Nossas Redes

Listas

9 Pokémon que Ash não devia ter abandonado no anime

Nove pokémon que Ash abriu mão de sua equipe desde o início da jornada.

Em comemoração do aniversário da franquia Pokémon, nós do Volts fizemos um momento nostalgia do anime e lembramos de várias cenas da animação que nos fizeram sorrir, torcer e chorar.

Após deixar a cidade de Pallet, Ash Ketchum, nosso protagonista que nunca envelhece, treinou para seguir o sonho de todos nós, se tornar um mestre Pokémon. Por todo seu percurso, o treinador encontrou inúmeros monstrinhos, com seus poderes e características diferentes. Alguns mais doces e amigáveis e outros um tanto problemáticos (Olá, Charizard). Mas uma coisa é certa, tanto Ash como nós, que acompanhamos sua trajetória, amamos cada um deles.

Então nunca passaria em nossas cabeças abandonar nenhuma dele, certo, Ash?

CHARIZARD

Sendo um dos pokemon mais poderosos já treinados por Ash, seu poder de habilidade cresceu a ponto de se tornar indisciplinado e propenso a deixar Ash em chamas. A ligação entre os dois melhorou com o tempo e quando enfrentaram a Liga Johto, Charizard conseguiu vencer a maioria dos lutadores que possuíam um nível mais baixo.

Porém, quando visitaram um vale cheio de poderosos Charizard selvagens, Ash convence o pokemon a ficar lá para poder treinar e se tornar ainda mais forte. Embora o pokemon de fogo tenha voltado algumas vezes para ajudar seu treinador, ele ainda não voltou para a nova casa.

SQUIRTLE

Outro amigo de Ash de longa data. A lealdade da tartaruga foi conquistada quando o treinador o protegeu contra a Equipe Rocket antes mesmo de entrar oficialmente para a equipe. Antes de conhecer Ash, Squirtle era líder de uma gangue com outros squirtle abandonados, chamada Esquadrão Squirtle.

Assim que encontraram o Esquadrão novamente, todos seus membros entram em uma competição de combate a incêndios, o antigo líder os leva a vitória do concurso, fazendo com que Ash perceba o quanto o Esquadrão Squirtle precisava da liderança do pokemon mais do que ele próprio. Embora tenha voltado para ajudar o treinador algumas vezes, Squirtle não faz mais parte do time oficial.

GRENINJA

Um dos parceiros mais poderosos e próximos de Ash, sua amizade era tão forte que era possível que o Pokémon assumisse outra forma mais poderosa, apelidada de Ash-Greninja, que batia de frente com o poder dos Pokémon mega evoluídos, tendo como desvantagem que Ash compartilhava qualquer dano sofrido pelo Pokémon nessa forma.

Descobriu-se que Greninja tinha uma capacidade especial de sentir as raízes da Giant Rock, que quase destruiu a região de Kalos. Assim, os amigos se separaram para que Greninja pudesse ajudar Zygarde a eliminar as raízes restantes.

PIDGEOT

O segundo pokémon a ser capturado por Ash (sem contar o Pikachu), ficou com ele por um longo tempo. Se separaram quando, ao voltar para Pallet, o grupo encontra os bandos locais de Pidgey sendo atormentados por um inimigo familiar: o Fearow que Ash tentou capturar em seu primeiro dia como treinador (na época, Spearow) que lidera um grupo de Spearow selvagens.

Apósv Pidgeot evoluir por desespero para salvar seus companheiros, Ash percebeu que seria melhor o pássaro ficar para proteger seus amigos. O treinador prometeu voltar depois das aventuras nas Ilhas Laranjas, mas por algum motivo ele esqueceu do velho amigo…

POIPOLE

Sendo incrivelmente afetuoso, Poipole expressava através de seus desenhos aquilo que sentia e como realmente se importava com Ash, considerando-o, assim como aos outros membros da equipe, a sua família.

Ambos tiveram que se separar pois Poipole havia sido enviado para Alola através de um Ultra Wormhole com objetivo de levar luz de volta à sua terra natal para salvar a colmeia de outros Poipole e Naganadel. Ash se despediu do pokemon em duas ocasiões: Uma vez como Poipole e outra quando o pokemon já havia evoluído para Nagandel, quando se juntou brevemente à sua equipe.

GROODA

Juntando-se à equipe como um Groomy, tendo uma história surpreendentemente traumática, o pokémon viu sua terra pantanosas invadida por um exército formado por pokémon do tipo Inseto e fada, liderados por um intimidador Florges.

A batalha fez o pequeno Groomy fugir e cair no colo de Ash. Após treinar, ficar forte e até evoluir, Grooda decidiu voltar à sua terra e torná-la um lugar seguro para seus amigos e parentes.

PRIMEAPE

Ash conheceu o pokemon quando ele roubou seu boné, ainda sendo um Mankey. O treinador o capturou após, muito irado com a equipe Rocket, ter evoluído. Mas Ash conheceu um homem treinando para um torneio Pokémon do tipo Lutador, e ele entra na competição Primeape.

Ambos se aproximaram durante o torneio, mas foi decidido que o Pokémon ficasse e treinasse com os outros tipos de Pokémon lutadores. Ainda existe a possibilidade de Ash retornar e buscar Primeape.

LAPRAS

Fazendo amizade com Lapras quando este ainda era muito jovem, Ash e Pikachu o encontraram encalhado na praia e separado de sua família, e com três crianças o artomentando. Após expulsar as crianças, o treinador prometeu juntá-lo à sua família novamente.

Lapras era imaturo, por isso não era usado em batalhas, mas foi muito útil como transporte pelas Ilhas Laranja. Mais tarde, o treinador encontrou um rebanho de Lapras e conseguiu unir o Pokémon novamente com a família.

BUTTERFREE

O primeiro Pokémon a ser capturado e também o primeiro a se despedir de Ash, criando assim um dos episódios que mais tirou lágrimas dos fãs do anime. Juntou-se ao grupo quando ainda era um pequeno Caterpie, sofrendo de baixa auto-estima devido o nojo de Misty com Pokémon insetos.

Quando encontram um bando de butterfree em sua época de acasalamento, o Pokémon de Ash tenta desesperadamente conquistar uma butterfree shiny cor de rosa, que só consegui após salvar todo bando da Equipe Rocket.