Connect with us

Listas

7 vilões de American Horror Story que são inspirados em assassinos reais

Alguns casos cometidos pelos assassinos também são reproduzidos na série.

Sabemos que para além da incrível imaginação dos criadores de American Horror Story em idealizar personagens às vezes até de outros planetas, temos sete temporadas carregadas de referências que por hora podem passar despercebidos.

Por esse motivo, o Volts resolveu listar sete vilões que são inspirados em assassinos reais. Ao longo de sete temporadas, aqui estão alguns:

Dr. Oliver Thredson (Asylum – 2ª temporada)

O maléfico doutor de Asylum foi inspirado em Ed Gein, um assassino americano condenado pelos homicídios de duas pessoas, e suspeito no desaparecimento de outras 5 pessoas. Os seus crimes ganharam notoriedade quando as autoridades descobriram que Gein exumava cadáveres de cemitérios locais e fazia troféus e lembranças com eles.

Interpretado por Zachary Quinto, Dr. Oliver não é o único personagem da cultura pop inspirado em Gein. Norman Bates (Psicose), Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica) e Buffalo Bill (O Silêncio dos Inocentes) são alguns exemplos de referências ao sociopata.

Delphine LaLaurie (Coven – 3ª temporada)

Interpretada por Kathy Bates, Delphine LaLaurie foi uma mulher que existiu de verdade. LaLaurie foi uma socialite estadunidense e assassina em série que, segundo a lenda, ajudou a torturar, mutilar e matar cerca de 96 escravos negros.

Tudo isso ocorria na sua mansão em Nova Orleans, local onde se é ambientada a terceira temporada da série. Após a propriedade pegar fogo, a polícia encontrou as vítimas presas no sótão, com sinais de muita violência. LaLaurie, então, fugiu para a França com a sua família, onde viveu até sua morte.

Twisty (Freak Show – 4ª e 7ª temporada)

O horripilante palhaço Twisty foi baseado em John Wayne Gacy, que era conhecido como o palhaço Pogo em Illinois, Estados Unidos.

O sociopata, que se tornou famoso pela frase They were just a bunch of worthless little queers and punks (Eles eram apenas um bando de gays e vagabundos), abusou sexualmente, torturou a assassinou pelo menos 33 garotos adolescentes e jovens. Todos os corpos foram encontrados enterrados em sua própria residência, que era um grande rancho na região.

Elizabeth Báthory (Hotel – 5ª temporada)

A personagem vivida por Lady Gaga em Hotel tem inspiração na condessa húngara Elizabeth Báthory. A madame do século XVI era obcecada em manter a sua aparência jovial, e acreditava que a solução para isso era se banhar em sangue de mulheres jovens.

Como consequência, ela ficou conhecida como “A condessa sangrenta” e “A condessa Drácula”. Estipula-se que cerca de 650 moças foram torturadas e assassinadas por ela.

James Patrick March (Hotel – 5ª temporada)

Interpretado por Evan Peters, James Patrick March traz uma história vem semelhante a de H. H. Holmes. Ele construiu em Chicago, Estados Unidos, um hotel e prédio comercial que era um verdadeiro labirinto. Cheio de passagens secretas que ocultava o corpo das vítimas, seu prédio ficou conhecido como “Murder Castle”.

Atribuem-se a ele cerca de 200 assassinatos, apesar de Holmes ter confessado apenas 27. Além de ser um assassino em série, Holmes também era um estelionatário e um bigamista, o que foi tema de mais de 50 processos apenas em Chicago.

Aileen Wuornos (Hotel – 5ª temporada)

Essa é uma serial killer real e que faz uma “ponta” no episódio especial de Halloween em Hotel. Aileen Wuornos foi uma prostituta considerada a primeira mulher assassina em série dos Estados Unidos.

Ela matou seis homens na Flórida entre 1989 e 1990 com tiros à queima-roupa. Aileen foi diagnosticada com transtorno de personalidade Borderline. Confessou os seis assassinatos e enviou uma carta ao tribunal, pedindo para ser condenada a morte. Declarou odiar profundamente a vida humana e que mataria novamente se fosse libertada.

Sua história já foi retratada nos cinemas, no filme biográfico Monster, rendendo a Charlize Theron um Oscar, um Globo de Ouro e outros prêmios de atuação por sua interpretação.

Kai Anderson (Cult – 7ª temporada)

O sociopata manipulador residente de Brookfield Heights, Kai Anderson, interpretado por Evan Peters, tem base na personalidade do famoso Charles Manson.

Manson foi o fundador e líder de um grupo que cometeu vários assassinatos nos Estados Unidos no fim dos anos 1960, entre eles o da atriz Sharon Tate, esposa do diretor de cinema Roman Polanski. Sharon estava grávida de oito meses.

Em AHS: Cult, a cena do assassinato de Sharon é reproduzida, com Evan Peters também interpretando Manson.

Em alta agora