Connect with us

Últimas

Grammy 2020 | Lizzo é destaque do prêmio; Conheça os indicados

Lizzo é a grande recordista da premiação, com 8 indicações.

A maior premiação da indústria musical norte-americana, o Grammy, divulgou hoje a lista dos indicados para a 62ª edição. Após problemas técnicos no site oficial da premiação, o público conseguiu conferir alguns nome, como Beyoncé, Taylor Swift e Lady Gaga. Com a lista oficialmente divulgada, conhecemos os nomes dos indicados à 84 categorias.

Em gravação do ano, disputam nomes como Billie Eilish (Bad Guy), Ariana Grande (7 Rings) e Lizzo (Truth Hurts). Esta última, inclusive, é o grande destaque e concorre a oito prêmios do Grammy, incluindo Melhor Artista Revelação. Billie Eilish possui seis nomeações. Lil Nas X também acumula seis indicações nesta edição. Já Ariana Grande concorre à 5 gramofone dourados.

Beyoncé pode levar para casa alguns prêmios pelas indicações por seu trabalho na trilha sonora de The Lion King. A canção Spirit está nomeada em categorias como Melhor Canção Escrita para Mídia Visual e Melhor Performance Pop Solo. A cantora também concorre na categoria Melhor Filme Musical, por Homecoming. Nessa categoria, Anima, de Thom Torke, com direção de Paul Thomas Anderson também foi indicado.

A 62ª edição do Grammy acontece no dia 26 de janeiro de 2020, em Los Angeles.

Conheça os indicados em algumas categorias. A lista completa pode ser acessada no site oficial do evento.

Gravação do Ano
“Hey, Ma” — Bon Iver
“Bad Guy” — Billie Eilish
“7 Rings” — Ariana Grande
“Hard Place” — H.E.R.
“Talk” — Khalid
“Old Town Road” — Lil Nas X Featuring Billy Ray Cyrus
“Truth Hurts” — Lizzo
“Sunflower” — Post Malone & Swae Lee

Álbum do Ano
I, I — Bon Iver
Norman F***ing Rockwell! — Lana Del Rey
When We All Fall Asleep, Where Do We Go? — Billie Eilish
Thank U, Next — Ariana Grande
I Used To Know Her — H.E.R.
7 — Lil Nas X
Cuz I Love You (Deluxe) — Lizzo
Father Of The Bride — Vampire Weekend

Música do Ano
“Always Remember Us This Way” — Natalie Hemby, Lady Gaga, Hillary Lindsey & Lori McKenna, songwriters (Lady Gaga)
“Bad Guy” — Billie Eilish O’Connell & Finneas O’Connell, songwriters (Billie Eilish)
“Bring My Flowers Now” — Brandi Carlile, Phil Hanseroth, Tim Hanseroth & Tanya Tucker, songwriters (Tanya Tucker)
“Hard Place” — Ruby Amanfu, Sam Ashworth, D. Arcelious Harris. H.E.R. & Rodney Jerkins, songwriters (H.E.R.)
“Lover” — Taylor Swift, songwriter (Taylor Swift)
“Norman F***ing Rockwell” — Jack Antonoff & Lana Del Rey, songwriters (Lana Del Rey)
“Someone You Loved” — Tom Barnes, Lewis Capaldi, Pere Kelleher, Benjamin Kohn & Sam Roman, songwriters (Lewis Capaldi)
“Truth Hurts” — Steven Cheung, Eric Frederic, Melissa Jefferson & Jesse Saint John, songwriters (Lizzo)

Melhor Artista Revelação
Black Pumas
Billie Eilish
Lil Nas X
Lizzo
Maggie Rogers
Rosalía
Tank And The Bangas
Yola

Melhor Performance Pop Solo
“Spirit” — Beyoncé
“Bad Guy” — Billie Eilish
“7 Rings” — Ariana Grande
“Truth Hurts” — Lizzo
“You Need To Calm Down” — Taylor Swift

Melhor Álbum Vocal
The Lion King: The Gift — Beyoncé
When We All Fall Asleep, Where Do We Go? — Billie Eilish
Thank U, Next — Ariana Grande
No. 6 Collaborations Project — Ed Sheeran
Lover — Taylor Swift

Melhor Álbum de Rock
Amo — Bring Me The Horizon
Social Cues — Cage The Elephant
In The End — The Cranberries
Trauma — I Prevail
Feral Roots — Rival Sons

Melhor Performance R&B
“Love Again” — Daniel Ceasar & Brandy
“Could’ve Been” — H.E.R. Featuring Bryson Tiller
“Exactly How I Feel” — Lizzo Featuring Gucci Mane
“Roll Some Mo” — Lucky Daye
“Come Home” — Anderson .Paak Featuring André 3000

Melhor Álbum de Rap
Revenge Of The Dreamers III — Dreamville
Championships — Meek Mill
I Am > I Was — 21 Savage
Igor — Tyler, The Creator
The Lost Boy — YBN Cordae

Melhor Álbum Latino de Rock/Urban/Alternativo
Best Latin Rock, Urban Or Alternative Album:
X 100PRE — Bad Bunny
Oasis — J Balvin & Bad Bunny
Indestructible — Flor De Toloache
Almadura — iLe
El Mal Querer — Rosalía

Melhor Álbum de Música Americana
Years To Burn — Calexico And Iron & Wine
Who Are You Now — Madison Cunningham
Oklahoma — Keb’ Mo’
Tales Of America — J.S. Ondara
Walk Through Fire — Yola

Melhor Música Escrita para Mídia Visual
“The Ballad Of The Lonesome Cowboy” — Randy Newman, songwriter (Chris Stapleton), Track from: Toy Story 4
“Girl In The Movies” — Dolly Parton & Linda Perry, songwriters (Dolly Parton), Track from: Dumplin’
“I’ll Never Love Again” (Film Version) — Natalie Hemby, Lady Gaga, Hillary Lindsey & Aaron Raitiere songwriters (Lady Gaga & Bradley Cooper), Track from: A Star Is Born
“Spirit” — Beyoncé Knowles-Carter, Timothy McKenzie & Ilya Salmanzadeh, songwriters (Beyoncé), Track from: The Lion King
Suspirium” — Thom Yorke, songwriter (Thom Yorke), Track from: Suspiria

Melhor Filme Musical
Homecoming — Beyoncé
Remember My Name — David Crosby
Birth Of The Cool — (Miles Davis)
Shangri-La — (Various Artists)
Anima — Thom Yorke

Últimas

Pokemon receberá o 23º filme

Longa terá inspiração na lenda de Mogli.

Foto: Reprodução

Pokémon voltará ao mundo das animações tradicionais após um filme todo feito em computação gráfica. O filme Pockt Monsters: Coco foi anunciado e já recebeu um trailer incrível.

O filme terá grandes inspirações na lenda de Mogli, trazendo Ash e seu famoso pokémon Pikachu conhecendo um garoto das selvas chamado Coco. O filme dará destaque a dois pokemon raros. Zarude e Celebi vermelho.

Esse será o terceiro filme de Pokémon em uma linha do tempo paralela, desde Pokémon – O Filme: Eu escolho você! Ambos mostram um reboot de Ash vivendo aventuras, mas com um design mais próximo das temporadas antigas da animação.

O filme tem data de estreia marcada para 25 de dezembro no Japão, mas ainda sem informações sobre o lançamento no ocidente.

Leia Mais

Últimas

Marvel oficializa casamento entre Hulking e Wiccano

HQ traz imagem do casamento dos heróis.

Foto: Divulgação/Marvel Comics

A Marvel Comics apresentou, em sua nova maxissérie, o casamento de Teddy Altman (Wiccano) e Billy Kaplan (Hulking), o casal LGBTQI+ mais famoso da editora.   

O casal iniciou um relacionamento que foi introduzido em Young Avengers #7, HQ lançada em 2005. 

Agora na nova maxissérie, Empyre, foi revelado o casamento na quarta edição do título Jovens Vingadores, que mostra Hulking como líder da aliança entre Krees e Skrulls, segundo o site Legião dos Heróis

A saga mostra o Imperador Hulking – um híbrido entre as raças Kree e Skrull, pois é filho do Capitão Kree Mar-Vell e Anelle, com o objetivo de unir os dois impérios rivais após milênios em guerra, sendo agora uma única e poderosa aliança que se dirige à Terra. 

O casamento mostrado na revista é um flashback numa conversa entre Wiccano com a Capitã Marvel e o Tocha Humana, onde o herói afirma que o marido pode ter sido substituído por um skrull, já que algumas de suas ações se tornaram questionáveis não conduzindo com sua personalidade.  

Enquanto Wiccano conversava com os super-heróis, imagem de uma cerimônia discreta, que oficializou a união entre os personagens, aparece no quadrinho. Na cena, apenas os integrantes dos Jovens Vingadores e os amigos mais próximos de Billy e Teddy assistiam o casório. 

Para lembrar, em 2019, o primeiro beijo entre o casal Hulking e Wiccano causou polêmica na Bienal do Rio de Janeiro, quando o arco “A Cruzada das Crianças” foi acusado de apresentar “conteúdo sexual para menores” pelo prefeito Marcelo Crivella. Na ocasião, Jim Cheug, ilustrador da HQ, repudiou a censura apresentada pelo presidente carioca e disse que o político está “atrasado”. 

Leia Mais

Últimas

Novo single de Marilyn Manson ganha clipe surrealista

Álbum We are Chaos tem data prevista para 11 de setembro.

Foto: Divulgação

O último álbum de estúdio do cantor Marilyn Manson foi em 2017, de nome Heaven Upside Down. E agora, na última semana, o single “We Are Chaos” foi apresentado, mostrando a canção que fará parte de seu novo álbum de estúdio de mesmo nome. 

O novo álbum teve sua data de lançamento definida para o dia 11 de setembro de 2020 e será divulgado por meio da Universal Music. O cantor também revelou um clipe em seu melhor estilo surreal e bizarro para a faixa, produzido junto do diretor e ilustrador Matt Mahurim. 

Com coloboração de Shooter Jennigs, Manson também divulgou, em suas redes, a capa e o tracklist de todo álbum, o 11º de estúdio. A arte foi ilustrada por um autorretrato intitulado ‘Infinite Darkness’, obra do próprio Marilyn Manson. O disco possuirá 10 músicas compostas e gravadas antes da pandemia.  

  1. Red Black and Blue 
  2. We Are Chaos 
  3. Don’t Chase the Dead 
  4. Paint You With My Love 
  5. Half-Way & One Step Forward 
  6. Infinite Darkness 
  7. Perfume 
  8. Keep My Head Together 
  9. Solve Coagula 
  10.  Broken Needle 

Em nota, o cantor declarou que o álbum soa como se “tivesse sido feito ontem”, ainda que tenha sido concluído antes do mês de março.  

“Há um lado A e um lado B no disco, seguindo a lógica tradicional, mas, assim como um LP, é um círculo achatado. Cabe ao ouvinte encaixar a última peça do quebra-cabeça no conjunto das canções”. Afirmou Manson. 

O cantor definiu o trabalho como um “´álbum-conceito” e “um espelho ao qual nem ele, nem Shooter Jennings olharão”.  

“Há muitos quartos, armários, cofres e gavetas, mas na alma ou no seu museu de memórias, os espelhos são sempre os piores. Estilhaços e fragmentos de fantasmas assombraram minhas mãos enquanto eu escrevia a maior parte dessas letras. Durante o processo de criação do álbum, precisei dizer para mim mesmo: ‘controle a sua loucura, costure o seu terno e tente parecer que você não é um animal’, mas eu sabia que a humanidade é a pior de todas. Ter misericórdia é como cometer assassinato. As lágrimas são a maior exportação do corpo humano” Declarou. 

Leia Mais