Connect with us

Anime Play

Volts apresenta painel sobre Marvel para centenas no Anime Play

Evento reuniu cerca de 300 pessoas nesse fim de semana em São Luís.

Foto: Lucas Vieira/Volts

Os recém-completados 10 anos da Marvel nos cinemas foi a pauta do painel da equipe Volts, neste domingo (20), em mais uma edição do Anime Play, evento que ocorre semestralmente em São Luís e tem como foco o público que curte cultura oriental, coreana e pop. Segundo a organização, cerca de 300 pessoas participaram do evento.

“Ficamos muito honrados de termos sido convidados para participar desse evento para trazer um conteúdo mais geek para a galera, que já vem tanto arrasar nas coreografias de K-Pop e que vem se encontrar para falar sobre cultura oriental. Resolvemos falar da Marvel por conta desse aniversário de dez anos, já nos presentearam com quase 20 filmes e não poderíamos deixar passar em branco”, disse Davi Coelho, crítico de cinema do Volts e debatedor do painel.

Além de Davi, os editores Gustavo Sampaio e Daniel Sousa também comandaram o bate-papo, que encerrou com um brinde ao público que acompanhou o painel. “Nossa loja está a todo vapor, estamos lançando coisas novas todos os meses e precisávamos presentear o público que veio ao shopping participar do evento e assistir nosso painel. Fizemos uma quiz e demos duas camisas para os vencedores”, explicou Daniel.

Foto: Lucas Vieira/Volts

Além da participação do Volts, o Anime Play contou com a presença de estandes de vendas, espaço para gamers, Just Dance e K-Pop. “Nossa ideia foi fazer um evento de cultura pop, que englobasse todos os públicos da melhor forma possível. Desde quem gosta de cultura coreana aos que gostam de cultura nerd. São Luís tem um público que gosta muito desse tipo de evento, eles vêm para interagir e compartilhar momentos”, conta Cibele Trajano, organizadora do evento.

O jovem Leandro Ribeiro, de 15 anos, passeava no shopping quando viu a movimentação. “Parei para ver o que estava acontecendo e achei muito legal. Têm os cosplays, o pessoal no videogame e outro pessoal dançando. Achei muito legal”, disse ele, que estava acompanhado da mãe Cristina. “É ótimo para aproximar ele de pessoas que gostam das mesmas coisas”, completou ela.

Em alta agora