Connect with us
Image Map

Séries

A Maldição da Residência Hill | Casa usada na série era realmente assombrada

Segundo os verdadeiros donos, os fantasmas ainda os perseguem.

Foto: Divulgação/Netflix

Quem acha que os horrores e fantasmas de A Maldição da Residência Hill são pura ficção, está completamente enganado. Segundo informações do The Blast, os verdadeiros donos da casa dos Crain, cedida como cenário para a série da Netflix, alegam que já viram, sim, fantasmas andando pela mansão.

A Mansão Bisham, construída na Geórgia durante a década de 1920, foi comprada pelo casal Neil e Trish Lietchy em 2013 e, segundo eles, a propriedade é assombrada por 4 ou 5 espíritos que têm em seu repertório de “traquinagens” uma melodia inexplicável de notas de piano vindas do porão e o desaparecimento estranho do celular de um dos Lietchy, que reapareceu semanas depois (também de forma misteriosa).

Segundo os donos da mansão, dos cômodos da casa, apenas um é da construção original da propriedade e seria esse o local de maior atividade sobrenatural e movimentação dos fantasmas.

Há cerca de um ano, os Lietchy acabaram se mudando da “casa mal-assombrada” e com isso todos os problemas foram resolvidos, certo? Errado! De acordo com o casal, os espíritos que os assustavam na mansão Bisham os seguiram para o novo lar.

A Maldição da Residência Hill é uma série da Netflix, adaptada do clássico de Shrieley Jackson (1959), e que conta a história da Família Crain que, ao se mudar para a Mansão Hill, acaba tendo que enfrentar horrores que vão além da imaginação. Dirigida por Mike Flanagan, a série está disponível na Netflix e a primeira temporada conta com 10 episódios. [Leia a nossa crítica da primeira temporada aqui]

 

Em alta agora