Nossas Redes

Na Ilha

Mulheres na música: conheça 8 artistas do cenário maranhense

Dia Internacional da Mulher e é hora de celebrar as mulheres e suas conquistas e realizações econômicas, políticas e sociais. Mas a luta é diária para reduzir a desigualdade social que ainda as separa dos homens. Em diversos setores, as dificuldades são constantes, e a indústria musical não escapa.

Segundo a pesquisa Mulheres na Indústria da Música no Brasil: Oportunidades, Obstáculos e Perspectivas, realizada com 1450 mulheres que atuam no cenário musical, 63% delas relataram que foram afetadas pelas diferenças de gênero. Para 49% das entrevistadas, o assédio sexual é uma das principais dificuldades da carreira.

A ONG WIM (Women in Music) divulgou em 2019 que a participação de mulheres no setor musical no mundo está em torno de 30%.

Ainda há espaço para melhorias. Para ajudar as mulheres dessa indústria, nada melhor do que conhecer e reconhecer artistas e profissionais.

Por isso, listamos aqui 8 mulheres que atuam no cenário musical maranhense de maneira solo ou em grupo, no diverso gêneros.

Flávia Bittencourt
A artista independente já dividiu palco com grandes nomes da música brasileira, como Alcione, Geraldo Azevedo, Elba Ramalho e Alceu Valença. Nas músicas, Flávia mistura cultura popular, músicas nordestinas, pop e é influenciada pelo bumba-meu-boi Lançou este ano a música Côco. Além de cantora, é atriz, tendo participado do longa de Frederico Machado, As Órbitas da Água.


Camila Reis
Filha dos artistas Nelson Brito e Rosa Reis, Camila carrega uma musicalidade que envolve ritmos maranhenses, afrobeat e reggae. Em 2018, lançou seu primeiro álbum musical intitulado Preta Velha, composto por músicas que falam da liberdade feminina, ancestralidade africana e brincadeiras populares. Em março deste ano, lançou o single Melhor do que doutor.


Mairla Oliveira
Animação e ousadia são palavras-chaves para descrever a vocalista da banda Mix in Brazil. O repertório é variado, e quem já viu Mairla Oliveira nos palcos, sabe que as apresentações são muito performáticas. Ela foi um dos grandes destaques do Carnaval do Maranhão de 2020. Mairla também integra o Grupo Lamparina, conhecido por apresentar ritmos do nordeste brasileiro. A agenda de shows da artista é divulgada em seu perfil no Instagram.

Foto: Arquivo Instagram

Gabriela Marques
A cantora é natural de São Paulo, mas é um nome forte no cenário musical de São Luís. Ela é conhecida pelas influências do Jazz e da Música Brasileira e já se apresentou em diversos eventos acompanhada por grupos como Quarteto Buriti (MA) e Orquestra Guajajaras (MA). Atualmente, compõem a Cipó de Acácia, banda de sorriso grande e mistura de sons, como os próprios integrantes definem.


Ahnysha Krüst
Ahnysha é a frontwoman da SavageZ, banda de Death Metal que tem as letras de suas composições baseadas em conceitos filosóficos, literários e históricos.
Os vocais de Ahnysha são poderosos e a musicalidade da banda é consistente, entregando uma experiência sonora única.


Débora Lopes
Débora Selv Lopes é vocalista da banda Deep Hatred, banda de Death Metal maranhense. Brutalidade, peso e velocidade são as marcas da banda, e os vocais de Débora são essenciais para completar a experiência.
Acompanhe o Instagram da banda.

Foto: Divulgação

Núbia
O reggae é a ordem nas músicas da cantora e compositora maranhense. Influenciada por ritmos urbanos e dona de uma voz marcante, Núbia já se apresentou em diversos lugares de São Luís e em vários festivais. A letras de Núbia carregam muita expressividade e representatividade.


Gabi Carvalho
Por ser Teu, Órbita, Não Mate o Meu Querer e Guarde sua Indiferença são os singles da jovem cantora e compositora, que trazem nas letras e melodias temas como relacionamentos e amor próprio. No ano passado, lançou o single Sorte, ao lado de Yhago Sebaz.