Oscar| Academia discute destino de streamings na premiação e altera regras

Oscar| Academia discute destino de streamings na premiação e altera regras

Depois muitas polêmicas sobre a elegibilidade de filmes lançados em streamings realmente merecerem concorrer ao Oscar, a academia se reuniu para deliberar sobre. O Conselho de Governadores da Academia fez várias mudanças nas regras para a próxima temporada de premiações, mas decidiram manter elegíveis filmes feito para streamings.

Tal questão já estava sendo discutida a um tempo, mas ganhou seu ápice depois que o diretor Steve Spielberg começou uma campanha nas redes sociais, logo depois do Oscar 2019, sobre a necessidade dos filmes concorrentes as premiações na academia serem exibidos em cinemas.

“Sinto que as pessoas precisam ter a oportunidade de deixar a vida segura e familiar e ir a um lugar onde possam sentar-se na companhia dos outros e ter uma experiência compartilhada – chorar juntos, rir juntos, ter medo juntos – para que, quando acabar, eles se sintam um pouco menos como estranhos. Eu quero ver a sobrevivência dos cinemas. Eu quero que a experiência teatral permaneça relevante em nossa cultura “, disse Spielberg em resposta ao The New York Times.

O streaming Netflix se pronunciou, pelo Twitter, e declarou que, “apoiamos o amor pelo cinema, mas nosso serviço possibilita acesso para pessoas que nem sempre podem pagar, ou moram em cidades sem cinema. Possibilita a todos, em todos os lugares, desfrutar de lançamentos ao mesmo tempo. E damos aos cineastas mais possibilidades de compartilhar suas artes. E tais assuntos devem ser levados em consideração.”

Levando em conta as alegações de Spielberg e o posicionamento da Netflix o presidente da Academia John Bailey declarou. “Apoiamos a experiência de ir ao cinema como parte integrante da sétima arte, e isso pesou muito em nossas discussões, planejamos estudar mais profundamente as mudanças que ocorrem em nossa indústria e continuar as discussões com nossos membros sobre essas questões”.

Na reunião de hoje os 54 membros do conselho de administração da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, levando todas as opiniões em consideração, deixou intacta a Regra Dois, a que estabeleceu que um filme pode ser elegível para o Oscar se tiver uma temporada teatral mínima de 7 dias em um teatro comercial do condado de L.A. Esse teatro tem que ter um mínimo de três exibições para a admissão paga em cada um desses sete dias, e esses filmes podem ser lançados em sites de streaming no primeiro dia de sua pré-qualificação.

Além da discussão sobre a Regras Dois outras categorias sofreram alteração. Melhor filme estrangeiro passa a se chamar melhor filme internacional. Melhor longa-metragem animado, eliminou a exigência de que oito filmes elegíveis fossem lançados no ano para que a categoria fosse incluída, maquiagem e Penteado

Relacionadas