Nossas Redes

Livros e HQ's

Conheça livros de escritores maranhenses para ler na quarentena

São 9 títulos de autores do Maranhão para conhecer, se divertir e se emocionar.

Neste momento de distanciamento social e auto-isolamento, é natural surgir um tempo livre a mais, ao comparar os dias atuais com a rotina antes da situação gerada pelo covid-19. Escolas suspenderam aulas, empresas liberaram funcionários para home office e outras alterações aconteceram. Assim, o tempo de deslocamento é economizado e , por vezes, tarefas podem ser executadas em um tempo menor.

Nas horas vagas, em que o melhor é buscar uma distração à bomba de informações a que temos acesso, os livros se tornam companheiros essenciais, capazes de nos transportar para realidades que não conseguiríamos imaginar sozinhos.

Que tal se aventurar no mundo literário e conhecer livros de autores maranhenses? Aproveite o tempo livre para conhecer nomes da literatura do Maranhão. Separamos 9 títulos para te ajudar nessa jornada.

Portal das Sombras, de R. A Cirino
Primeiro livro da trilogia Mundo das Sombras, este romance sobrenatural é a estreia de Cirino no gênero. Na obra, acompanhamos a florista Elizabeth Smith, uma jovem de 26 anos que vive em Londres, Inglaterra. Em meio aos conflitos de ter que lidar com traumas do passado e novas perdas, a protagonista descobre que paralelo ao mundo em que vive, é possível encontrar criaturas das sombras, como vampiros, fadas e lobisomens. O livro está disponível nos formatos digital e físico.

Vida Decifrada, de Jambelfort
“Você já teve a sensação de que a vida está tentando te dizer algo?”. Essa é a pergunta feita na sinopse do livro de Jambelfort e que norteia todas as páginas. Marcos percebeu, após uma série de acontecimentos banais, que a vida tinha deixado pistas bem escondidas. Assim, ele acaba decifrando as mensagens da vida e descobre que os símbolos deixados pelas situações não eram tão indecifráveis assim.
A obra ainda chama atenção pela diagramação, em que as margens de cada página se adaptam às situações, ou até mesmo o próprio livro sofre adaptação. Jambelfort, escritor e publicitário, brinca com a liberdade criativa e cria uma experiência visual única em sua obra. Conheça o título por meio de E-book ou livro físico.

Zona de Desconforto, de Lindevania Martins
Este é o segundo livro de contos da escritora e defensora pública. Na obra, Lindevania Martins reúne oito contos, com personagens vivenciando problemas sociais. Arrisca-se dizer que os protagonistas são as relações de de dominação que são mostradas em cada conto. As histórias são diretas e não são fáceis, é preciso digerir cada leitura com calma, sentindo o gosto, por vezes, amargo da realidade apresentada. A versão física do livro está disponível aqui e aqui.

Recorte! de Talita Guimarães
Coletânea de contos, crônicas e poemas, Recorte! é resultado das observações do cotidiano, feitas por Talita. Essas observações refletem em uma relação com a cidade e com os habitantes, e não escondem o ponto de vista pessoal e afetivo sobre o comportamento humano e social. A histórias eram registros à mão feitos pela escritora e jornalista, que depois deu à obra um formato de livro. O livro está à venda no site da PoD Editora, livraria AMEI, e no site do Armazém de Cultura é possível encontrar uma safra de recortes inéditos e ilustrados pela autora em coluna homônima ao livro.

Lili Ffrit , de Jaqueline Morais
Lili é uma fada que transita entre o mundo mágico e o mundo humano para salvar seu povo e se tornar a líder que precisa ser. São dois títulos que contam as aventuras da personagem: Lili Ffrit e o mundo dos humanos e Lili Ffrit e o guerreiro da noite. Os livros são recheados de elementos fantásticos, e claro, muito romance. A fada que dá nome à obra tem que lidar com diversos conflitos internos e pessoais, além de ter que deter o bruxo Spaik e seus seguidores. Os livros você encontra aqui e aqui.

Cidade Espanto, de Clarissa Carramillo
São Luís é cenário da história de Antonela, uma jovem repórter responsável por fazer a crônica diária da cidade. Conflitos, dramas e contradições de personagens que cruzam os caminhos de Antonela são retratados com crítica e humor nesta obra, que une crônica e poesia. Aos que têm uma visão ultra romântica de São Luís, a leitura pode trazer à tona um lado em que é difícil separar cidade e história. O livro pode ser encontrado em formato físico.

Quem é essa mulher? de Milena Carvalho
São vinte e cinco anos desde que Liane, a protagonista, foi violentada. Ao receber uma carta de um antigo amor, ela entra em uma jornada de voltar para a cidade onde tudo aconteceu. Com muito esforço, os passos da trajetória de vida da mulher são revisitados, trazendo à tona lembranças, dores e reflexões sobre quem ela é, e quais escolhas de vida fez. Liane ainda se depara com verdades que não contou para seu amor de outrora, nem para si mesma. Quem é essa mulher pode ser encontrado nas versões digital e física.

Lérias , de Maria Thereza de Azevêdo Neves
As crônicas reunidas na obras foram publicadas no Jornal da Tarde. O título Lérias (a palavra significa conversa mole, conversa fiada) carrega em si a essência das histórias: a autora queria transformar seu espaço diário em um ambiente de leveza. Conheça a obra.

Lagoena – Laisa Couto
Literatura fantástica é a chave desta obra, que acompanha a órfã Rheita em um universo paralelo repleto de criaturas mágicas. A menina é elemento de salvação de uma terra fantástica, mas seus caminhos estão cheios de desafios, que colocam à prova sua bravura e sua capacidade de superior desafios. Lagoena está disponível em versão física e um spin-off do livro foi lançado em versão digital.