Studio Ghibli lança vídeos mostrando seu museu em Tóquio

Museu não pode ser filmado ou fotografado, mas os videos oficiais mostram todos os detalhes.

Para quem nunca conseguiu visitar o museu Ghibli e ver suas atrações incríveis, o site oficial do local publicou uma série de vídeos curtos para demonstrar as instalações do local.

Os vídeos mostram tanto o interior como o exterior do local, destacando algumas salas e detalhes que podem passar despercebidos para os visitantes.

Localizado no Japão, o museu foi fundado em outubro de 2001 e fica no parque de Mitaka, cidade a oeste de Tóquio e tem um grande fluxo de visitas.

Em suas idas aos museu, não é permitido que os visitantes filmes ou fotogravem o local, o que faz os vídeos lançados pelo site serem ainda mais especiais.

O prédio do museu é um destaque na rua em que se encontra. Um local cheio de cores e vida que chama logo atenção ao longe, principalmente pelo Totoro na entrada.

Exposições permanentes, mostrando a história e a ciência de animação por trás do estúdio, assim como desenhos, quadros de história e material de referência como esboços, storyboard, keyframing e outros muitos detalhes são vistos no museu.

Vários pontos podem ser visitados como o Straw Hat Cafe, que é uma cafeteria temática com os personagens dos filmes do Studio, o Jardim de Cobertura com uma estátua de tamanho real do robô de Laputa, a área infantil onde há um Nekobus gigante para crianças de até 12 anos e o Saturn Theater, um local com espaço para até 80 pessoas com exibição de vários curtas-metragens.

Assim como outros pontos turísticos de Tóquio, o Museu Ghibli está fechado temporariamente por conta da pandemia do COVID-19.

Além do museu que faz grande sucesso no Japão, um parque temático do Studio Ghibli está sendo desenvolvido e tem lançamento previsto para 2022. Pode-se ver as artes conceituais das atrações AQUI. Uma delas tem uma estrutura elevada com inspirações em O Castelo Animado e O Castelo no Céu, assim como uma imagem que recria a rua com os restaurantes em A Viagem de Chihiro.

O parque será construído em Nakagute, Aichi, também no Japão e pretende seguir as ideias ambientais de Hayao Miyazaki, co-fundador do Studio Ghibli, construído em harmonia com a natureza, sem cortar nenhuma árvore do local. O parque não pretende ter atrações tradicionais como montanhas-russas, preferindo focar nas franquias do estúdio.

Logo em 2022 três áreas serão inauguradas: Colina da Juventude, baseado em O Castelo Animado; Floresta Dodonko, basedo em Meu Amigo Totoro; e um grande armazém do Ghibli. Em 2023 serão inaugurados uma Vila Mononoke, baseado no filme Princesa Mononoke, e um Vale das Bruxas, baseado em O Serviço de Entregas da Kiki e O Castelo animado.

O episódio de estreia do Podcast Otaku, um projeto aqui do Volts, falou sobre as grandiosas animações do Studio Ghibli, caso tenha interesse você pode ouvir AQUI.

Total
3
Shares
2 comments

Comments are closed.

Prévia

7 melhores clipes de quando Anitta tinha ‘sangue nos olhos’

Próxima Notícia

League of Legends | Riot Games revela rework do Volibear