Connect with us

TV

RuPaul’s Drag Race vai ganhar versão britânica em 2019

Programa deve estrear ainda em 2019.

Hello hello hello! Foi confirmado – inesperadamente – que RuPaul’s Drag Race, um dos realities show mais queridinhos do mundo inteiro, ganhará uma versão britânica.

Segundo o jornal The Sun, a produção terá um grande orçamento e deverá trazer personalidades britânica para serem membros do juri. O show ganhará espaço na programação do canal BBC Three e deve estrear ainda em 2019.

“Estou muito animada para celebrar o carisma, originalidade, nervos e talento das queens da terra da Rainha. E antes que qualquer um pergunte, nós adoraríamos ter a Meghan Markle com a gente, já que estamos preparando um desafio de passarela sobre a realeza”, disse RuPaul ao jornal.

A primeira temporada contará com oito episódios e promete trazer participantes que têm grande valor na cena drag britânica. Vale lembrar que a franquia já possui 10 temporadas regulares e está indo para a 4ª temporada do derivado, RuPaul’s Drag Race: All Stars, além de ter, também, uma edição nas Filipinas.

Séries

Gotham| Liberado trailer do episódio final da série

A hora e o dia de dizer adeus chegou!

Depois de 5 temporadas a série Gotham chega ao fim este mês. O episódio intitulado ‘The Beginning’ conta com um salto de 10 anos na linha temporal e mostrará as primeiras aparições de Bruce Wayne como Batman. The Beginning será lançado dia 25 de abril nos EUA.

O Episódio mostrará Bruce se preparando para retornar a Gotham para a inauguração da nova Wayne Tower. Segundo sinopse oficial no site IMDb, quando Bullock é incriminado por assassinato, Gordon começa a juntar peças de um plano sinistro contra a cidade, e uma nova figura emerge das sombras para ser o herói que Gotham precisa.

Confira o trailer abaixo:

Lembrando que no Brasil a série é transmitida pela Warner Channel.

Continue Reading

TV

Paramount +| Viacom irá lançar serviço on demand no Brasil

No Brasil a Paramount + trará séries como The Handmaid’s Tale e South Park para o catálogo.

Segundo o portal Deadline a empresa Viacom, dona de canais como Nickelodeon, MTV e Comedy Central, irá lançar serviço de vídeo on demand em toda a América Latina, a Paramount +. Atualmente, o serviço está disponível nos países nórdicos, Europa Central e Oriental.

Com a Paramount + seus assinastes terão acesso a todos os filmes do estúdio, produções como: O Poderoso Chefão, Ilha do Medo, Bravura Indômita, Star Trek – Além da Escuridão e O Chamado. Além de acompanhar as produções da MTV, do Comedy Central e da Nickelodeon.

O serviço estará disponível no Brasil via NET, a partir do dia 1º de maio. Ele também estará disponível para assinantes e não-assinantes da NET por meio de aplicativos Android e iOS. Será lançado em toda a América Latina através da Clara Video ofertando serviços adicionais de TV paga, internet e celular.

“Ao forjar parcerias com os principais operadores e distribuidores do mundo, somos capazes de trazer conteúdo premium da Viacom para novas audiências globais”, afirma David Lynn, presidente e CEO da Viacom International Media Networks.

Continue Reading

Séries

Game of Thrones | Jon Snow é o Rei Arthur e podemos provar

Dragões secretos, espadas mágicas incesto e messianismo

Por mais que George R.R. Martin esteja desconstruindo muito da fantasia clássica nas Crônicas de Gelo e Fogo ele também a está re-costurando e, para tanto, tem usado de uma colcha de retalhos imensa de referências do Medievo, das lendas arturianas, da mitologia nórdica, de Senhor dos Anéis, de H.P Lovecraft…

Falamos aqui como Sansa Stark se assemelha à deusa nórdica Iduna e à princesa inglesa Elizabeth de York, em como Brienne de Tarth – recém sagrada cavaleira – é Joana D’arc, e agora vamos argumentar como Jon Snow é o equivalente a ninguém menos que o dono do imaginário do cavaleiro em armadura brilhante, Rei Arthur.

A lendária figura do rei bretão que lutou contra saxões e mais tarde foi morto pelo filho bastardo e que um dia voltará quando a Britânia (Grã Bretanha) mais precisar é motivo de debates acalorados em círculos de pesquisadores.

É fato que toda a saga de busca pelo graal e dos cavaleiros da Távola Redonda foi escrita bem tarde na Idade Média, mas também é possível encontrar registros de poemas dos séculos IV e V contendo a figura do general Arthur (ou qualquer grafia que o valha) na Escócia, na Inglaterra, na Bretanha e em Gales.

Rei Artur pode não ter existido, pode ser apenas um ideal, pode ter sido um bretão, há quem diga que era um galês, outros acreditam que voltará, mas o que se tem de estabelecido no cânone do personagem Rei Artur é muito próximo do Jon Snow de Game of Thrones.

Herdeiros secretos

Assim como Artur foi criado pelo mago Merlin sem saber que era o herdeiro do trono de Uther Pendragon, Jon Snow foi criado pelo tio Ned Stark sem saber que ela filho de Rhaegar Targaryen. Os pais secretos dos dois tinham como brasão um dragão.

De onde os dois heróis vieram também é motivo de debate. Jon foi criado como Snow, mas nasceu em Dorne e seu nome verdadeiro é Aegon Targaryen. De Artur não é possível afirmar que tenha existido de fato, ou se era um bretão, um rei, um general, se nasceu em Gales ou na Escócia, nem se seu nome é escrito com ou sem H.

Artur é fruto do relacionamento de Uther Pendragon com Igraine, que era casada com um rei inimigo, Gorlois. Jon Snow é fruto da união de Raeghar e Lyanna, que era noiva de Robert Baratheon

Provações e espadas mágicas

Artur só conseguiu o trono após se provar merecedor da espada mágica Excalibur. Em algumas versões ela lhe é oferecida pela Senhora do Lago, Viviane ou Ninue, em outras está cravada em uma pedra e apenas o herdeiro legítimo da bretanha poderá libertá-la.

Jon Snow também teve que se provar na Patrulha da Noite e como recompensa por ter salvo a vida de seu comandante ganhou uma espada mágica, Long Claw.

Ambos aprendem sobre honra e dever de forma dura; Jon como bastardo e na muralha e Artur em sua jornada sem era nem beira até remover a espada da pedra.

Jon e Artur são ícones de justiça, são os que se sacrificam pelo bem maior. Os dois fazem parte de irmandades com votos de proteger um reino em perigo, a Távola Redonda e a Patrulha da Noite.

Os Outros

Assim como Artur lutou a vida toda contra os “bárbaros” saxões que invadiam a ilha da Britânia, Jon Snow lutou contra os “selvagens” e agora luta contra os Caminhantes Brancos, nos livros chamados quase sempre de Outros. Outro, selvagem e bárbaro nada mais é que a ideia de que inimigo, ou o desconhecido, é inferior e perigoso.

Incesto Involuntário e Linhagem curada

Artur teve um filho bastardo, Mordred, e em algumas versões a mãe de Mordred é sua irmã, Morgana Le Fay, filha de Igraine e Gorlois. Em “As Brumas de Avalon”, de Marion Zimmer-Bradley, Artur é escolhido como Gamo Rei e se deita com uma noviça de Avalon, só muitos anos depois os irmãos ficam sabendo que foram usados em um plano de Merlin e Viviane, a Senhora do Lago/Senhora de Avalon.

O envolvimento de Igraine com Uther também vem de maquinações de feiticeiros para produzir uma criança prometida, um homem que realizaria grandes feitos e salvaria a Britânia dos invasores.

Jon Snow, além de vir de uma família acostumada a casar irmão com irmã se depara com a revelação de que a mulher que ama, Daenerys Targaryen, é sua tia. Assim como Artur é fruto de um plano para gerar uma criança especial, Jon é o produto da obsessão de seu pai biológico em produzir a terceira cabeça do Dragão e/ou o príncipe prometido.

Traição e morte

Mordred, o filho bastardo de Artur, cresce com ódio do pai por não ter sido legitimado ou mesmo reconhecido. Quase todas as lendas dão conta de que o filho matou o pai.

Jon é morto por seus irmãos postiça da Muralha, ressentidos por se sentirem traídos com a decisão de Snow em dar passagem ao Povo Livre para o lado de cá da Muralha.

Once and Future King

Rei Artur é antes de mais nada uma figura messiânica na tradição britânica que compartilha com Jesus de Nazaré alguns aspectos dessa faceta. É o rei que nasceu para salvar a ilha dos bárbaros, que foi traído e morto. Ele descansa intocado na Ilha de Avalon, sob a proteção das sacerdotisas da Grande Mãe. Ele é o rei que voltará quando a Britânia estiver novamente em grande perigo.

Jon Snow também foi morto em traição e já ressuscitou, com a ajuda de Melisandre, uma feiticeira sacerdotisa do Deus R’Hollor. Melisandre acredita que Jon seja o príncipe prometido (ou uma parte dele).

Como categorizou o Dr. Maredudd ap Huw, curador de uma exposição em Gales que debatia a origem do lendário rei bretão, é possível que Arthur seja uma ideia, um ideal, o mesmo se pode argumentar de Jon Snow e tantos outros príncipes prometidos de histórias. “A beleza de Arthur é que ele foi – e certamente de acordo com alguns é – quem quer que precisemos que seja”, sublinha ap Huw.

Fun fact: a bandeira do País de Gales, que não está incluída da Union Flag do Reino Unido, é um dragão vermelho.

Se Rei Artur vai voltar não se sabe quando, mas se Jon Snow vai assumir o Trono do Ferro saberemos daqui a quatro domingos com o último episódio de Game of Thrones.

Continue Reading