Nossas Redes

Coluna Lucas Aquino

HBO MAX | Tudo que você precisa saber sobre o serviço e catálogo

Em 2020 e já com planos de expansão, o sistema reunirá produções clássicas e originais

HBO já é uma das maiores plataformas em questão de conteúdo atualmente, com séries como Game of Thrones, Big Little Lies, Westworld e mais recentemente, Watchmen, a companhia é um dos maiores titãs em seu ramo, dominando inclusive premiações como globo de ouro e os emmy. Porém, em maio de 2020, o público vai ser introduzido a uma nova dimensão com a inauguração de seu sistema de stremio, o HBO MAX. MAX é uma atualização do atual HBO Now, expandindo não somente em conteúdo, mas também em qualidade os títulos (filmes e séries) produzidos pela marca. Sendo oficialmente apresentado ontem, a Warner Media em sua produção certificou a dessecação do mecanismo de sua plataforma, nós dando uma ideia não somente de conteúdos que vão ser direcionados para o HBO MAX, mas também, como a mesma vai funcionar.

HBO MAX vai funcionar como uma expansão do sistema já presente, sendo cobrado o mesmo valor atual de 15 dólares por mês, além disso, o assinante da HBO é automaticamente atualizado para o sistema MAX após o lançamento do novo domínio. A plataforma vai contar com uma interface individual e a restrição para crianças, porém, HBO vai apresentar a novidade de uma conta conjunta, permitindo que dois usuários assistam seus conteúdos juntos sem que desorganize as contas individuais dos assinantes. Além disso, na apresentação foi revelado que a HBO MAX tem o intuito de abranger todas as idades e gêneros com seus conteúdos, porém, vai ter uma grande inclinação para o público feminino.

Em questão dos conteúdos presentes, a Warner vai se voltar para diversos filmes e séries originais que foram anunciadas para 2020 e 2021, no entanto, a plataforma MAX também vai ter um enfoque muito grande nos clássicos da companhia. A partir de maio de 2020, títulos como Friends, The Big Bang Theory, Um Maluco no Pedaço, Southpark e Doctor Who se tornarão exclusivos do HBO MAX, com os últimos dois tendo sido renovados para três temporadas adicionais agregando a disponibilidade de todas as temporadas passadas na plataforma. Além disso, foi anunciado que Looney Tunes e os shows da falecida Hanna Barbera (como Johnny Bravo, a Vaca e o Frango, Eu sou o Máximo etc.) também estarão fortemente presentes, com Looney Tunes ganhando 80 curtas inéditos e exclusivos para o HBO MAX.

Como dito antes, além do enfoque na nostalgia de séries e filmes clássicos, a marca da HBO vai investir pesado em novos conteúdos originais, consolidando a marca de peso e qualidade já apresentados pela companhia. Com a apresentação feita pela Warner Media ontem, tivemos uma noção da dimensão do talento envolvido nos novos projetos da HBO, entre eles:

  • Run: criado e escrito pela ganhadora do emmy, Phoebe Waller-Bridge e estrelado por Dohmnall Gleason de Star Wars
  • The Outsider: série adaptada dos livros de Stephen King e estrelada por Ben Mendelsohn de Star Wars e o Talos dentro do MCU
  • The Undoing: estrelado por Nicole Kidman e Hugh Grant
  • Lovecraf Country: série de terror inspirada nos contos de H.P. Lovecraft e produzida por Jordan Peele de Corra ! e Nós e J.J. Abrams de Star Wars e Lost
  • Perry Manson: estrelada por Matthew Rhys de The Americans
  • Avenue 5: série espacial de comédia e estrelado por Hugh Laurie, nosso Dr. House e Josh Gad de A Bela e a Fera e Frozen
  • I Know This Much is True: série dramática focada na vida de gêmeos e estrelada por Mark Ruffalo, o Hulk no MCU
  • The Plot Against America: série estrelada pela veterana de Stranger Things, Winona Ryder
  • The Gilded Age: série de época e focada na vida de milionários de Nova York, criada por Julian Fellowes, a mente brilhante por trás de Downton Abbey e estrelada por Christine Baranski de Mamma Mia ! e Cynthia Nixon de Sex and the City.

Porém, elevando ainda mais o nível e capitalizando em cima do HBO MAX, foi anunciado séries que irão estampar o selo de MAX ORIGINALS, consolidando conteúdos ainda mais exclusivos para a plataforma, com o intuito de dimensionar uma exclusividade de domínio ainda não vista em sistema de stremios, entre eles:

  • Tokyo Vice: estrelada por Ansel Elgort de Baby Driver e A Culpa é das Estrelas. Numa série que teve sua produção completamente feita no Japão
  • Love Life: série de comédia romântica e estrelando Anna Kendrick da franquia Pitch Perfect
  • XOXO Gossip Girl: a série que vai dar continuidade a aclamada Gossip Girl de 2005 vai estampar o selo MAX ORIGINALS. Foi revelado que a série tem o enfoque num novo grupo de adolescentes, mas que o elenco original tem toda a autonomia de participar dessa nova produção
  • Grease: uma série de tv inspirada no musical dos anos 80 estrelado por John Travolta e Olivia Newton-John
  • College Girls: série criada e escrita por Mindy Kaling, conhecida por seus papeis em The Mindy Project e mais notoriamente, The Office
  • The Flight Attendant: série de drama e estrelada por Kaley Cuoco, sendo o primeiro grande projeto da atriz pós The Big Bang Theory. A série vai ser produzida por Greg Berlanti.

Apesar da presença de diversas marcas e nomes dentro desse novo sistema, a HBO e Warner Media tem grandes planos em níveis mais elevados para três de suas propriedades, criando conteúdos que devem elevar a qualidade e grandiosidade dessas franquias.

  • SESAME STREET

Sendo um dos maiores clássicos infantis e estado presente na televisão desde 1969, é natural que a Warner tenha grandes planos para Elmo e seus amigos, com o anuncio de diversas séries focadas para crianças que devem estrelar os monstrinhos da rua Sésamo. No entanto, o mais importante de todos é um talk show no estilo de The Tonight Show com o próprio Elmo como apresentador, intitulado de: Not Too Late Show… with Elmo

  • DC

o DCEU é uma das propriedades mais imponentes dentro da Warner Media e seguindo o sucesso de produções como Aquaman, que atingiu a marca do um bilhão de dólares e Joker, que se tornou o primeiro filme do gênero a ganhar o Leão de Ouro em Veneza, não foi surpresa alguma de que a DC tenha se tornado um dos cargos chefes para o HBO adentrando essa nova fase em 2020. Foi anunciado que todos os filmes, incluindo o mais recente Joker, estarão presentes dentro da plataforma , além de contar com os clássicos que levam a marca DC antes mesmo desse novo universo compartilhado, como a trilogia do Cavaleiro das Trevas e os filmes de Christopher Reeves como Superman. HBO MAX também vai extinguir o sistema individual da companhia, com as séries e futuras produções do DC Universe agora fazendo parte do catálogo da Warner Media.

Greg Berlanti vai ser um dos nomes mais presentes dentro desse novo ramo da DC, o produtor que já é conhecido por encabeçar todas as séries da CW e ter uma relação intima com os quadrinhos, tendo escrito diversos títulos para diversos personagens icônicos da companhia. Berlanti agora vai contar com dua séries HBO MAX para chamar de suas, a primeira sendo Strange Adventures, uma série que vai focar na perspectiva de homens e mulheres comuns que vivem em um mundo povoado de super heróis. Entretanto, sua produção mais importante vai acontecer no dia mais claro e na noite mais escura, com a confirmação de uma série focada no Lanterna Verde, que vai receber um orçamento gigantesco em produção (100 mil) , com o intuito de integrar dessa forma essa série dentro do DCEU, expandindo ainda mais o universo compartilhado de Jason Momoa, Gal Gadot e Margot Robbie

Por fim, a DC ganha uma nova integrante na sua família, com o anuncio de que Elizabeth Banks estará produzindo um série em live action, intitulada de DC SUPERHERO HIGH, focando em personagens clássicos da companhia em suas adolescências, seguindo o mesmo formato de shows como Gotham e Smallville.

  • GAME OF THRONES

O FOGO IRÁ REINAR, seguindo o sucesso monstruoso de Game of Thrones que definiu uma geração pelos últimos oito anos, a HBO oficializou ontem uma nova série derivada do título. House of The Dragon vai se passar 300 anos antes da história dos Starks, focando na casa dos Targaryen em um tempo antes do nascimento de Daenerys. A produção vai contar com um relacionamento intimo com George R.R. Martin, que esteve, infelizmente, ausente nas últimas temporadas de Game of Thrones. Por fim, House of The Dragon vai ser dirigida por Miguel Spochnik, um dos escritores veteranos da série original, que tem em seu currículo episódios aclamadíssimos por críticos e audiência, como A BATALHA DOS BASTARDOS na sexta temporada. The House of The Dragon vai ser a rendição da HBO para com os fãs, seguindo o controverso final de Game of Thrones este ano.