Connect with us
Image Map

Listas

Lista de 5 | Músicas para conhecer Duda Beat

A cantora se apresenta no dia 20 de julho, em São Luís

“Eu vivia à flor da pele, nem percebia que das vezes que eu ria era vontade de chorar…” essa letra dolorosa faz parte da música Bédi Beat, da cantora pernambucana Duda Beat. O álbum de estreia, Sinto Muito, lançado no ano passado, é repleto de canções sobre o amor nos tempos modernos, numa mistura de indie, tecnobrega, axé e pop.

A cantora fará seu primeiro show em São Luís no lançamento do 2º Festival das Rendas, no dia 20 de julho. Para você não ficar de fora do sucesso Duda Beat, preparamos uma lista com as cinco músicas que você não pode deixar de conhecer.

1 – Bixinho

O maior sucesso da cantora. Na composição, Duda fala sobre não sentir desapego, um dos problemas dos relacionamentos atuais. Numa mistura de reggae e xote, a cantora não sofre tanto por amor nessa canção.

2 – Bolo de Rolo

Embalada pelo ritmo do reggae, Duda Beat usa essa canção para falar sobre a superação de um coração partido. Abandono, desespero e o ato de superar são mostrados nas cores e cenários do videoclipe, dirigido pelo casal Luisa Mascarenhas e Marcus Sabah.

3 – Todo carinho

Aqui, Duda não esconde o quão os relacionamentos modernos não são tão confortáveis. “Eu de outro tempo, amor que é para sempre”, ela diz na canção. A última faixa do álbum, uma espécia de baladinha, é assertiva: “Todo carinho do mundo para mim é pouco”.

4 – Bédi Beat

Nessa música, dá para entender por que muitos chamam Duda Beat de “sofrência do pop“. O primeiro hit da cantora fala sobre crushs que não ligam mais, mas insistem em perguntar por aí como você está. “De que tipo é o seu amor?”, a cantora questiona.

5 – Chega

Duda Beat, Jaloo e Mateus Carrilho se reúnem para falar sobre aquela pessoa que chega quando você menos espera, numa pegada bem pop. Os artistas apresentaram a música pela primeira vez no Lollapalooza 2019.

Pronto! Agora que você conhece um pouquinho da cantora, é só correr para ouvir o álbum completo e aproveitar o show.O álbum Sinto Muito está disponível no Spotify, Deezer e Google Play Música.

O show de Duda Beat em São Luís acontece no dia 20 de julho, no espaço ao lado da Batuque Brasil, Cohama. A apresentação faz parte do lançamento da 2ª edição do Festival das Rendas.

Continue Lendo
Publicidade

Listas

Lista de 5 | Álbuns para te acompanhar durante a bad

Muitos encaram a bad de forma humorada nas redes sociais, mas a verdade é que esse momento é doloroso.

Cena do clip 'I Miss That Feeling' do duo Tennis | Foto: Reprodução

Momentos de completa melancolia ou um tanto depressivos podem ser ocasionados por diversas situações, mas, convenhamos, que na maioria das vezes é aquela decepção amorosa a principal causa, seja pelo crush que não nos corresponde ou pelo rompimento de um relacionamento. Além disso, as responsabilidades excessivas e a dura realidade da vida adulta não ficam para trás quando o assunto é nos deixar na bad zone.

Ainda que muitos encaram esses momentos da vida de forma humorada na redes sociais, a verdade é que tudo isso é doloroso e essa dor, se não tratada de imediato, pode perdurar por bastante tempo. E não existe remédio melhor para curar as feridas do coração e da alma do que a música. Que tal uma pequena lista de álbuns para te acompanhar nos momentos tristes da vida?

1. Par de Olhos; YMA

Ano: 2019

Faixas: 9

Gênero: Pop; Alternativo; Indie

Momentos: Pré-final de relacionamento; insegurança no relacionamento; solidão.

A paulistana Yasmin Mamedio, nome por detrás do pseudônimo YMA, em seu primeiro álbum de inéditas expõe suas confissões e medos sobre o amor. São canções em que a cantora se vê dominada pelo conflito da incerteza romântica e do medo do abandono. Sentimentos que desencadeiam versos que transbordam insegurança, como na faixa de abertura ‘Evaporar‘. Guiada pelas guitarras ruidosas, das inserções dos sintetizadores e de suspiros angustiantes, Yasmin resgata a estética oitentista para entoar versos carregados pelo medo precoce da perda, como na faixa ‘Pequenos Rios’. ‘Par de Olhos’ é um registro marcado por paletas soturnas, uma sonoridade empoeirada e canções que, gradativamente, revelam um coração machucado à medida que Yasmim fala sobre suas dores. OUÇA.

2. Shore EP; Daniela Andrade

 

Ano: 2016

Faixas: 4

Gênero: Pop

Momentos: Relacionamento à distância; solidão; autoconhecimento.

Em uma estrutura contida, presando por arranjos econômicos enquanto os vocais doces da interprete embalam o pequeno catálogo de canções, a canadense Daniela Andrade transforma seu EP de estreia numa curta narrativa acerca dos relacionamentos na era digital, diálogo que facilmente se estabelece com o ouvinte. Da abertura com ‘Digital Age’ a ‘Shore’, Andrade se questiona a cada verso sobre a ausência do contato físico pela prevalência das interações via aplicativos de mensagens. São momentos em que a cantora resolve se recolher nos próprios pensamentos para falar sobre a solidão amorosa ocasionada pelos tempos modernos. OUÇA.

3. O Que Existe Dentro de Mim; Adorável Clichê

Ano: 2018

Faixas: 9

Gênero: Indie-rock; Emocore

Momentos: Crises existenciais; excesso de responsabilidades; entrando na vida adulta

As angustias e conflitos presentes na transição entre a adolescência e a vida adulta é um processo confuso e, por vezes, doloroso. Os catarinenses da Adorável Clichê sabem bem o que é isso. Em seu álbum de estreia, a banda recolheu todos os fragmentos, experiências e sentimentos amargos dessa fase e os emoldurou num convidativo catálogo de 9 canções. O registro transita entre as reflexões do jovem-adulto que precisa encarar a solidão da cidade grande, aceitar a distância das amizades de outrora e lidar com novas responsabilidades. Tudo isso é entregue ao ouvinte de forma introspectiva, seja pelo bom uso do dream pop e, às vezes, pela agressividade das guitarras sujas. Vale destacar a nostalgia pelo tom melodramático dos versos que facilmente lembram bandas como NX Zero e Fresno. OUÇA.

4. Journal de Bad; Bárbara Eugênia

Ano: 2010

Faixas: 13

Gênero: Pós-MPB

Momentos: Apaixonado; amor não correspondido; embreagado para esquecer o crush

Logo que Bárbara Eugênia surgiu poucos sabiam que ela se tornaria um dos grandes nomes do romantismo da atual safra da música brasileira. Da lírica marcada pela dor aos momentos de completo êxtase, Eugênia construiu um catálogo de canções que sintetiza qualquer fase de um dos sentimentos mais agridoces da vida: a paixão. ‘Journal de Bad’ , primeiro disco da cantora, é uma imersão sonora na teia de sensações desencadeada por um amor não correspondido, daquele crush completamente alienada dos sentimentos direcionados a ele. E Eugênia reforça o melodrama ao usar o brega e a jovem guarda para dar bases as suas confissões embriagadas, tão bem demarcada na faixa ‘Por Aí’ . OUÇA.

5. SASAMI; SASAMI

Ano: 2019

Faixas: 10

Gênero: Indie-rock; Shoegaze; Alternativo

Momentos: Término de relacionamento, Baixa autoestima; culpa pelo término

Em seu álbum de estreia autointitulado, Sasami Ashworth, nome por detrás do pseudônimo, abre as feridas de um relacionamento amoroso de outrora, tornando as guitarras presentes em toda audição do disco na sua mais fiel amiga. Com composições bem particulares, mas que não deixam de refletir experiências vividas pelo ouvinte, SASAMI procura sua libertação do fardo da culpa. São versos marcados pela autoafirmação, em que a cantora lembra a si mesma de não carregar a responsabilidade pelo o fim do relacionamento. E é percepitível, a medida que o disco se desenvolve, o diálogo que a cantora estabelece entre os versos e os arranjos. São nos instantes dos pequenos ruídos, das guitarras carregadas, que quebram as melodias soturnas, que SASAMI expõe as feridas de um termino conturbado e da culpa (injusta) que incumbiu a si mesma. OUÇA.

Continue Reading

Listas

Lista de 5 | Os álbuns mais esperados para o mês de fevereiro

O ano de 2020 promete o retorno de grandes nomes da música.

O ano de 2020 já começou prometendo o retorno de artistas de peso no mercado musical. Na semana passada, Selena Gomez lançou ‘Rare’, terceiro álbum da cantora desde que rompeu com sua banda. Mas as novidades não param por aí. Nomes como Justin Bieber, Dua Lipa e Kesha já anunciaram material novo para este ano.

A lista é grande, indo do pop americano ao sul coreano, passando pelo punk-rock e pelo psicodélico. Para sentir o gostinho do que vem por aí, confira os principais lançamentos para o mês de fevereiro.

1. #; LOONA

O ano de 2019 trouxe diversas conquistas para as meninas do LOONA. O grupo sul-coreano de música pop lançou em fevereiro um dos melhores MVs do ano passado, tendo a coreografia de Butterflyconquistado diversos prêmios. Além disso, após meses de lançamento, sem nenhuma divulgação, o grupo alcançou o primeiro lugar no Top 200 álbuns do iTunes norte-americano, com o mini-álbum ‘[X X]’ (2019).

Desde o fim das promoções de ‘Butterfly‘, a BBC, empresa responsável pelo grupo, divulgou as teasers do próximo comeback. Os três vídeos trazem elementos presentes nos MVs solos de alguns membros e, também, dos dois últimos MVs do grupo. Infelizmente, neste comeback, o LOONA retornará com apenas 11 membros. A integrante Haseul precisou se afastar devido crises de ansiedade.

# já se encontra disponível nas plataformas de streaming.

2. Father Of All Motherfuckers; Green Day

Com mais de duas décadas na ativa, os estadunienses do Green Day vão voltar mais dosados. O 13º álbum de estúdio contem 10 faixas e irá ter 26 minutos de duração. A decisão foi do próprio Billie Joe Armstrong, vocalista da banda, que confessou ter, hoje em dia, preferência a musicas com menos de três minutos.

Antes do lançamento do álbum, o Green Day deve divulgar, no dia 16 deste mês, o próximo single do disco, que será a faixa ‘Oh Yeah‘.

Father Of All Motherfuckers já se encontra disponível nas plataformas de streaming.

3. High Road; Kesha

Após o ótimo ‘Raibow‘ (2017), álbum que marca o retorno de Kesha após os problemas enfrentados com Dr. Luke, a norte-america já está pronta para entregar novo material. Assim como no registro anterior, Kesha segue mais orgânica e, pelos singles já lançados, deve preservar as batidas dançantes que tanto embalaram os primeiros trabalhos de sua carreira. 

Em sua rede social, a cantora confessou que não sabe se esse será seu último registro pop, mas que ainda quer se despedir do gênero com um “estrondo”. O quarto álbum de estúdio de Kesha possui 15 faixas e contará com a participação inusitada de artistas como Ke$ha (é isso mesmo que você está lendo, Ke$ha).

High Road já se encontra disponível nas plataformas de streaming.  

4. The Slow Rush; Tame Impala

Os australianos psicodélicos do Tame Impala possuem uma das melhores discografias da década e estão prestes aumentar o portfólio. ‘The Slow Rush‘ é o quarto disco da banda e já possui quatro singles lançados. Kevin Park (vocalista e produtor) mostra manter a mesma qualidade e a inclinação pop explorada em ‘Currents’ (2015).

Ainda que sejam um dos principais responsáveis pelo resgate do rock-psicodélico dos últimos 10 anos, Kevin Park teve que lidar com um sério bloqueio criativo, o que atrasou o lançamento do novo trabalho. Em uma entrevista, o australiano confessou ter se controlado para não fazer alterações em músicas que estarão presentes no novo álbum, caso da já conhecida ‘Patience’.

The Slow Rush está previsto para o dia 14 de fevereiro.

5. Miss Anthropocene; Grimes

Numa narrativa espacial repleta de seres alienígenas e alta tecnologia, Grimes faz o seu retorno. O novo álbum da cantora e produtora sucede o aclamado ‘Art Angles’ (2015), mas foge completamente da sonoridade apresentando no disco, levando Grimes a um universo mais sinteticamente sombrio, difícil não se lembrar da proposta presente em ‘Visions’ (2012).

Contudo, na semana passada, a internet foi pega de surpresa. No Instagram, Grimes publicou uma foto com os seios à mostra e um bebê desenhado na barriga e anunciou estar grávida do seu primeiro filho com o empresário Elon Musk. Rapidamente a cantora virou um dos assuntos mais comentados no Twitter, rendendo bons memes. Será que a gravidez vai afetar a divulgação do novo trabalho?

Miss Anthropocene está previsto para o dia 21 de fevereiro.       

      

Continue Reading

Filmes

20 filmes para você assistir nos cinemas em 2020

Cinema comercial deve lançar mais de 90 filmes nos próximos 12 meses, então é bom você se programar!

Por

SÃO LUÍS – O ano de 2020 está bastante movimentado nos cinemas, com produções para todos os gostos. De terror à ficção científica, o cinema comercial lançará cerca mais de 90 filmes até dezembro do ano que vem. E para ajudar no seu planejamento para ir ao cinema, o Volts destacou 20 filmes para você conferir até junho de 2020 nas telonas:

Frozen 2 – 02 de janeiro

De volta à infância de Elsa e Anna, as duas garotas descobrem uma história do pai, quando ainda era príncipe de Arendelle. Ele conta às meninas a história de uma visita à floresta dos elementos, onde um acontecimento inesperado teria provocado a sepaação dos habitantes da cidade com os quatro elementos fundamentais: ar, fogo, terra e água. Esta revelação ajudará Elsa a compreender a origem de seus poderes.

O Farol – 02 de janeiro

Início do século XX. Thomas Wake (Willem Dafoe), responsável pelo farol de uma ilha isolada, contrata o jovem Ephraim Winslow (Robert Pattinson) para substituir o ajudante anterior e colaborar nas tarefas diárias. No entanto, o acesso ao farol é mantido fechado ao novato, que se torna cada vez mais curioso com este espaço privado. Enquanto os dois homens se conhecem e se provocam, Ephraim fica obcecado em descobrir o que acontece naquele espaço fechado, ao mesmo tempo em que fenômenos estranhos começam a acontecer ao seu redor.

O Escândalo – 30 de janeiro

Um gigante do telejornalismo e antigo CEO da Fox News, Roger Ailes (John Lithgow) tem seu poder questionado e sua carreira derrubada quando um grupo de mulheres o acusam de assédio sexual no ambiente de trabalho.

Aves de Rapina – 06 de fevereiro

Arlequina (Margot Robbie), Canário Negro (Jurnee Smollett), Caçadora (Mary Elizabeth Winstead), Cassandra Cain e a policial Renée Montoya (Rosie Perez) formam um grupo inusitado de heroínas. Quando um perigoso criminoso começa a causar destruição em Gotham, as cinco mulheres precisam se unir para defender a cidade.

Sonic: O Filme – 13 de fevereiro

Sonic, o porco-espinho azul mais famoso do mundo, se junta com os seus amigos para derrotar o terrível Doutor Eggman, um cientista louco que planeja dominar o mundo, e o Doutor Robotnik, responsável por aprisionar animais inocentes em robôs. A sinopse oficial ainda não foi divulgada.

Godzilla vs Kong – 12 de março

Godzilla enfrenta King Kong nesta produção da Legendary em parceria com a Warner Bros.. A sinopse oficial ainda não foi divulgada. O mundo sobreviverá ao duelo de monstros?

Mulan – 26 de março

Hua Mulan (Liu Yifei) é a espirituosa e determinada filha mais velha de um honrado guerreiro. Quando o Imperador da China emite um decreto que um homem de cada família deve servir no exército imperial, Mulan decide tomar o lugar de seu pai, que está doente. Assumindo a identidade de Hua Jun, ela se disfarça de homem para combater os invasores que estão atacando sua nação, provando-se uma grande guerreira.

Um Lugar Silencioso: Parte 2 – 19 de março

Assim como o longa original, a sequência se passa em um mundo invadido por alienígenas, onde, para sobreviver, os humanos precisam se manter em silêncio. O teaser traz o retorno de Evelyn (Emily Blunt) e seus filhos, Regan (Millicent Simmonds) e Marcus (Noah Jupe).

Os Novos Mutantes – 02 de abril

nota: Trailer não-oficial, lançado pela fox antes da fusão com a disney

Cinco jovens mutantes acabam de descobrir suas habilidades. Presos contra sua vontade em um local de segurança máxima, eles precisa lutar para escapar do inimigo e de seus pecados do passado. Esta é a história dos Novos Mutantes, uma equipe formada pelos primeiros graduados da escola de Charles Xavier.

Viúva Negra – 30 de abril

Com sinopse ainda não revelada, longa promete fazer uma viagem no passado na famosa espiã; estreia é em 30 de abril de 2020. … Um breve passeio pela sua infância, mostrando a espiã enquanto ainda era apenas uma jovem e inocente bailarina, é um dos momentos mais aguardados do novo longa.

SCOOBY! O Filme – 14 de maio

Dois anos depois de separarem-se após resolverem seu último caso, a equipe da Mystery Inc. une-se para investigar estranhos acontecimentos em um parque mal-assombrado chamado Spook Island. A atração parece assombrar jovens visitantes de maneiras muito estranhas, mas cabe a Scooby, Salsicha e todo o grupo desvendar o mistério.

Artemis Fowl – 28 de maio

Artemis Fowl é um garoto de 12 anos muito inteligente que usa sua capacidade para roubar. Um dia, ele descobre um local mágico chamado mundo das fadas. Decidido a roubar a fortuna local, ele sequestra um elfo e cobra um resgate para libertá-lo.

Mulher-Maravilha 1984 – 04 de junho

Max Lord lança um artefato que realiza desejos, mas terão um preço, uma espécie de efeito colateral. O desejo de Barbara Minerva em ser uma “Mulher-Maravilha”, a transformará inadvertidamente na Mulher Leopardo. Já a Princesa Diane, cujo desejo foi trazer seu amado Trevor de volta à vida, terá que encarar a perda de seus poderes. Ou parte deles.

Top Gun: Maverick – 25 de junho

Sequência de Top Gun – Ases Indomáveis, de 1986. No mundo contemporâneo das guerras tecnológicas, o experiente piloto à moda antiga Maverick (Tom Cruise) enfrenta drones e prova que o fator humano ainda é fundamental.

Ghostbusters: Mais Além – 20 de agosto

Uma mãe solteira resolve se mudar para uma pequena cidade do interior com seus filhos, e acaba descobrindo uma conexão com os Caça-Fantasmas originais e o que o seu avô deixou para trás como legado.

Morte no Nilo – 1 de outubro

Resultado de imagem para Morte no Nilo filme

Durante sua viagem de lua de mel num cruzeiro pelo rio Nilo, Linnet Ridgeway, uma rica herdeira é morta e por coincidência quase todos os passageiros têm motivos para matá-la. Enquanto as investigações têm início no próprio navio, novas mortes acontecem com o intuito de encobrir a verdade.

Turma da Mônica: Lições – 8 de outubro

Imagem relacionada

Turma da Mônica – Lições é uma continuação de Turma da Mônica – Laços e foi escrito e desenhados pelos irmãos Vitor e Lu Cafaggi. O livro volta a contar a história das crianças Mônica, Cebolinha, Cascão e Magali, que desta vez precisam encarar as consequências de um erro grave cometido na escola.

Os Eternos – 5 de novembro

Resultado de imagem para Os Eternos

Originários dos primeiros seres a terem habitado a Terra, Os Eternos fazem parte de uma raça modificada geneticamente pelos deuses espaciais conhecidos como Celestiais.

Duna – 17 de dezembro

O lendário romance sci-fi de Frank Herbert sobre a luta para controlar um planeta deserto foi filmado por David Lynch em 1984 e virou uma minissérie televisiva em 2000. Agora é a vez do diretor canadense Denis Villeneuve levar Duna para as telas para o que foi feito para ser uma adaptação em duas partes do best-seller de Herbert de 1965.

West Side Story – sem previsão de estreia

Resultado de imagem para West Side Story

A velha ambição de Steven Spielberg de dirigir um musical finalmente será realizada com um novo filme, uma versão do clássico da Broadway dos anos 1950. Transpondo Romeu e Julieta para as ruas de Nova York, conta a história de duas gangues —os Jets e os Sharks— e um romance secreto que desafia seus códigos tribais.

Continue Reading

Em alta agora