Connect with us

Crítica

Crítica | Beyoncé lança obra de arte visual com Lemonade

Álbum foi lançado no dia 23 de abril de 2016.

Em uma noite de sábado, 23 de abril de 2016, a cantora Beyoncé resolveu mais uma vez parar o mundo para um mega lançamento. Intitulado Lemonade, esse era o que a mídia já cogitava ser: um novo álbum visual da cantora, que não lançava algo novo desde o Beyoncé (2013). A transmissão foi feita pela HBO.

Lemonade tem uma grande diferença do álbum Beyoncé. Ela não apenas fez um clipe para cada canção do seu novo trabalho, mas sim um filme. Além de esse ser o álbum mais eclético da cantora, passando por estilos como rock, country, jazz, r&b, e contendo colaborações com The Weeknd, Jack Whithe, James Blake e Kendrick Lamar, em todas as músicas Beyoncé se mostra em um estado de expressão política, feminista e ao mesmo tempo pessoal e emocional muito forte.

O filme foi dirigido por Kahlil Joseph, diretor indo-americano, e pela própria Beyoncé, que também co-escreveu e produziu todas as músicas do novo trabalho. Musicalmente, as letras estão centradas em uma Beyoncé traída, julgada por uma sociedade racista e machista. Já na primeira música, Pray You Catch Me (Rezar Para Ser Acolhida), Beyoncé aclama sobre manter a fé em relacionamentos rochosos, enquanto, ao fim da canção, se joga de um prédio.

A sincronia das músicas, de cada um dos seus videoclipes e letras das canções tornam Lemonade muito além de um simples álbum visual. A produção e execução desse trabalho foi de tremenda inteligencia e perfeição que é difícil não definimos o novo trabalho da cantora como uma obra de arte visual.

Sobre o título do trabalho, ao fim da música Freedom (Liberdade), ouvimos a avó da Beyoncé falando em seu aniversário de 90 anos: “Eu tive meus altos e baixos, mas eu sempre achei a força interior para me puxar para cima. Me serviram limões, e então eu fiz uma limonada”. Para quem não sabe, os escravos negros também tomavam limonada achando que isso iria embranquecê-los.

Lemonade conseguiu ultrapassar todos os limites que esperávamos receber da Beyoncé. Depois da repercussão que a música Formation trouxe, junto com todas as criticas das pessoas que se sentiram “atacadas” pela canção, Lemonade mostra que a cantora realmente está na luta contra o racismo, a favor do feminismo e contra relacionamentos abusivos.

Por enquanto, o álbum se encontra disponível somente no TIDAL. Alguns sites dizem que a cantora pretende deixá-lo somente na rede de streaming para sempre, como exemplo do Kanye West. Outros dizem que a cantora liberará álbum para venda e em outros streamings ainda nessa semana.

Uma coisa é certa: ela sabe o que faz. Se você possui conta no TIDAL, escute o álbum clicando aqui.

Em alta agora