George R.R. Martin lamenta efeitos da fama pós-Game of Thrones





18/08/2019 - Atualizado às 20:55


(Photo credit should read ANGELA WEISS/AFP/Getty Images)

Game of Thrones já tem espaço na história da televisão como, talvez, um dos últimos fenômenos da era pré-streaming. Dentre tantos efeitos causados pela produção, um não tem deixado o autor da série, George R.R. Martin tão feliz: as privações da fama.

Sim, o nome máximo da franquia confessou que se incomoda um pouco com a fama conquistada pelo sucesso da série.

“Eu não posso mais ir a uma biblioteca, e isso era a coisa que eu mais gostava no mundo. Vasculhar cada prateleira, pegar alguns livros, ler um pouco, sair carregado de coisas das quais nunca tinha ouvido falar antes de chegar”, lembrou Martin ao jornal The Guardian.

O escritor também lamentou que não curte tanto tirar selfies. “Agora, quando chego a uma livraria, sou reconhecido em 10 minutos e junta uma multidão. Então você ganha muito [com a fama], mas também perde muitas coisas”, contou. “Eu não quero ir a uma festa onde diversas pessoas querem tirar selfies. Isso não é legal como era antes”, continuou.

Com o final da série da HBO, Martin se mantém esperançoso de que o sossego vai voltar. “Eu não acho que [a série] foi muito boa para mim”, disse ele. “A mesma coisa que deveria ter me acelerado, na verdade, me atrasou. Todos os dias eu me sentava para escrever, e mesmo que tivesse um bom dia … me sentiria mal porque estaria pensando: “Meu Deus, tenho que terminar o livro. Eu só escrevi quatro páginas quando deveria ter escrito 40”, dispara.

GOT com Elas

E falando em Game of Thrones, nunca é demais lembrar do grande sucesso do evento provido pelo Volts para os fãs da franquia e que viralizou no mundo inteiro pela reação enlouquecedora do público em um dos episódios da série. Quer relembrar ou entender do que estamos falando? Se liga no resumão: