Connect with us

Coberturas

#VoltsNaMSDC Confira aqui as críticas do Panorama Brasil – Filmes da Região Nordeste

Os filmes selecionados vêm dos estados da Bahia, Ceará, Sergipe, Paraíba e Pernambuco

Ao todo, a Mostra Sesc de Cinema 2019 conta com 42 filmes e aqui no Volts você confere nossos comentários sobre todos eles. Nesse post, as produções da Região Nordeste são as estrelas. Vai vendo.

Mateus (Recife, Pernambuco) 80min, longa-metragem, documentário, 2017

Essa doçura de documentário em formato road-movie é um breve passeio pela cultura popular pernambucana que só prova quão vastas e ricas são as tradições culturais do nosso país. Os palhaços Jurema e Bandeira vão rasgando a estrada a bordo de um fusquinha azul 78 em busca dos veteranos ‘brincadores’, palhaços que são chamados de ‘Mateus’ na região da Zona da Mata norte-pernambucana.

O doc. dispensa o didatismo que até poderia esclarecer os termos “Loa”, “Cavalo Marinho” entre tantos outros e prefere focar nos personagens como seu Zé de Bibi e o Mateus Martelo que, já idosos, seguem como guardiões de um saber popular tão belo e puro. “Pessoas assim enchem a minha alma de alegria”, diz Jurema em certo trecho – e assim também é o filme que emociona e diverte na mesma intensidade.

Ilha (Salvador, Bahia) 92min, longa-metragem, ficção, 2018

O que o Cinema quer da gente é coragem” … “Vocês vão ter que engolir a seco a minha subjetividade”… “O amor ensina e mata aqueles que não tem imaginação”. Assim é o longa-metragem de Ary Rosa e Glenda Nicácio, cheio dessas frases de efeito e citações, nunca dispensa a oportunidade de ser viajativo, às vezes é cafonaço, mas sempre muito consciente do próprio conceito de ser um filme provocativo e intrigante sobre a arte de fazer filmes.

Em Ilha o uso da quebra da quarta parede ganha um contorno diferente já que quem olha para a lente não encara exatamente o público e sim Thacle, o personagem que opera a câmera. E enquanto o filme dentro do filme vai sendo feito, as barreiras entre realidade e ficção vão se estreitando e memória e Cinema se misturam pra terminar no abraço. O abraço que Emerson dá em seus pais da ficção é também um acerto de contas com os pais da vida real e por isso a cena cresce tanto. Já o abraço final pode até ter lá a sua dose de cafonice, mas é marcante como é também o filme inteiro. Os dois.

Orin: Música para os Orixás (Salvador, Bahia) 73min, longa-metragem, documentário, 2018

Esse documentário em longa-metragem dirigido por Henrique Duarte parte da interessante premissa de que os cânticos e ritmos do candomblé tiveram papel determinante na construção de diversos gêneros musicais brasileiros, do samba ao funk. Dessa forma, o texto vai evoluindo e faz perceber que a música está relacionada a uma ancestralidade que chega até mesmo a extrapolar o território da religião.

O filme também é hábil em explorar detalhes que vão desde a feitura dos atabaques até a curiosa hierarquia dos instrumentos. Nesse sentido, as diferentes danças de cada orixá rendem um dos momentos mais belos do longa. Por fim, a simbiose entre fé e som revela uma forma de arte que flui para além dos terreiros e vai parar, como o doc. explica, na pauta da Rumpilezz Orquestra em Salvador até virar referência central para um grupo de rap.

Coberturas

Após tentar manter calendário, SDCC volta atrás e cancela edição 2020

San Diego Comic Con precisou ser cancelada por causa da pandemia do novo coronavírus.

Por

San Diego Comic Con precisou ser cancelada por causa da pandemia do novo coronavírus (Foto: Divulgação)

Após confirmar a permanência de datas para julho apesar da pandemia, a San Diego Comic Con voltou atrás e anunciou, nesta sexta-feira (17), o cancelamento da edição 2020 da convenção. O comunicado foi publicado no site do evento, onde a organização lamenta que seja a primeira vez, em 50 anos, que o evento, que é considerado a principal Comic Con do mundo, precisou cancelar a agenda.

“Pela primeira vez nos 50 anos de história da San Diego Comic Convention (SDCC), os organizadores por trás da celebração anual da cultura pop anunciaram hoje com muito pesar que não haverá Comic-Con em 2020. O evento retornará ao San Diego Convention Center entre 22 e 25 de julho de 2021”, publicou a organização.

Os organizadores ainda afirmam que os ingressos para o evento deste ano podem ser reembolsados ou transferidos para a Comic-Con do próximo ano.

“Todos os titulares de crachás de 2020 receberão um e-mail na próxima semana com instruções sobre como solicitar um reembolso. Os expositores da Comic-Con 2020 também terão a opção de solicitar um reembolso ou transferir seus pagamentos para a Comic-Con 2021 e também receberão um e-mail na próxima semana com instruções sobre como processar sua solicitação”, explicou a organização.

Ao final do comunicado, David Glanzer , porta-voz do evento volta a lamentar a necessidade do cancelamento. “Tempos extraordinários exigem medidas extraordinárias e, enquanto estamos tristes por tomar essa ação, sabemos que é a decisão certa”, disse.

Resistência

Ainda que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) tenha alterado calendário de eventos no mundo inteiro – pelo menos os do primeiro semestre – e colocado países inteiros de quarentena, a organização da San Diego Comic-Con permanece esperançosa. Previsto para ser realizada em julho, o evento anunciou que não vai adiar a data da convenção geek.

“Para os nossos incríveis fãs da Comic-Con e da WonderCon: nós entendemos a dificuldade que o clima atual tem sido para todos nós e agradecemos seu apoio durante esse período complicado. Ninguém está tão esperançoso quanto nós de que poderemos celebrar a SDCC juntos em julho. Continuaremos postando atualizações em nossos canais sociais enquanto monitoramos a situação com as autoridades de San Diego. Até lá, lembrem-se: ‘Um herói é uma pessoa comum que encontra força para perseverar e aguentar apesar de obstáculos esmagadores’ – Christopher Reeve”

Leia Mais

Coberturas

Apesar de pandemia, San Diego Comic-Con mantém datas de evento em 2020

Organização publicou: “Ninguém está tão esperançoso quanto nós de que poderemos celebrar a SDCC juntos”.

Por

Ainda que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) tenha alterado calendário de eventos no mundo inteiro – pelo menos os do primeiro semestre – e colocado países inteiros de quarentena, a organização da San Diego Comic-Con permanece esperançosa. Previsto para ser realizada em julho, o evento anunciou que não vai adiar a data da convenção geek.

“Um herói é uma pessoa comum que encontra força para perseverar e aguentar apesar de obstáculos esmagadores”, publicou a organização do evento, na Califórnia, fitando uma frase de Christopher Reeves, o eterno Superman.

“Para os nossos incríveis fãs da Comic-Con e da WonderCon: nós entendemos a dificuldade que o clima atual tem sido para todos nós e agradecemos seu apoio durante esse período complicado. Ninguém está tão esperançoso quanto nós de que poderemos celebrar a SDCC juntos em julho. Continuaremos postando atualizações em nossos canais sociais enquanto monitoramos a situação com as autoridades de San Diego. Até lá, lembrem-se: ‘Um herói é uma pessoa comum que encontra força para perseverar e aguentar apesar de obstáculos esmagadores’ – Christopher Reeve”

A San Diego Comic-Con é considerada uma das principais Comic Cons do mundo, por reunir os lançamentos dos principais estúdios e receber visitas de dezenas de estrelas de Hollywood. A CCXP, comic con brasileira, tem ficado atrás. Todos os anos, o Volts faz uma cobertura 360º do evento, que, para esse ano, também não se pronunciou sobre alterações de data, já que é realizada na primeira semana de dezembro.

Esse ano, a San Diego Comic-Con 2020 segue confirmada para acontecer entre 23 e 26 de julho. A WonderCon, evento que acontece em Anaheim, na Califórnia, foi adiada do começo de abril para uma data ainda não definida.

Impacto no entretenimento

Como precaução e preocupados com a saúde, a indústria profissional de entretenimento precisou adiar e cancelar diversos projetos no mundo inteiro. Emissoras de TV, plataformas de streaming, estúdios de cinema e produtoras de evento precisaram fazer alterações importantes em seus calendários pela segurança do público e dos profissionais envolvidos nesses produtos.

Leia Mais

Coberturas

#VoltsNaMSDC Confira a programação completa da Mostra Sesc de Cinema em São Luís

Evento acontece de 19 a 28 de Novembro e exibe 70 produções brasileiras

Além da seleção lançada em Paraty, com 42 filmes das cinco regiões do Brasil, a MSDC conta com o Panorama Maranhão que traz 28 produções locais. O evento está agora em seu terceiro ano de existência, mas ao funcionar como uma plataforma de facilitação de acesso do público a um rico material cinematográfico que é a cara do Brasil, a Mostra prova sua importância e relevância para o cenário cultural do nosso país.

No Maranhão, a MSDC acontece de 19 a 27 de novembro no Cine Praia Grande com os Panoramas Brasil e Maranhão. E de 26 a 28 de novembro no Teatro Sesc Napoleão Ewerton com o Panorama Infanto Juvenil. Lembrando que toda a programação é gratuita.

Além das exibições, a MSDC também vai oferecer a Oficina de Criação e Desenvolvimento de Séries de Animação, com Otoniel Oliveira do Iluminuras Estúdio de Animação (PA).

Para ficar por dentro da MSDC, acompanhe a cobertura pelas redes sociais do Volts – e clicando AQUI você tem acesso a grade com todos os horários.

Leia Mais