Connect with us

Televisão

Considerada ‘ícone de subversão’, Peppa Pig é censurada na China

Tudo porque a personagem estava sendo usada indevidamente por adultos.

Foto: Reprodução/Peppa Pig

Que mal pode-se esperar de um personagem como Peppa Pig? Bem, acredite se quiser, mas uma plataforma chinesa de vídeos para internet baniu a animação infantil por considerar, segundo o The Global Times, que Peppa Pig é um ‘ícone de subversão’. Além disso, a hashtag #Peppapig foi proibida.

Isso aconteceu, de acordo com a publicação, porque o desenho animado estava sendo usado por movimentos de contracultura, liderados por adultos, como um símbolo de rebeldia. Nos últimos tempos era recorrente que os vídeos da animação fossem editados com conteúdos sombrios e pornográficos. Por causa disso, mais de 30 mil vídeos da personagem foram excluídos do Douyin.

Peppa Pig estreou na china em 2015, ficou muito popular após entrar na grade de programação da CCTV e até parques temáticos da personagem devem ser inaugurados em Pequim até 2019.

Segundo o Global Times, a exclusão dos vídeos da personagem fictícia pode ser fruto de um excessivo estado de cautela por parte da Douyin, por conta dos diversos mecanismos de censura no governo do presidente Xi Jinping. Recentemente, um agregador de notícias chamado Jinri Toutiao foi suspenso das lojas de aplicativos chinesas por três semanas após o governo determinar que ele hospedava conteúdo impróprio.

 

No Brasil, Peppa Pig é exibida pelo canal Discovery Kids sem ter registrado nenhum problema como esse.

Em alta agora