Banda Antídotos Sociológicos lançam primeiro single – ouça ‘Ver-o-peso’

Banda Antídotos Sociológicos lançam primeiro single – ouça ‘Ver-o-peso’

A banda maranhense Antídotos Sociológicos lançou, nesse fim de semana, a música ‘Ver-o-Peso’ em todas as plataformas digitais. Esse é o primeiro single da banda, que traz na composição uma crítica às “desigualdades produzidas pelas lógicas perversas do mercado”. Ouça clicando no player abaixo.

“A música traduz a proposta da banda, aliar música e críticas sociais. Composta por Leandro Costa (guitarrista da banda) após uma viagem ao Pará, a canção retrata as desigualdades observadas no mercado Ver-o-peso (que nós amamos)”, explicou a banda.

Uma das missões da música é despertar a consciência crítica no público. “O refrão da música traz a pergunta: ‘o que você espera do mercado global?’, que pretende fazer com que o ouvinte reflita que se enxergamos desigualdades nos mercados locais então a pura lógica do lucro nos mercados multinacionais pode ser muito mais destrutiva. Para nós politizar e musicalizar nossas poesias é indispensável”, completam.

Sobre a banda

A Antídotos Sociológicos foi criada em 2018. O vocalista Sérgio Muniz e o guitarrista Leandro Costa se conheceram em 2009 na graduação em Ciências Sociais na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Desde então, os dois tem feito parcerias na música e nos estudos.

Já como professores da universidade, conheceram o baterista Richardson (Rick) e o o baixista Thiago, ambos estudantes de graduação de ciências sociais da UEMA. Os quatro resolveram formar a Antídotos Sociológicos, projeto que articula música e reflexões críticas sobre a sociedade.

O primeiro álbum da banda foi patrocinado pelo o grupo LIDA (Lutas sociais igualdade e diversidade) da UEMA.

Uma música por mês

Neste álbum de lançamento, a Antídotos se lançará num projeto inovador no Maranhão: lançar uma música por mês até junho. Outras canções serão lançadas junto com o álbum completo, que terá nove músicas, todas compostas por Sérgio Muniz e Leandro Costa, com previsão para o segundo semestre de 2019.

Relacionadas