Connect with us
Image Map

Filmes

Dakota Johnson procurou por terapeuta após as filmagens do filme Suspiria

Longa estreou no Festival de Veneza e rendeu comentários polarizados.

Foto: Divulgação

Um grande número de ótimos filmes estão previstos para serem lançados de agora até o final do ano, mas nenhum deles parece ser tão estranho e assustador quanto Suspiria, de Luca Guadagnino.

Nós ainda não sabemos se o filme realmente afeta profundamente quem o assiste, mas a grande protagonista do longa, Dakota Johnson, explicou que após as filmagens teve que buscar ajuda de um psicologo.

“Às vezes, acho que quando trabalho em um projeto sem medo algum, eu acabo sendo uma pessoa muito porosa e absorvo os sentimentos de muitas pessoas. Quando você está trabalhando com assuntos obscuros, você pode guardar para si e depois conversar com alguém muito legal sobre o assunto, sendo uma ótima maneira de sair desabafar sobre. Minha terapeuta é essa mulher muito legal que converso”, revelou.

Parece que seu trabalho de personagem e o tom e os temas do filme acabaram sendo um pouco intensos demais para ela, devido seus filtros emocionais, e como resultado ela sentiu a necessidade de expressar seus sentimentos com um terceiro.

A história do longa começa quando uma jovem americana (Johnson) se muda para Berlim, para se inscrever em uma exclusiva academia de dança. Ela começa a descobrir, no entanto, que os benefícios da experiência podem não ser suficientes para compensar o número de ocorrências estranhas e horríveis que começam a acontecer com uma frequência cada vez maior.

O filme, que tem Chloe Moretz, Tilda Swinton e Jessica Harper no elenco, acaba de estrear no Festival de Veneza, onde recebeu uma resposta polarizada.

No Brasil, Suspiria tem estreia programada para 26 de outubro.

(Via CinemaBlend)

Em alta agora