Connect with us

Crítica de Filme

Crítica | Victoria e Abdul – O Confidente da Rainha

Filme de Stephen Frears foca no aspecto humano da Rainha Victoria e deixa a História pra depois

Vamos começar o texto divagando: tem alguma coisa nesse Victoria e Abdul – O Confidente da Rainha (Victoria & Abdul, 2017) que, desde o cartaz, lembra o tom de contos de fada presente nos filmes de Michael Ocelot. Ok, mas a premissa da amizade improvável entre duas pessoas tão diferentes e socialmente distantes é um prato cheio para o Cinema que já rendeu filmes como aquele Conduzindo Miss Daisy (1989) com Jessica Tandy e Morgan Freeman ou Ninguém é Perfeito (1999) com Robert De Niro e Phillip Seymour Hoffman, só pra ficarmos em dois exemplos. Até aí, tudo certo.

O que acontece é que se sabe muito pouco sobre o envolvimento entre a Rainha Victoria (Judi Dench de volta ao papel que já foi seu em Sua Majestade, Mrs. Brown, de 1997) e seu fiel conselheiro indiano, Abdul Karim (Ali Fazal). Quando a soberana, do alto de seus 50 anos de reinado, decide promover Abdul, um mero personagem na suntuosa cerimônia de Jubileu de Ouro, a seu professor particular (munchi) a Corte inteira se sente ultrajada.

E nesse sentido o filme de Stephen Frears é muito eficiente ao desenhar o quadro de isolamento, alta pompa e bajulação em que a rainha se encontrava. Auxiliada por um batalhão de gente até mesmo para se levantar da cama, a mulher mais poderosa do mundo decidia muito pouco em relação a si mesma e encontrava no prazer da comilança uma válvula de escape altamente calórica, mas recompensadora.

Em meio a tanto protocolo, é fácil compreender que o olhar maroto do indiano o tenha feito cair nas graças de D. Victoria. E aí os passeios pelos jardins e altos papos entre os dois faz o roteiro deslizar suave, porque de certa forma despe a figura tão imponente da soberana e a transforma numa senhorinha com a qual qualquer um gostaria de tomar um chá com biscoitinhos. Ao evidenciar o aspecto humano, o filme diminui a escala de personagem histórico a figura comum e o processo de identificação é facilitado – mérito também da competência de Judi Dench que vai da graciosidade às lágrimas, infalível.

Do ponto de vista estético, o banquete visual comum a filmes de época se faz presente. A opulência dos salões do Palácio de Buckingham, o preciosismo dos figurinos, além de lindas tomadas externas, tá tudo lá. Destaque para a sequencia do chá ao ar livre que, interrompido pela tempestade, metaforiza a aparente intransigência da rainha em manter um estranho no ninho, contrariando todos a seu redor.

E justamente quando fala das carregadas camadas políticas que a amizade atropela, o filme recua. A prerrogativa da colonização fica em segundo plano na discussão subentendida entre “civilização” e “barbárie”. O elo de cumplicidade estabelecido entre a “realeza” e a “plebe” joga para baixo do tapete as diferenças todas – a perspectiva do racismo, a exploração, a guerra, tudo vira subtexto. Assim, a partir do olhar contrito e amoroso de Abdul em relação a Rainha, a nefasta lógica da colonização é pormenorizada.

Portanto, Victoria e Abdul, a despeito do arsenal de estereótipos e licenças poéticas (terror dos professores de História) decide manter o foco na doçura e improbabilidade de uma relação de amizade que, por sabermos tão pouco sobre, abre espaço para a imaginação dos realizadores – e para as leves pitadas de fábula que divagamos lá no começo do texto. Não por acaso, o filme termina deixando a história da construção do Taj Mahal no rodapé.

Leia Mais
Publicidade
47 Comments

47 Comments

  1. More hints

    17 de agosto de 2019 at 16:53

    I just want to tell you that I’m beginner to blogging and site-building and actually loved this web site. Likely I’m want to bookmark your blog . You amazingly come with very good posts. Many thanks for sharing with us your web-site.

  2. Tractor Workshop Manuals

    21 de agosto de 2019 at 02:50

    It’s really a cool and useful piece of information. I’m glad that you shared this useful information with us. Please keep us informed like this. Thanks for sharing.

  3. Skelbimai

    4 de outubro de 2019 at 22:50

    Spot on with this write-up, I absolutely believe this web site needs far more attention. I’ll probably be returning to read more, thanks for the information.

  4. The JVC Shop

    5 de outubro de 2019 at 19:16

    This site was… how do I say it? Relevant!! Finally I’ve found something that helped me. Thanks a lot.

  5. Royal CBD

    7 de outubro de 2019 at 16:20

    Oh my goodness! Impressive article dude! Thank you, However I am having problems with your RSS. I don’t understand the reason why I can’t join it. Is there anybody getting similar RSS issues? Anyone that knows the answer will you kindly respond? Thanx!!

  6. i99Club

    12 de outubro de 2019 at 09:30

    Hello there! I just would like to give you a huge thumbs up for the excellent information you have here on this post. I’ll be coming back to your site for more soon.

  7. The BP

    13 de outubro de 2019 at 17:47

    I blog frequently and I really appreciate your information. The article has truly peaked my interest. I am going to bookmark your site and keep checking for new details about once per week. I subscribed to your RSS feed too.

  8. buy cbd capsules

    18 de outubro de 2019 at 15:37

    You made some really good points there. I checked on the internet for additional information about the issue and found most people will go along with your views on this site.

  9. cbd store

    21 de outubro de 2019 at 03:54

    After I initially left a comment I appear to have clicked on the -Notify me when new comments are added- checkbox and now whenever a comment is added I get 4 emails with the same comment. Perhaps there is a means you are able to remove me from that service? Thanks a lot.

  10. Watch boxes

    22 de outubro de 2019 at 22:37

    Good article. I definitely love this site. Keep it up!

  11. plenty of fish dating site

    12 de novembro de 2019 at 14:30

    Awesome things here. I am very happy to look your post. Thank you a lot and I am looking ahead to contact you.

    Will you please drop me a mail?

  12. Tory Yagi

    12 de novembro de 2019 at 20:43

    Hi, I do believe this is an excellent website. I stumbledupon it 😉 I am going to come back yet again since i have saved as a favorite it. Money and freedom is the greatest way to change, may you be rich and continue to help other people.

  13. coconut oil of

    16 de novembro de 2019 at 11:21

    Hello! I’ve been reading your site for a while now and finally got the courage to go
    ahead and give you a shout out from Dallas Tx!
    Just wanted to tell you keep up the good job!

  14. tinyurl.com

    21 de novembro de 2019 at 11:26

    I don’t even know the way I ended up right here, however I assumed this publish was once good.
    I don’t know who you’re however definitely you are going to a famous blogger
    should you aren’t already. Cheers!

  15. Faustino Bernot

    11 de dezembro de 2019 at 09:11

    You should take part in a contest for one of the best blogs on the web. I will recommend this site!

  16. ps4 games

    11 de dezembro de 2019 at 20:29

    Hi, i believe that i saw you visited my web site thus i came to return the desire?.I am attempting to find issues to improve my site!I guess its
    ok to use a few of your concepts!!

  17. ps4 games

    13 de dezembro de 2019 at 04:55

    Amazing! Its truly amazing article, I have got much clear idea regarding from this post.

  18. coconut oil

    16 de dezembro de 2019 at 16:58

    Simply desire to say your article is as astonishing.

    The clarity in your post is just excellent and i can assume you are an expert on this subject.
    Well with your permission allow me to grab your feed to keep up
    to date with forthcoming post. Thanks a million and please
    carry on the gratifying work.

  19. coconut oil

    16 de dezembro de 2019 at 17:39

    I read this paragraph completely regarding the resemblance of latest and
    earlier technologies, it’s awesome article.

  20. Sky Scannings

    5 de janeiro de 2020 at 10:04

    Excellent article. I definitely appreciate this website. Keep it up!

  21. sling tv

    7 de janeiro de 2020 at 01:56

    Currently it sounds like Expression Engine is the top blogging
    platform available right now. (from what I’ve read) Is that what you
    are using on your blog?

  22. Danny Joviani

    12 de janeiro de 2020 at 02:50

    You have a very exciting website. I like the full word that you provender with every article.

    You can contain my website here : https://xbodyvitan.blogspot.com/

    What do you think ?

  23. John Andyf

    13 de janeiro de 2020 at 01:10

    This is a truly weighty post. Thanks quest of posting this.

    What do you think almost my website: https://webdesignbucurestii.blogspot.com/

  24. Andy Andyfo

    13 de janeiro de 2020 at 16:51

    This is a very signal post. Thanks instead of posting this.

    What do you believe almost my website: creare site de prezentare bucuresti

  25. Andy Pabloja

    14 de janeiro de 2020 at 01:44

    This is a to a great extent important post. Thanks for posting this.

    What do you think almost my website: creare site de prezentare bucuresti

  26. LesVowl

    18 de janeiro de 2020 at 07:19

    Comprar Viagra Barcelona Viagra Express Mail Cialis Want To Buy Fluoxetine

  27. Coco Dencon

    24 de janeiro de 2020 at 01:10

    Extraordinarily satisfactory article . I couldn’t coincide more on the information provided.

    What do you improvise close to my plot ? color science powder

  28. sling tv

    29 de janeiro de 2020 at 03:26

    Way cool! Some very valid points! I appreciate you writing this write-up
    and also the rest of the site is very good.

  29. recommended you read

    30 de janeiro de 2020 at 21:01

    I simply want to say I am all new to blogging and site-building and certainly liked your web blog. Most likely I’m want to bookmark your site . You actually have incredible articles and reviews. Thanks for sharing your website.

  30. cbd oil that works 2020

    4 de abril de 2020 at 05:52

    Hey! Quick question that’s totally off topic. Do you know how to make your site mobile friendly?

    My site looks weird when viewing from my iphone 4. I’m trying to find a theme or plugin that might be able to fix this
    issue. If you have any recommendations, please share. Cheers!

  31. Pingback: Discount brand name viagra

  32. Pingback: cialis 5mg price

  33. Pingback: how to get cialis

  34. Pingback: Free viagra samples

  35. Pingback: Buy viagra

  36. Pingback: buy cialis online safely

  37. Polly Surrency

    2 de maio de 2020 at 13:58

    “Having read this I thought it was very enlightening. I appreciate you taking the time and effort to put this article together. I once again find myself personally spending way too much time both reading and commenting. But so what, it was still worth it!”

  38. Asia Orm

    6 de maio de 2020 at 21:28

    “Great article and right to the point. I don’t know if this is in fact the best place to ask but do you folks have any thoughts on where to get some professional writers? Thank you ??”

  39. Pingback: online pharmacy viagra

  40. Pingback: online ed medications

  41. ladies-over-40

    19 de maio de 2020 at 11:51

  42. Pingback: buy ed pills online

  43. date-older-men

    22 de maio de 2020 at 12:41

  44. date-older-men

    22 de maio de 2020 at 22:04

    http://pagor-pw.pl/3134-2/ where to meet swedish singles in philippines

  45. Margery Sandvig

    26 de maio de 2020 at 04:15

    “Some genuinely wonderful articles on this web site , thankyou for contribution.”

  46. Pingback: Google

  47. Tressie Pitchford

    27 de maio de 2020 at 09:04

    “Sweet blog! I found it while browsing on YahooNews. Do you have any suggestions on how to get listed in Yahoo News?””I’ve been trying for a while but I never seem to get there!Cheers”

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Crítica

Crítica | Violet Evergarden Gaiden: Eternidade e a Boneca de Automemória

Violet acompanha a história de duas irmãs separadas, mas que se amam.

É muito bom sentar numa quarta-feira de tarde chuvosa em frente ao computador, celular, TV etc. para assistir um bom drama. A história não precisa de um plot surreal. Nada disso! Basta apenas ter sentimento (mesmo que para alguns isso seja muito genérico). Que tal a relação de amor entre duas irmãs separadas por uma razão egoísta? Para mim essa foi a combinação perfeita para um choro contido escorrer por minha face após 90 minutos de cenários belos e trilha sonora cativante.

Essa é a minha dica de quarentena. Violet Evergarden Gaiden: Eternidade e a Boneca de Automemória, spin-off da aclamada série do estúdio Kyoto Animation que entrega um prazer de satisfação a cada frame e cena visualizada. A qualidade da animação que nos cativou tem um gosto especial. O filme de animê é a primeira produção do estúdio a estrear após o incidente que destruiu sua base de trabalho em 2019 (bom frisar que o filme já havia sido finalizado antes do incêndio criminoso que matou 39 pessoas).

Num primeiro olhar, o spin-off não entrega muito mais do que já havíamos visto nos treze episódios originais ou no OVA lançados em 2018. Temos Violet Evergarden com sua habitual personalidade aparentemente apática contando histórias de pessoas ao mesmo tempo que vive e constrói as suas próprias. Até aí tudo bem, mas tudo caminha um pouco diferente aqui. Embora seja a protagonista, Violet sede espaço para as histórias de Isabella e sua irmã Taylor. Não são os dilemas de Violet que conduzem a trama. A autômata de automemórias é a condutora das duas para o palco.

Dividido em dois momentos – com direito a um timeskip de três anos – o filme conta na primeira parte a história da introvertida Isabella; e na segunda parte a da jovem Taylor. No fim, o que vemos é que nossa protagonista amadureceu muito em sua jornada de recomeço e nos sentimos felizes em saber que ela carrega seus sentimentos mais fortes ainda, mesmo estando disposta a aprender novos caminhos.

Talvez um dos momentos mais interessantes do filme seja seu rápido encontro com Luculia (sua colega do curso de autômatas) que nos leva a um diálogo em uma cena seguinte entre Violet, Iris e Erica a respeito de sonhos e ideais que podem ser uma deixa para o que veremos no próximo filme da série (que deveria estrear em abril, mas foi adiado devido à pandemia de COVID-19).

A narrativa de recomeço de Isabella e Taylor nos deixa uma mensagem simples e ao mesmo tempo profunda sobre a força dos laços existentes entre aqueles que se amam. Basta lembrar um do outro não importando a distância, as razões ou as pessoas entre nós que podemos sentir o outro do nosso lado. Isso é amor.

Mais velha, Violet já consegue lhe dar com as várias sensações provocadas pelos sentimentos sem se abalar tanto. Prova disso é que ela conduz as duas irmãs a conseguirem entender uma o sentimento da outra e seguir em frente mesmo separadas.

Em tempos de isolamento social uma narrativa que nos fale sobre amar o próximo que está distante é o ideal para aguentar a solidão. Lembrando que você pode conferir esse filme e os demais episódios da franquia na Netflix.

Leia Mais

Crítica

Crítica | Dois irmãos: Uma Jornada Inesquecível

Afinal é Pixar, não é?

Ainda no cinema, o filme Dois Irmãos: Uma Jornada Inesquecível (Onward) traz uma premissa interessante. Numa cidade chamada New Mushroomton, baseada em um subúrbio da Califórnia, habitam criaturas que são tipicamente ‘mágicas’: elfos, sereias, fadas, gnomos e unicórnios, por exemplo.

Porém, a magia começou a ser como um recurso desvalorizado com a chegada da tecnologia, considerada mais simples e prática. Para quê aprender palavras mágicas, ler pergaminhos encantados para fazer uma magia de luz quando um simples interruptor resolve isso? Esse é o raciocínio inicial dos personagens. Vale registrar que os primeiro minutos lembram Bright (2017), da Netflix, porém, é claro, com uma estética mais colorida e liguagem direcionada a um público mais jovem.

Dirigido e roteirizado por Dan Scanlon e produzido por Kori Rae, o filme tem tudo que se espera de uma animação desses estúdios. Como havia adiantado em algumas entrevistas, a narrativa é influenciada diretamente pelas história da vida do próprio diretor. Uma das cenas presentes no trailer, por exemplo, em que o protagonista escuta uma fita antiga, é uma espécie de releitura de um episódio que o próprio diretor viveu na infância com o falecido pai.

A estética do filme segue a excelência já característica da Pixar, trazendo um show de detalhes, cores e texturas, sempre com destaque para a reprodução dos cabelos dos personagens, que desde os cachos incríveis de Merida em Valente só evolui. A trilha sonora também merece destaque por ser parte importante na construção do ambiente fantástico do filme – obrigado, Barley, por esse toca-fitas incrível!

Impossível não mencionar o banho de metalinguagem de fantasia e RPG presente ali. Há grandes referência de World of Warcraft (2016), imagens de Senhor dos Anéis (2001) e muitos easter-eggs referentes à Dungeons & Dragons (1974).

O arco principal é basicamente o desenvolvimento da relação fraterna entre Ian Lighfoot (irmão mais novo) e Barley Lighfoot (irmão mais velho), que supera o clichê do irmão mais velho sério e moralista, e desenvolvendo o mais novo com heroísmo empolgante que faz sentido dentro da realidade mágica da animação. Nesse segundo caso, no entanto, sem nada que não tenhamos visto em outros lugares.

A dublagem brasileira é muito excelente. Há muita emoção e sincronia, mesmo em momentos que exigem mais emoção. Dois Irmãos: Uma Jornada Inesquecível é outro filme Pixar que trabalha a morte como tema. Entretanto a intenção da animação não é falar sobre a morte em si – para isso a Pixar tem Viva: A Vida é uma Festa -, mas como ferramenta para valorizar o discurso de “aproveitar o presente”, ainda que o filme se utilize bastante de flashbacks para desenvolver a narrativa.

Ainda que até aqui tenham sido só elogios, é importante frisar que existem outros longas Pixar que são claramente melhores. Longe de ser simbólico como Toy Story (1995) ou Monstros S.A. (2001), Onward repete dramas de filmes anteriores sobre amizade e superação, o que torna o filme mais previsível do que gostaríamos. Logo quando explica-se a forte amizade entre os irmãos, no início do filme, é possível imaginar o desenrolar dessa relação. Jornada do Herói grita.

De todo modo, Onward, ou Dois irmãos, pode não ser o melhor filme da Pixar, mas é uma animação que vale a pena assistir com tudo que temos direito: humor agradável, cenas empolgantes e aquele drama que a gente adora assistir nos cinemas.

Leia Mais

Crítica de Filme

Crítica | Sonic – O Filme

Live-action entrega história simples, mas divertida na telona.

Todo aquela história de que o próprio Yuji Naka (ex-presidente da Sonic Team e um dos criadores do ouriço azul) ficou chocado com a aparência de Sonic nas primeiras imagens divulgadas pela Paramount Pictures pode até ser verdade, mas o resultado do longa-metragem nas telonas me fez pensar se no fim tudo não passou de estratégia de marketing.

Digo isso porque embora não seja mais do que o esperado para um filme adaptado de videogame, Sonic é um live-action divertido e que consegue contemplar a essência da personagem mais famosa da SEGA e um dos ícones dos jogos eletrônicos entre todas as épocas.

Temos nos 99 minutos de filme um roteiro bem humorado e contemplativo sobre a figura do ouriço, afinal de contas protagonismo é isso e precisa ser bem executado. Por mais surpreendente que pareça, a trama amarra muito bem diversos elementos da franquia sem abrir mão de certa originalidade em seus desdobramentos. É o caso da origem de Sonic e os poderes dos Anéis, que ganham uma conotação mais universal e que vão para além de evitar que o personagem chegue ao game over.

Por falar nisso, o filme tem muitos easter eggs bem criativos como a adaptação da famosa primeira fase Green Hills na cidade cenário da aventura. Entre os outros tantos, protagonizados nas falas e ações de Sonic, nada é tão divertido do que vê-lo chamar seu antagonista pelo nome original (Dr. Eggman) numa referência às armas usadas por ele, já que na versão em live-action a personagem vivida por Jim Carrey não é um homem em forma de ovo como nos jogos.

E já que Dr Eggman/Dr. Robotnik está em evidência, o que dizer de Jim Carrey? Novamente uma atuação memorável e que coloca a personagem na nossa memória afetiva como um dos bons trabalhos do ator. O duelo entre o ouriço azul e o gênio do mal é dinâmico durante todo o filme e satisfaz na medida do possível.

Reúne-se a isso a trilha sonora que reúne temas clássicos de Sonic the Hedgehog com hits famosos dos anos 1990 e scores bem elaboradas por Junkie XL, que contam a história do filme em momentos que misturam a linguagem do audiovisual e elementos do jogo eletrônico com um bom resultado.

Por fim, a deixa criada desde o começo do filme com personagens similares a Knuckles, a promessa de vingança de Robotnik e a aparição de Tails nos levam a crer que poderemos ver em breve um Sonic 2 com quem sabe um “Sonicverso”.

É por isso que termino esse texto levantando a mesma hipótese do início: E se o “Sonic deformado” não passou de estratégia de marketing para nos convencer a ir ver Sonic nos cinemas? Se for isso, os envolvidos estão muito enganados ao pensar que não iríamos ao cinema ver o ouriço mais famoso do mundo em ação. Antes isso que comprar a história de que os estúdios responsáveis pelo visual do Sonic se inspiraram no urso Ted para dar realismo ao herói velocista. Quanta bobagem! Não tinha como o Sonic do cinema ser diferente do que esse que aparece na telona.

Leia Mais