Connect with us

Tech

Unicode apresenta os candidatos a próximos emojis

Os novos emojis devem ser escolhidos em outubro deste ano.

Os emojis já entraram com tudo na vida dos usuários das mais diversas plataformas digitais. É quase impossível passar um dia sem mandar um emoji num chat, um e-mail ou até naquela legenda de fotos. Já dizia o velho ditado popular: um emoji vale mais que mil palavras. E no mundo repleto de mudanças e gostos, a Unicode divulgou na última quinta-feira os possíveis novos emojis para as plataformas em 2018.

São 67 novos símbolos incluindo partes do corpo, animais, comidas, objetos e claro, os novos rostos.

Também foram incluídos novos tipos de cabelos como o careca, grisalho, blackpower e ruivo.

A decisão final para escolher os novos emojis deve acontecer em outubro deste ano.

Você pode conferir a lista completa dos possíveis emojis neste link.

Continue Reading
Advertisement Image Map
6 Comments

6 Comments

  1. roblox power simulator

    12 de agosto de 2019 at 01:06

    Enjoyed examining this, very good stuff, thanks .

  2. granny outwitt mod menu

    13 de agosto de 2019 at 15:50

    I love reading through and I believe this website got some genuinely utilitarian stuff on it! .

  3. insta haxor

    14 de agosto de 2019 at 10:58

    Great stuff to see, glad that Yahoo took me here, Keep Up awsome job

  4. is feebhax legit

    15 de agosto de 2019 at 11:09

    very Great post, i actually love this web site, carry on it

  5. wewgaming

    16 de agosto de 2019 at 12:27

    Enjoyed reading through this, very good stuff, thankyou .

  6. does toothpaste fix a cracked screen

    16 de outubro de 2019 at 10:41

    stays on topic and states valid points. Thank you.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tech

Entidades cobram do Google fim de apps pré-instalados no Android

As entidades defendem uma série de medidas, como a liberdade do usuário desinstalar o app que quiser.

Um grupo de mais de 50 organizações enviou uma carta ao diretor executivo do conglomerado Alphabet, Sundar Pichai, cobrando o fim da pré-instalação de aplicativos em smartphones com o sistema operacional Android. O objetivo é evitar vulnerabilidades que afetem a privacidade e proporcionar aos usuários maior poder de escolha.

Alphabet é o nome do conglomerado criado em 2015 com a ampliação do Google. Além do mecanismo de busca, o grupo reúne o Android, maior sistema operacional do planeta, o Youtube, maior plataforma de vídeo do mundo, linhas de aparelhos (como laptops e smartphones) e subsidiárias desenvolvendo soluções diversas (de carros autônomos a produtos na área de saúde).

O comunicado aponta que fabricantes de dispositivos com o sistema operacional Android estão instalando apps que não podem ser deletados. Embora os aparelhos carreguem um selo de proteção (Google Play Protect), 91% dos programas pré-instalados não são sequer disponibilizados na loja de aplicativos da empresa, a Google Play Store.

“Esses apps pré-instalados podem ter permissões privilegiadas que os deixam operar fora do modelo de segurança do Android. Isso significa que as permissões podem ser definidas pelo app, incluindo o acesso ao microfone, câmera e localização, sem as configurações padrão do Android. Usuários estão totalmente no escuro sobre essas intrusões”, destaca a carta.

As organizações signatárias se preocupam que com isso os compradores desses aparelhos possam ser vítimas de formas de exploração indevida de dados por fabricantes de smartphones baratos, que reduzem o preço e utilizam essas estratégias para ganhar sobre as informações pessoais coletadas.

No texto, as entidades defendem uma série de medidas, como a liberdade do usuário desinstalar o app que quiser, sem que qualquer tipo de vestígio ou serviço de fundo continue rodando, a submissão dos apps pré-instalados às mesmas exigências de segurança da loja de aplicativos da Google e a inclusão de mecanismos de atualização sem utilização de informações dos usuários.

“Acreditamos que essas mudanças justas e razoáveis vão fazer uma diferença enorme para milhões de pessoas em todo o mundo, que não deveriam ter de trocar sua privacidade e segurança pelo acesso a um smartphone”, conclui a carta.

O grupo é formado por organizações de diversos países como Privacidade Internacional, Anistia Internacional, Associação para o Progresso das Comunicações (APC), Fundação da Fronteira Eletrônica (EFF) e por responsáveis por aplicações, como o mecanismo de busca Duck Duck Go e o navegador Tor. Do Brasil, participa a ONG Coding Rights.

Outro lado

Em nota, o Google afirmou que define padrões de segurança juntamente aos parceiros. “O Google trabalha com fabricantes parceiros para ajudá-los a melhorar a qualidade e a segurança de todos os aplicativos que eles decidem pré-instalar nos seus dispositivos. Nós oferecemos ferramentas e infraestrutura para ajudá-los a verificar seus softwares em busca de comportamentos que violem nossos padrões de privacidade e segurança. Além disso, o Google também fornece aos parceiros políticas claras sobre a segurança de aplicativos pré-instalados, bem como informações sobre potenciais ameaças que identificamos”, diz o comunicado.

Continue Reading

Música

Lexa se une ao Instagram para lançar conteúdo sobre ferramenta

A artista aparece cantando sua nova música, “Chama Ela”, para mostrar a ferramenta ‘Música’.

Por

Nesta semana, os usuários do Instagram no Brasil irão visualizar entre os Stories de seus amigos e contas que seguem, o NOVO!, um Stories do Instagram que informa sobre as novidades mais divertidas da plataforma, convidando as pessoas a experimentarem as ferramentas de Música já disponíveis no Stories. Estrelado pela cantora Lexa, este é o primeiro conteúdo de NOVO! produzido no Brasil.

A artista, representada pela Som Livre e KondZilla Records, aparece cantando sua nova música, “Chama Ela”, para mostrar como as ferramentas de Música funcionam. “É muito bom ver uma artista consagrada como a Lexa participar de uma ação em uma plataforma tão relevante, convidando mais pessoas a experimentarem essa ferramenta que só fortalece cada vez mais a indústria da música” diz Konrad Dantas, fundador da KondZilla.

“Essa parceria unindo grandes marcas reflete mais uma tendência da nossa atuação. Amplificar o potencial da música na indústria do entretenimento com foco em oferecer grandes experiências para o público. É uma honra para nós ter a Lexa, com quem estamos desde o início de sua carreira, como a primeira artista brasileira a estrelar o NOVO! no Instagram”, avalia Fernanda Bas, gerente de marketing da Som Livre.

Desde junho deste ano, os usuários brasileiros podem adicionar músicas nas publicações que fazem no Stories do Instagram e Facebook. Para experimentar as ferramentas, basta abrir a câmera no Instagram ou Facebook, ou mesmo selecionar uma foto ou vídeo da sua galeria, tocar no ícone de adesivos e adicionar o adesivo de música. Após escolher a música e o trecho preferido, ainda é possível incluir Letras, recurso que exibe a letra do trecho escolhido no Stories.

Continue Reading

Séries

Personagens de GoT idosos são o melhor do FaceApp

É a sequência de Game of Thrones que o George R.R. Martin jamais escreverá

Depois de treinar de graça e de forma imprudente a Inteligência Artificial de monitoramento de pessoas que o aplicativo FaceApp possui, postando fotos de nossos rostos para serem envelhecidas, agora os personagens de Game of Thrones passarem pelo mesmo tratamento.

O Instagram Kingdom of Thrones fez uma compilação com sete dos principais senhores e senhoras de Westeros envelhecidos pelo FaceApp. É a sequência de Game of Thrones que o George R.R. Martin jamais escreverá.

View this post on Instagram

Lords and ladies of Westeros in 30 years.

A post shared by Kingdomofthrones (@kingdomofthrones7) on

É importante lembrar que ao colocar sua foto no aplicativo para ser envelhecida ou rejuvenescida, o usuário está fornecendo dados preciosos e que podem ser usados de forma maliciosa por terceiros. É divertido e perigoso, como a Guerra dos Tronos.

Continue Reading

Em alta agora