‘Children of Blood and Bone’ será a primeira produção não franqueada da LucasFilm

‘Children of Blood and Bone’ será a primeira produção não franqueada da LucasFilm

A adaptação do romance Children of Blood and Bone, da nigero-americana Tom Adeyemi, que encontrou sua roteirista, Kay Oyegun, de This is Us, será, provavelmente, o primeiro longa não Star Wars ou Indiana Jones da LucasFilms, empresa criada pro George Lucas e hoje sob comando Disney.

CofBB teve os direitos de adaptação adquiridos pela Fox um ano antes do lançamento do livro em 2018, mas com a aquisição da empresa histórica pelo Mickey o projeto foi relocado para a LucasFilm.

Na trama, que tem inspiração no movimento Black Livea Matter e também na cultura negra da Bahia, Zélie, uma garota que consegue canalizar magia vive em Orisha, quando o poder é tomado por um ditador que proíbe magia e mata sua mãe. Zélie sai em uma jornada para trazer a magia e volta, vingar a mãe e derrubar o regime monárquico e déspota.

O segundo volume, do que será uma trilogia, Children of Virtue and Vegeance, será lançado ainda este ano. No Brasil, Filhos de Sangue e Osso, tradução de Petê Rissatti, foi publicado pela Fantástica Rocco.

Relacionadas