agora, na última semana, o single “We Are Chaos” foi apresentado, mostrando a canção que fará parte de seu novo álbum de estúdio de mesmo nome. 

O novo álbum teve sua data de lançamento definida para o dia 11 de setembro de 2020 e será divulgado por meio da Universal Music. O cantor também revelou um clipe em seu melhor estilo surreal e bizarro para a faixa, produzido junto do diretor e ilustrador Matt Mahurim. 

Com coloboração de Shooter Jennigs, Manson também divulgou, em suas redes, a capa e o tracklist de todo álbum, o 11º de estúdio. A arte foi ilustrada por um autorretrato intitulado ‘Infinite Darkness’, obra do próprio Marilyn Manson. O disco possuirá 10 músicas compostas e gravadas antes da pandemia.  

  1. Red Black and Blue 
  2. We Are Chaos 
  3. Don’t Chase the Dead 
  4. Paint You With My Love 
  5. Half-Way & One Step Forward 
  6. Infinite Darkness 
  7. Perfume 
  8. Keep My Head Together 
  9. Solve Coagula 
  10.  Broken Needle 

Em nota, o cantor declarou que o álbum soa como se “tivesse sido feito ontem”, ainda que tenha sido concluído antes do mês de março.  

“Há um lado A e um lado B no disco, seguindo a lógica tradicional, mas, assim como um LP, é um círculo achatado. Cabe ao ouvinte encaixar a última peça do quebra-cabeça no conjunto das canções”. Afirmou Manson. 

O cantor definiu o trabalho como um “´álbum-conceito” e “um espelho ao qual nem ele, nem Shooter Jennings olharão”.  

“Há muitos quartos, armários, cofres e gavetas, mas na alma ou no seu museu de memórias, os espelhos são sempre os piores. Estilhaços e fragmentos de fantasmas assombraram minhas mãos enquanto eu escrevia a maior parte dessas letras. Durante o processo de criação do álbum, precisei dizer para mim mesmo: ‘controle a sua loucura, costure o seu terno e tente parecer que você não é um animal’, mas eu sabia que a humanidade é a pior de todas. Ter misericórdia é como cometer assassinato. As lágrimas são a maior exportação do corpo humano” Declarou. 

Leia Mais