Conheça “Querida!”, curta-metragem maranhense premiado em festival paulista

O suspense retrata as mudanças que dois irmãos tiveram ao se deparar com a chegada da avó na casa onde moram.

Como resultado de uma disciplina do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) nasceu “Querida!”, um curta-metragem que foi desenvolvido em 2019 e teve direção de Geovane Camargo e roteiro elaborado pelas estudantes de Rádio e TV Bárbara Liz e Lívia Lima.

O suspense retrata as mudanças que Karen e seu irmão tiveram que se deparar com a repentina chegada da avó na casa onde moram. Aborda, ainda, questões relativas à diferença de idade entre a avó e neta, bem como os conflitos de geração e costumes que a primeira tenta impor a Karen.

“Ao escrever o roteiro, busquei inspiração em relatos do cotidiano de muitas pessoas: problemas nas relações familiares por divergências de valores. Muitas vezes, infelizmente, a família pode se tornar um ambiente tóxico. A gente pode ver isso exemplificado na cena em que a avó critica o cabelo da neta ou quando insiste em relembrar tradições religiosas”, conta Bárbara.

Com esta história, a produção audiovisual já acumula diversas seleções em eventos de cinema e a conquista do prêmio de melhor curta-metragem na quarta edição do Festival GuarúFantástico, evento audiovisual da cidade de Guarulhos, em São Paulo, que foca no gênero terror e fantasia.

Premiações

A estudante conta que o primeiro prêmio que que o curta recebeu foi o do curso de Comunicação Social da UFMA e, depois disso, já foi selecionado em festivais internacionais como o Lift-Off Global Network, do Reino Unido, e Fort Lauderdale International Film Festival, dos Estados Unidos. No âmbito local, “Querida!” foi selecionado no Festival Guarnicê de Cinema deste ano.

“Ganhamos, recentemente, o prêmio de “Melhor Curta-Metragem” na categoria profissional do Festival Guarufantástico, de São Paulo. Tudo isso nos faz querer crescer mais na área, e eu fico muito orgulhosa por somar com o audiovisual maranhense, ainda mais por se tratar de um projeto independente, vindo da UFMA”, pontua a estudante.

Total
2
Shares
Prévia

Marco Gabriel lança videoclipe de “Chato” resgatando a cultura da periferia

Próxima Notícia

Curta maranhense ‘Querida!’ sai vencedor em festival de São Paulo