Connect with us

Críticas

Crítica | Demolidor – 2ª Temporada

De fato, o segundo ano de Demolidor é superior ao primeiro. Tudo o que deu certo na primeira temporada da série, fruto de uma parceria entre Marvel e Netflix, foi melhorado e agregado ao novo enredo que trouxe Justiceiro (Jon Bernthal) e Elecktra (Élodie Yung) como personagens que promovem os grandes conflitos da série, participam de seus altos e baixos, e movimentam toda a cena.

Esta temporada começa justo quando o protagonista Matt Murdock, o Demolidor, acredita que está trazendo ordem para a cidade, mas vê seu trabalho interrompido por novas forças do mal que surgem em Hells Kitchen. Nesta temporada, nosso herói precisa enfrentar um novo adversário: Frank Castle, o Justiceiro. Além disso, ainda tem que encarar uma antiga paixão, a forte e sedutora Elektra Natchios. Um dos maiores dramas da série é o desejo de vingança de Frank Castle, que tenta fazer justiça com as próprias mãos, mas esbarra no bondoso demônio vermelho. Enquanto Matt tenta se dividir entre a vida de advogado e a vida de vigilante, sua vida amorosa também começa a se agitar.

Curiosamente, Matt Murdock se veste de demônio, mas se recusa a matar qualquer inimigo que passe pelo seu caminho. Vivendo essa contradição, o vigilante sempre busca o jeito mais difícil para vencer o mal por não querer matar ninguém. Uma das primeiras cenas do encontro entre Demolidor e Justiceiro põe em debate essa postura. Frank Castle compartilha de valores opostos ao de nosso protagonista. Para ele, gente ruim não merece ter chance à vida. Para o Demolidor, sim, e vai além: acredita na justiça dos homens. Tolinho.

Como dito acima, os interesses amorosos também fazem confusão na cabeça de Matt nesta temporada. Elecktra foi o principal deles, mas Karen Page quase despontou como um par romântico importante. Quase, porque, um flerte entre os personagens chega a acontecer, mas logo a secretária ganha uma função mais importante na história e torna-se uma das figuras mais interessantes da temporada, tendo uma ligação especial com Frank Castle e se fazendo presente em cenas importantes da série.

the-punisher-daredevil

O personagem Foggy (Elden Henson), por sua vez, também cresce ao longo da temporada, mas não chega a ser tão importante para série como Page se faz. Enquanto ela se envolve nos principais acontecimentos da temporada, Foggy tem um crescimento pessoal, precisa tomar decisões importantes sem o auxílio do sócio-advogado Matt, que gasta muito tempo sendo o Demolidor. O rompimento desse “cordão umbilical” é o maior conflito desse personagem na temporada.

O Justiceiro e a ninja Elektra, velha conhecida de Matt, foram os acontecimentos da série. Ela chega repentinamente, tem a história explicada ao longo dos episódios, mas é apresentada como alguém que já conhece o passado de Matt e se mostra a personagem mais divertida e cínica da série, além de perigosa, violenta e com a língua tão afiada quanto suas habilidades marciais. Além disso, a segunda temporada de 2escancara o misticismo na história, que havia sido trabalhada de modo mais contido na primeira temporada, com Madame Gao, mas agora traz elementos místicos como profecia, ressurreição e experimentos que parecem rituais macabros.

A série não apresenta grandes problemas: além de pequenos erros de continuidade bobos e alguns momentos de lentidão na história que me deram sono, torci o nariz ao ver tantas cenas de perigo envolvendo um personagem tão simples como o de Karen Page. Não é nada que comprometa a qualidade do produto, mas expõe negativamente o roteiro feito para a personagem.

De qualquer forma, os pregos que se destacaram nesta temporada já deixaram o aviso de que no próximo ano da série pretendem render muito mais para serem martelados (trocadilho péssimo, mas sei que entenderam). A julgar pelo que foi visto neste ano, juntando o grande potencial da história com a excelente competência técnica que a parceria Marvel e Netlix tem demonstrado ter (vide todas as cenas de luta da série), a expectativa é que as próximas aventuras de Demolidor seja tão boa quanto esta foi.

Continue Lendo
INSCREVA-SE NO VOLTS PLAY
Comments

Em alta agora