Connect with us
Image Map

Teatro

Espetáculo inspirado em High School Musical Brasil estreia no Arthur Azevedo

Essa é a primeira adaptação da franquia americana para os palcos brasileiros.

Published

on

Trazendo a leveza das tramas juvenis, o espetáculo musical High School Musical Brasil estreia nesta quinta-feira (7), às 20h, no Teatro Arthur Azevedo. Com trinta atores maranhenses, o espetáculo vem à público após sete meses de produção, assinada pela Oficina de Interpretação SLZ e Troupe Parabolandos, de Suzano (SP). O pioneirismo marca esta produção, que é a primeira adaptação da franquia americana High School Musical para os palcos brasileiros. 

Com 11 músicas e diálogos com muitas doses de humor, High School Musical Brasil foi bem recebido em sua pré-estreia em Suzano (SP), realizada na primeira semana de janeiro. “O público foi caloroso à comédia, música e energia do espetáculo”, comenta Leda Lima, produtora executiva do espetáculo.

Os fãs da trama podem se preparar para cantar durante a apresentação, que traz músicas dos três filmes da série, como “Mantenha o Status” (adaptação de Stick to the Status Quo), “Se liga no jogo” (adaptação de Get’cha head in the game) e “Humuhumunukunukuapua’a”. A maior parte das músicas ganhou versão em português para o espetáculo, mas algumas serão cantadas sua língua original, como “What I’ve been looking for” e “Right here, right now”.  O elenco, que é formado por atores de 10 a 29 anos, canta e dança no palco as canções coreografadas com elementos circenses.

Sobre a trama

Original do canal Disney Channel, a série de filmes dirigida por Kenny Ortega lançada em 2006 conquistou fãs em todo o mundo. Os filmes que marcaram gerações trazem a história dos jovens da East High School, uma escola comum na pequena cidade americana de Albuquerque. O prodígio do basquete, Troy Bolton, e a garota gênio Gabriela Montez provocam uma revolução na escola ao quebrarem as expectativas de todos e entrarem no musical escolar. “Essa história é especial por falar de pessoas que vão atrás de seus sonhos e mostra a força que uma equipe tem quando trabalha junto. Essa história liberta os jovens e adolescentes de padrões impostos. Fala sobre ser você mesmo”, diz Carol Marcondes, da Troupe Parabolandos, diretora do espetáculo.

Na adaptação brasileira, os jovens são interpretados por Andressa Victória (14) como Gabriela, Pedro Danilo (16) como Troy Bolton, Ana Clara D’eça (15) como Sharpay Evans e Rodrigo Santos (15) como Ryan Evans. 

Quem reforça o time são a preparadora de elenco Tatá Pacheco, o iluminador Otávio Rodrigues, o preparador acrobático Daniel Max, a OutroPlaneta Produções, co-produção local, e Mariá Vieena, que assina a cenografia junto de Leda Lima.