Connect with us

Coberturas

E3 2018 | Conferência da Nintendo se resumiu a Pokémon e Super Smash Bros.

Muitos jogos anunciados, mesmo assim poucos destaques na empresa japonesa.

Após ter vários jogos relevados para o Nintendo Swicth durante as conferências da Microsoft (10/06) e da Square Enix (11/06), a Nintendo teve seu hype mais do que aumentado e aguardava-se uma apresentação de gala ao fim da rodada de conferências da E32018, que iniciou oficialmente ontem logo depois da empresa japonesa encerrar sua apresentação.

Contudo a resposta ao público não foi completamente satisfatória – pelo menos para quem não é nintendista declarado – é uma sensação de insatisfação. Antes de dizer o porque dessa apresentação tão depreciativa é necessário ressaltar que a Nintendo recheou o seu console híbrido de novidades e que agora mais do que nunca se pode dizer que há um acerto da divisão de engenharia da empresa após um Wii e Wii U à sombra da Micorsoft (Xbox360 e Xbox One) e da Sony (Playstation 3, Playstation 4 e Playstation VR).

Com bons jogos como Octopath Traveler e Super Mario Party entre os títulos inéditos a empresa reafirma sua ligação com o J-RPG (no primeiro) e aproveita para dar mais fôlego para o Mario no Switch. Por falar em J-RPG talvez o melhor jogo de toda a conferência tenha sido Fire Emblem: Three Houses, que marca a estreia da franquia de RPG Strategy mais famosa da Nintendo no Swicth prometendo retornar um dos elementos mais emblemáticos (pegou a referência) do jogo ao conceito original: o gerenciamento de tropas. Outra característica positiva apresentada é a ampliação dos mapas de combate. O jogo está agendado para setembro de 2019.

Outros anúncios importantes foram:

– Dragon Ball Fighters Z (ainda 2018)

– Minecraft (21 de junho)

– Megaman 11 (02 de outubro)

– Fortnite (já disponível)

– Daemon X Machina (fevereiro de 2019)

– Mario Tenis (22 de junho)

– Crash Bandicoot N’same Trilogy (29 de junho)

Monster Hunter Generations Ultimate (28 de agosto)

 

Os dois principais nomes para a mídia foram Pokémon Let’s Go Pikachu/Eeevee e Super Smash Bros. Ultimate, que teve Ridley (Metroid) confirmado como grande antagonista do game, que vem com novos estágios e mais personagens jogáveis.

Só que a pergunta que se fez ao longo de toda a conferência foi: “E aí, vai ter Metroid Prime 4?”. O jogo revelado na E3 2017 e de quem esperava-se um gameplay acabou não dando as caras, assim como Pokémon RPG (que marcará a 8ª Geração da franquia) e isso a crítica não perdoou. Bill Trinen, diretor da conferência no Los Angeles Convention Center, chegou a falar à impressa que a empresa optou focar nos acontecimentos até o início de 2019, dando a entender que esses games só darão as caras ou na E3 2019 ou mais para frente.

No geral não foi uma conferência ruim, mas comparado com o hype criado sobre a Nintendo fechar com chave de ouro os anúncios acabou não chegando nem perto da grande estrela da E3 2018: a Microsoft.

Sabendo lidar com o nicho e atraindo gigantes como a Bandai/Namco para seu nicho, a dona da marca Xbox passeou em termo de consistência ao longo de sua conferência e foi além ao falar de jogos para a nova geração de consoles. No fim, a E3 2018 foi na medida certa para gamers e jornalistas especializados e o VOLTS tem orgulho de poder ter resumido esses acontecimentos aqui.

A e3 2018 só termina nesta quinta-feira (14) e até lá muita novidade ainda pode aparecer. Resta aguardar!

Coberturas

Após tentar manter calendário, SDCC volta atrás e cancela edição 2020

San Diego Comic Con precisou ser cancelada por causa da pandemia do novo coronavírus.

Por

San Diego Comic Con precisou ser cancelada por causa da pandemia do novo coronavírus (Foto: Divulgação)

Após confirmar a permanência de datas para julho apesar da pandemia, a San Diego Comic Con voltou atrás e anunciou, nesta sexta-feira (17), o cancelamento da edição 2020 da convenção. O comunicado foi publicado no site do evento, onde a organização lamenta que seja a primeira vez, em 50 anos, que o evento, que é considerado a principal Comic Con do mundo, precisou cancelar a agenda.

“Pela primeira vez nos 50 anos de história da San Diego Comic Convention (SDCC), os organizadores por trás da celebração anual da cultura pop anunciaram hoje com muito pesar que não haverá Comic-Con em 2020. O evento retornará ao San Diego Convention Center entre 22 e 25 de julho de 2021”, publicou a organização.

Os organizadores ainda afirmam que os ingressos para o evento deste ano podem ser reembolsados ou transferidos para a Comic-Con do próximo ano.

“Todos os titulares de crachás de 2020 receberão um e-mail na próxima semana com instruções sobre como solicitar um reembolso. Os expositores da Comic-Con 2020 também terão a opção de solicitar um reembolso ou transferir seus pagamentos para a Comic-Con 2021 e também receberão um e-mail na próxima semana com instruções sobre como processar sua solicitação”, explicou a organização.

Ao final do comunicado, David Glanzer , porta-voz do evento volta a lamentar a necessidade do cancelamento. “Tempos extraordinários exigem medidas extraordinárias e, enquanto estamos tristes por tomar essa ação, sabemos que é a decisão certa”, disse.

Resistência

Ainda que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) tenha alterado calendário de eventos no mundo inteiro – pelo menos os do primeiro semestre – e colocado países inteiros de quarentena, a organização da San Diego Comic-Con permanece esperançosa. Previsto para ser realizada em julho, o evento anunciou que não vai adiar a data da convenção geek.

“Para os nossos incríveis fãs da Comic-Con e da WonderCon: nós entendemos a dificuldade que o clima atual tem sido para todos nós e agradecemos seu apoio durante esse período complicado. Ninguém está tão esperançoso quanto nós de que poderemos celebrar a SDCC juntos em julho. Continuaremos postando atualizações em nossos canais sociais enquanto monitoramos a situação com as autoridades de San Diego. Até lá, lembrem-se: ‘Um herói é uma pessoa comum que encontra força para perseverar e aguentar apesar de obstáculos esmagadores’ – Christopher Reeve”

Leia Mais

Coberturas

Apesar de pandemia, San Diego Comic-Con mantém datas de evento em 2020

Organização publicou: “Ninguém está tão esperançoso quanto nós de que poderemos celebrar a SDCC juntos”.

Por

Ainda que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) tenha alterado calendário de eventos no mundo inteiro – pelo menos os do primeiro semestre – e colocado países inteiros de quarentena, a organização da San Diego Comic-Con permanece esperançosa. Previsto para ser realizada em julho, o evento anunciou que não vai adiar a data da convenção geek.

“Um herói é uma pessoa comum que encontra força para perseverar e aguentar apesar de obstáculos esmagadores”, publicou a organização do evento, na Califórnia, fitando uma frase de Christopher Reeves, o eterno Superman.

“Para os nossos incríveis fãs da Comic-Con e da WonderCon: nós entendemos a dificuldade que o clima atual tem sido para todos nós e agradecemos seu apoio durante esse período complicado. Ninguém está tão esperançoso quanto nós de que poderemos celebrar a SDCC juntos em julho. Continuaremos postando atualizações em nossos canais sociais enquanto monitoramos a situação com as autoridades de San Diego. Até lá, lembrem-se: ‘Um herói é uma pessoa comum que encontra força para perseverar e aguentar apesar de obstáculos esmagadores’ – Christopher Reeve”

A San Diego Comic-Con é considerada uma das principais Comic Cons do mundo, por reunir os lançamentos dos principais estúdios e receber visitas de dezenas de estrelas de Hollywood. A CCXP, comic con brasileira, tem ficado atrás. Todos os anos, o Volts faz uma cobertura 360º do evento, que, para esse ano, também não se pronunciou sobre alterações de data, já que é realizada na primeira semana de dezembro.

Esse ano, a San Diego Comic-Con 2020 segue confirmada para acontecer entre 23 e 26 de julho. A WonderCon, evento que acontece em Anaheim, na Califórnia, foi adiada do começo de abril para uma data ainda não definida.

Impacto no entretenimento

Como precaução e preocupados com a saúde, a indústria profissional de entretenimento precisou adiar e cancelar diversos projetos no mundo inteiro. Emissoras de TV, plataformas de streaming, estúdios de cinema e produtoras de evento precisaram fazer alterações importantes em seus calendários pela segurança do público e dos profissionais envolvidos nesses produtos.

Leia Mais

Coberturas

#VoltsNaMSDC Confira a programação completa da Mostra Sesc de Cinema em São Luís

Evento acontece de 19 a 28 de Novembro e exibe 70 produções brasileiras

Além da seleção lançada em Paraty, com 42 filmes das cinco regiões do Brasil, a MSDC conta com o Panorama Maranhão que traz 28 produções locais. O evento está agora em seu terceiro ano de existência, mas ao funcionar como uma plataforma de facilitação de acesso do público a um rico material cinematográfico que é a cara do Brasil, a Mostra prova sua importância e relevância para o cenário cultural do nosso país.

No Maranhão, a MSDC acontece de 19 a 27 de novembro no Cine Praia Grande com os Panoramas Brasil e Maranhão. E de 26 a 28 de novembro no Teatro Sesc Napoleão Ewerton com o Panorama Infanto Juvenil. Lembrando que toda a programação é gratuita.

Além das exibições, a MSDC também vai oferecer a Oficina de Criação e Desenvolvimento de Séries de Animação, com Otoniel Oliveira do Iluminuras Estúdio de Animação (PA).

Para ficar por dentro da MSDC, acompanhe a cobertura pelas redes sociais do Volts – e clicando AQUI você tem acesso a grade com todos os horários.

Leia Mais