Connect with us
Image Map

Séries

Teaser de ‘Senhor dos Anéis’ revela sociedade premiada que fará série do Prime

Saga se passará na Segunda Era e deve contar a forja dos Anéis de Poder

Neste fim de semana o Prime Video, da Amazon, liberou o primeiro teaser da vindoura série de The Lord of the Rings (O Senhor dos Anéis). Nos quase dois minutos de vídeo foi apresentada a sala de roteiristas da mega produção fantástica, além de confirmar o tempo em que se passará a saga.

O vídeo começa apresentando as regiões na master piece do britânico J.R.R. Tolkien que será exploradas na nova adaptação: o Grande Mar de Belegaer e o Golfo de Belfalas, à Oeste da Terra Média; a região de Eregion, onde se situam Caradhras, Khazad-Dûm e Glandum; a ilha de Númenor. Tudo isso como era na Segunda Era, a era anterior à aventura de Frodo e da Sociedade do Anel.

Segue-se para a equipe de produção, os showrunners J.D. Payne e Patrick McKay e a Sociedade de Roteiristas com grandes produções da TV e cinema no currículo:

Jennifer Hutchison (Breaking Bad, Better Call Saul) e Helen Shang (13 Reasons Why, Hannibal);
Jason Cahill (Halt and Catch Fire, The Sopranos, ER) e Justin Dohle (Stranger Things, Fringe);
Stephany Folsom (Toy Story 4) e Bryan Cogman (Game of Thrones);

A direção dos dois primeiros episódios será dirigidos pelo espanhol J.A Bayona, cujo trabalho mais recente foi com Jurassic Park – Reino Perdido (2018). Bayona, aliás, tem experiência com fantasia, tendo ainda dirigido A Monster Calls e The Orphanage. Mostrando ser um fã de Tolkien (e quem não é?) é ele que aparece com pantufas de Hobbit no teaser.

Segue a produção executiva com Belén Atieza, que trabalhou com Bayona em Jurassic World, The Monster Calls e The Orphanage; Bruce Richmond, de Game of Thrones, Westworld e The Leftovers; Gene Kelly, de Bordwalk Empire, Westworld e The Pacific; Lindsau Weber, de 10 Coverfield Lane e Star Trek Beyond.

O figurino de Senhor dos Anéis ficaria por conta de Kate Hawley, que já exerceu a mesma função Crimson Peak, Edge of Tomorrow e Suicide Squad. Já o design de produção será assinado por Rick Heinrichs, vencedor do Oscar de Design de Produção por seu trabalho em Sleepy Hollow (1999). Ele tem no currículo ainda Piratas do Caribe: Dead Man’s Chest e e Star Wars: The Last Jedi.

Efeitos visuais também vem com carimbo do Oscar de Jason Smith, indicado por seu trabalho em The Revenant.

Os fãs mais exigentes (todos) podem ficar sossegados com as presenças de Tom Shippey, estudioso de Tolkien e John Howe, ilustrador; ambos contribuíram com Peter Jackson na concepção da trilogia original no cinema.

Lord of the Rings no Prime Video ainda não tem data de estreia ou elenco confirmado, mas as gravações devem iniciar em 2020. A trama trará a forja dos Anéis de Poder pelo elfo Celebimbor, a forja do Um Anel por Sauron e toda a tragédia que se abateu em decorrência disso aos homens de Número.

Continue Lendo
Publicidade

Filmes

Vencedor do Oscar 2020, Parasita pode ganhar série com Mark Ruffalo na HBO

Imprensa americana recebeu informações sobre minissérie de cinco ou seis episódios.

Por

Mark Ruffalo pode estrelar minissérie da HBO, diz site (Foto: Divulgação / Parasita / Arte - Volts)

Parasita, fenômeno sul-coreano vencedor do Oscar 2020 em quatro categorias, pode ganhar uma minissérie na HBO, de acordo com o site especializado Collider. A adaptação já tem até o nome de Mark Ruffalo especulado para o papel principal.

Segundo a publicação, as negociações estão em estágio inicial e Ruffalo é o nome mais falado dentro do canal, que ainda não confirmou nada sobre o assunto.

Em janeiro, o próprio diretor Bong Joon Ho revelou o desejo de produzir uma série como uma espécie de material expandido do filme. “Quando penso em minissérie, realmente penso nisso como um filme expandido. Como Fanny e Alexander de Ingmar Bergman, você tem a versão do cinema de três horas e a televisiva, que tem cinco. Então meu objetivo é criar uma versão expandida e de alta qualidade de Parasita’”, disse o diretor.

Ainda que os rumores apontem Ruffalo como protagonista da adaptação, a direção do longa seria do próprio Bong Joon Ho, vencedor do Oscar de melhor diretor, que já estaria até trabalhando ao lado de Adam McKay. Especula-se que a série tenha cinco ou seis episódios.

Sucesso no Oscar

Para a surpresa do mundo inteiro, o longa sul-coreano “Parasita” foi o grande vencedor do Oscar nesse domingo (9), em Los Angeles, Estados Unidos. O filme de de Bong Joon Ho é o primeiro filme de língua não inglesa na história da premiação a ganhar na categoria “Melhor Filme”. E melhor ainda é receber o anúncio pela maravilhosa Jane Fonda. No total, o filme levou 4 estatuetas.

Além do principal prêmio, o cineasta Bong Joon Ho também ganhou como roteiro original, diretor e filme internacional.

Continue Reading

Séries

Sex Education é renovada para a terceira temporada na Netflix

Os novos episódios ainda não têm data de estreia.

Por

Sex Education tem 3ª temporada confirmada (Foto: Divulgação/Netflix)

Após a bem-sucedida segunda temporada, Sex Education teve o terceiro ano garantido e anunciado pela Netflix nesta segunda-feira (10). Pelas redes sociais, o serviço de streaming divulgou uma nova imagem e um novo vídeo. Veja abaixo:

Sex Education acompanha a história de Otis, que é um adolescente socialmente inapto que vive com sua mãe, uma terapeuta sexual. Apesar de não ter perdido a virgindade ainda, ele é uma espécie de especialista em sexo. Junto com Maeve, uma colega de classe rebelde, ele resolve montar sua própria clínica de saúde sexual para ajudar outros estudantes da escola.

A Netflix ainda não divulgou a data de estreia da nova temporada, mas os dois primeiros anos já estão disponíveis no catálogo do serviço.

Continue Reading

Séries

Warner anuncia criação de produtora dedicada ao streaming HBO Max

Serviço estreia em maio nos Estados Unidos e segue sem data para aterrissar no Brasil.

Por

Lanterna Verde é uma das produções já confirmadas no serviço (Foto: Instagram/HJXArt)

Para entrar de vez e com força total no mercado de streamings, a Warner Bros. anunciou, nesta semana, a criação de uma produtora com o objetivo específico de criar novos conteúdos exclusivos para a plataforma HBO Max, que vai bater de frente com Hulu, Amazon Prime e a já consolidada Netflix.

O nome da produtora será Warner Max e deve produzir entre oito e dez títulos originais a cado ano para o serviço de streaming, o que inclui séries, minisséries ou filmes. Tudo indica que essas produções devem ter um orçamento considerado médio para execução.

A Warner diz, ainda, que não há intenção de destinar produções já em produção para estreia exclusiva no HBO Max.

Entre as produções que já foram anunciadas para o catálogo do serviço, que tem data de estreia prevista para maio deste ano nos Estados Unidos, estão Lanterna Verde, uma animação do Aquaman, uma nova versão de Gossip Girl, um produto de Friends (ainda sem tantas informações sobre), entre outros títulos.

Ainda não há previsão para a estreia do HBO Max no Brasil.

Sobre a plataforma

HBO já é uma das maiores plataformas em questão de conteúdo atualmente, com séries como Game of ThronesBig Little LiesWestworld e mais recentemente, Watchmen, a companhia é um dos maiores titãs em seu ramo, dominando inclusive premiações como Globo de Ouro e os Emmy. Porém, em maio de 2020, o público vai ser introduzido a uma nova dimensão com a inauguração de seu sistema de stremio, o HBO MAX.

MAX é uma atualização do atual HBO Now, expandindo não somente em conteúdo, mas também em qualidade os títulos (filmes e séries) produzidos pela marca. Sendo oficialmente apresentado ontem, a Warner Media em sua produção certificou a dessecação do mecanismo de sua plataforma, nós dando uma ideia não somente de conteúdos que vão ser direcionados para o HBO MAX, mas também, como a mesma vai funcionar.

HBO MAX vai funcionar como uma expansão do sistema já presente, sendo cobrado o mesmo valor atual de 15 dólares por mês, além disso, o assinante da HBO é automaticamente atualizado para o sistema MAX após o lançamento do novo domínio. A plataforma vai contar com uma interface individual e a restrição para crianças, porém, HBO vai apresentar a novidade de uma conta conjunta, permitindo que dois usuários assistam seus conteúdos juntos sem que desorganize as contas individuais dos assinantes.

Além disso, na apresentação foi revelado que a HBO MAX tem o intuito de abranger todas as idades e gêneros com seus conteúdos, porém, vai ter uma grande inclinação para o público feminino.

Continue Reading

Em alta agora