Connect with us

Games

Sage é a agente de Valorant mais escolhida no Beta

Agente representante da China se faz presente no competitivo.

Foto: Reprodução/Valorant

Com o Beta já lançado no Brasil para PC e com promessa de estreia ainda em 2020, o jogo Valorant, da Riot Games, mesma empresa responsável pelo famoso League of Legends, já deu o que falar.

Em outra matéria, que você pode ler AQUI, foi mostrado como conseguir o passe para jogar o Beta do jogo de tiro, que parece ter chamado atenção de muitos gamers.

Com pouco menos de um mês após o lançamento do Beta fechado, o lado competitivo e algumas características do Metagame começaram a aparecer. Exemplo disso foi a escolha dos agentes (personagens do jogo) que tem seus destaques nos primeiros campeonatos.

Cada agente representa um país do mundo real e a representante da China, Sage, tem sido a agente mais escolhida no momento.

Dados obtidos por Murilo Ricci, da Liquipedia e disponibilizados pelo GloboEsporte.com, apontaram a agente com o maior número de vitórias, derrotas e porcentagem de vitórias.

Sage lidera o rankin com 310 escolhas com 158 vitórias e 152 derrotas. Brimstone, o segundo colocado, tem 252 escolhas com 117 vitórias e 135 derrotas. Cypher está em terceiro por uma escolha a menos que Brimstone: 251. O agente tem contabilizadas 135 vitórias e 116 derrotas.

Esse número nas escolhas obrigaram a empresa a Nerfar (enfraquecer as características) de Sage e Cypher para abrir oportunidade a outros personagens aparecerem nos competitivos premiados que já são disputados ainda mesmo no Beta.

Entretanto, essa semana, o desenvolvedor do estúdio que está focado em detectar trapaceiros, Phillip Koskinas, postou em seu twitter a notícia de que, ainda no Beta, quase 9 mil jogadores já tiveram suas contas banidas do servidor por usarem cheats no jogo.

“Localizei um universo de Valorant que tem 8 mil e 873 trapaceiros a menos e movi todos para ele. Por favor, tome cuidado, pois seus ossos podem ter mudado de lugar durante a viagem dimensinal”. Koskinas brinca com a situação em seu Twitter.

Embora brincando, a preocupação é real, pois o jogo acabou de nascer e é notável que a empresa terá trabalho para torná-lo justo. Grandes mudanças estão sendo feitas como Nerfs, Buffs e até mesmo mudanças no itens e jogabilidade para tornar um jogo mais equilibrado.

Agentes favoritos em campeonatos:

AgenteNúmero de escolhasVitóriasDerrotasPorcentagem de vitórias
Sage31015815251%
Brimstone25211713546%
Cypher25113511654%
Breach24513111447%
Raze147697850%
Sova131656650%
Omen103594457%

Games

“Rise of the Tomb Raider” é o jogo gratuito da PS Plus de julho

Em comemoração ao aniversário de 10 anos do serviço Ps Plus, três jogos foram disponibilizados para o público.

(Foto: Reprodução/ @playstation_br)

Para a alegria dos jogadores do Playstation 4 e assinantes da Ps Plus, serviço de descontos que disponibiliza jogos gratuitos todos os meses, no mês de julho o consagrado Rise of the Tomb Raider (2015) foi o jogo disponibilizado pela plataforma. Além dele, mais outros dois jogos também foram liberados: NBA 2K20 e Erica.

Rise of the Tomb Raider é o segundo game do reboot da trilogia de jogos envolvendo a personagem Lara Croft, sendo o primeiro “Tomb Raider, de 2013, e o terceiro “Shadow of the Tomb Raider”, de 2018. A franquia, uma das mais consagradas do mundo dos games, acompanha as aventuras de Lara pelo mundo, em jogos de sobrevivência e exploração, marca registrada da personagem.

NBA 2K20 é mais um dos clássicos jogos de basquete, sendo o último lançado para essa geração, e Erica é um jogo interativo em formato live action.

Leia Mais

Games

Pokémon Unite, primeiro MOBA da franquia, é anunciado

Outras novidades foram anunciada na semana passada. Entre elas está a confirmação de Pokémon Snap para o Switch.

Foto: Divulgação.

Quem esperava um anuncio de reboot para os jogos da região de Johto foi pego de surpresa pela The Pokémon Company. A empresa anunciou hoje (24), em live, o Pokémon Unite, primeiro MOBA da franquia, parceria com a Tencent e desenvolvido pela TiMi Studio.

O jogo será gratuito e foi anunciado para o Nintendo Switch e para mobile (Android e iOS), mas sem data prevista para o lançamento. O game é no estilo League of Legends e DOTA 2, em que reúne duas equipes, com cinco jogadores cada, para batalhar em um mapa com três lanes.

O mapa ainda contém minions e creeps da floresta, que garantem aos pokémons subir de nível e, assim, evoluir durante as batalhas e ganhar novas habilidades. A Pokémon Companhia revelou ainda que o jogo terá crossplay entre as plataformas.

Outros projetos da franquia

Os fãs de Pokémon não estão passando fome neste mês. Na semana passada, a companhia lançou a DLC Isle Of Armor dos jogos Sword e Shield e ainda anunciou várias novidades. Entre elas está Pokémon Smile, aplicativo para incentivar as crianças a escovarem os dentes, e o Pokémon Café Mix, jogo que você comanda um restaurante e precisa resolver puzzles toda vez que um cliente realizar um pedido.

Outra novidade é o desenvolvimento de Pokémon Snap para o Switch. O jogo foi originalmente lançado em 1999 e permitia ao jogador desbravar regiões e fotografar os monstrinhos. Na nova versão, sem data de estreia, os pokémon de todas as regiões estarão presentes.

Esses e mais anúncios você pode conferir clicando aqui.

No último episódio do Podcast Otaku, debatemos sobre o sucesso de Pokémon em todas as mídias, comentamos os dados sobre arrecadação da franquia, divulgados esses dias pela The Pokémon Company, e compartilhamos nossas histórias com a franquia. Ouça:

Leia Mais

Games

Pokémon Company revela novos jogos da franquia e novidades para Pokémon Go

Fãs especulam ainda lançamento de um reboot para os jogos da região de Johto.

Foto: Divulgação/Pokemon Company

Hoje (17) o dia começou com o pé direito para os pokémaníacos. Anunciada ontem, a The Pokémon Company promoveu uma live nesta quarta-feira para o lançamento da DLC Isle Of Armor dos jogos Sword e Shield, lançados para Nintendo Switch. O momento também foi para anúncios, como a informação do desenvolvimento de Pokémon Snap para Switch e o lançamento de um aplicativo para incentivar crianças a escovarem os dentes.

Com Pokémon Smile, as crianças poderão interagir com os pokémon na hora de escovar os dentes por meio de filtros. Além disso, após escovarem os dentes, elas podem capturar os pokémon. Segundo a empresa, a ideia é tornar o momento menos estressante e mais divertido. O aplicativo já está disponível para IOS e Android.

Outra novidade é o jogo Pokémon Café Mix, exclusivo para Nintendo Switch. Nele o jogador comanda um restaurante e precisa resolver puzzles toda vez que um cliente realizar um pedido. O jogo ainda está na fase de pré-lançamento e também terá versões para IOS e Android, mas as datas ainda não foram divulgadas para os sistemas.

Já os saudosistas do Nintendo 64 foram pegos de surpresa. Durante a live, foi anunciada a produção do jogo Pokémon Snap para o Switch. O jogo originalmente lançado em 1999 permitia ao jogador desbravar regiões e fotografar os monstrinhos. Na nova versão, sem data de estreia, os pokémon de todas as regiões estarão presentes.

E para quem achou que Pokémon Go ficaria esquecido no churrasco, acabou ganhando motivos para comemorar. Foi anunciado para este ano a chegada das mega evoluções no mobile. E em comemoração a expansão Isle Of Armor, a forma galar de Farfetch’d já está disponível no jogo, além de itens baseados nos uniformes de treinamento presentes na DLC.

Também foi divulgado a distribuição de Zeraora Shiny para os 1 milhão de jogadores que o derrotarem nas Max Raid Battles de Pokémon Sword e Shield.

Novo anúncio e especulações

Mas as surpresas não terminam por aí. Foi divulgada mais uma live para o dia 24 e com a informação de que será anunciado um grande projeto. Os fãs da franquia ficaram em êxtase e já especulam o lançamento de um reboot para região de Johto.

Na live, Tsunekazu Ishihara, CEO da empresa que trouxe as informações, estava acompanhado por um cenário repleto de pelúcias de pokémon da segunda geração, entre eles as famosas eevevolutions de região: Umbreon e Espeon.

No último episódio do Podcast Otaku, debatemos sobre o sucesso de Pokémon em todas as mídias, comentamos os dados sobre arrecadação da franquia, divulgados esses dias pela The Pokémon Company, e compartilhamos nossas histórias com a franquia. Ouça clicando aqui.

Leia Mais