Connect with us

Séries

As 10 melhores séries de 2018, segundo o Volts

Votação foi realizada pela equipe do Volts.

Tivemos gratas surpresas na televisão em 2018. Algumas adaptações bastante esperadas chamaram a atenção de muitos. Outras séries já consagradas tiveram temporadas estrondosas em 2018, além da estreia de alguns shows que, apesar de só possuírem um ano já ganharam nossos corações.

E foi neste turbilhão de sentimentos que a equipe do Volts decidiu quais foram as melhores séries deste ano. Veja só:

1º A Maldição da Residência Hill

Há muito tempo não se via uma série de terror que emplacasse tanto na internet quanto A Maldição da Residência Hill. Trata-se de uma recriação do romance The Haunting of Hill House, sobre cinco irmãos que cresceram na casa mal-assombrada mais famosa dos EUA. Cheia de acontecimentos surpreendentes e um elenco ótimo, a série cumpre o papel de causar a intriga em quem assiste – e distribuir uns belos sustos de vez em quando.

2º O Mundo Sombrio de Sabrina

Baseada na série dos anos 90 Aprendiz de Feiticeira, a série conta a história da jovem Sabrina Spellman que está prestes a completar 16 anos e é obrigada a tomar uma decisão crucial que mudará sua vida para sempre: escolher entre o mundo das bruxas e o mundo dos mortais. As personagens, o famoso gato Salém e a ambientação da série mudaram drasticamente e foram muito bem recebidos pelo público.

3º Sharp Objects

Comandado pelo mesmo diretor de Big Little Lies e baseado no livro de Gillian Flynn, mesma autora de Garota Exemplar, a série da HBO é eletrizante. A trama conta a trajetória de Camille Preaker, uma repórter que precisa retornar à sua cidade natal para acompanhar as investigações dos misteriosos assassinatos de duas adolescentes. O seu retorno também traz à tona acontecimentos de seu passado, já que ela lida com distúrbios emocionais após passar um tempo em uma instituição psiquiátrica.

4º The Handmaid´s Tale – Season 2

A 2ª Temporada de The Handmaid’s Tale provou-se um verdadeiro teste para os seus produtores. Após o inesperado e estrondoso sucesso da temporada de estreia, a série precisava mostrar força e relevância, fazendo valer todas as expectativas nela depositadas até então. E como era de se esperar, a reação passou por todos os lugares, dos positivos aos negativos. Mesmo com o final questionável, as expectativas permanecem altas e… nos vemos na 3ª temporada!

5º American Horror Story: Apocalypse

Talvez a maior obra prima do Ryan Murphy, o aguardado crossover entre duas das mais queridas temporadas pelo público – Coven e Murder House –, trouxe de volta a série à tona. Seus últimos anos não ganharam destaque, principalmente nas redes sociais, como os demais. Conquistando adolescentes e adultos e mantendo uma história pé no chão, Apocalypse se consagra como a maior temporada de AHS já feita.

6º La Casa de Papel

A série espanhola sobre um super assalto à Casa da Moeda consegue a proeza de ter ótimos personagens ao mesmo tempo que tem os piores. A série tem histórias incríveis e um monte de coisa que não faz o menor sentido, mas que diverte e chegou marcando os assinantes da Netflix neste ano.

7º Desencanto

Bean é uma princesa alcoólatra que vive no reino mágico de Dreamland ao lado de Luci, seu demônio pessoal, e de Elfo, seu melhor amigo. Além dos problemas com a bebida, essa jovem da realeza está disposta, juntamente com sua turminha, a viver as mais inusitadas aventuras, nem que para isso tenha que encarar terríveis ogros ou tolos humanos.

8º 9-1-1 – Season 1 & 2

O drama de Ryan Murphy explora as vidas de policiais, paramédicos e bombeiros que precisam enfrentar as situações mais assustadoras e chocantes, enquanto respondem a chamados de emergência, e devem equilibrar o trabalho de salvar os mais vulneráveis e resolver os problemas em suas próprias vidas.

9º How To Get Away With Murder – Season 5

Com a vitória de Annalise no tribunal da Suprema Corte, ela, Michaela, Connor, Asher e Laurel finalmente fecham um capítulo de suas vidas. Mas a paz não reina por muito tempo, e um novo mistério decorrente de acontecimentos passados surge, à medida que outros segredos vêm a tona. A temporada, que está pausada por conta do inverno, já pode ser considerada como uma das melhores de todo o show.

10º Maniac

Owen é um jovem rico e esquizofrênico. Annie tem uma vida conturbada por sérios problemas familiares. Dois estranhos, eles se inscrevem numa bizarra experiência para compreender a mente humana, com o objetivo de terminar qualquer tipo de dor, misturando fantasia e realidade.

Menções honrosas

Elite

Sem demorar para se tornar febre entre os viciados em maratonas, a série mostra três alunos do ensino público que são transferidos para a escola Las Encinas, instituição onde os filhos da elite estudam. O conflito entre as classes sociais dos estudantes culminam em um assassinato e agora todos procuram o culpado pelo crime. Com uma premissa clichê, Elite parece ser simples, mas acaba tendo relevância ao abordar temas pouco falados em séries, como o Islamismo e a AIDS.

Doctor Who

A temporada introduziu Jodie Whittaker como a décima terceira doutora, a mais recente encarnação do Doutor, um Senhor do Tempo que viaja através do tempo e do espaço em sua TARDIS, uma máquina do tempo que se assemelha a uma cabine telefônica policial britânica dos anos 1960 em seu exterior. Baseia-se, inicialmente, na nova doutora procurando sua TARDIS perdida, onde acidentalmente leva Graham, Ryan e Yasmin em suas viagens, que mais tarde desejam retornar às suas vidas normais.

Killing Eve

Eve é uma funcionária do departamento de segurança do governo muito inteligente, mas frustrada, que fantasia em ser uma espiã enquanto trabalha em um burocrático escritório. Villanelle é uma psicopata assassina elegante e talentosa, apegada aos luxos que seu violento trabalho lhe oferece. A série explora o gênero do thriller de espionagem enquanto as duas mulheres, cada vez mais obcecadas uma pela outra, começam um jogo de gato e rato de escala internacional.

Em alta agora