Connect with us

Animês e Mangás

Exibição de Dragon Ball Super vira pivô de incidente diplomático

Governo japonês foi contra exibições no México e outros países latinos.

No último sábado (17) o penúltimo episódio (#130) do animê Dragon Ball Super foi além dos limites midiáticos e alcançou o patamar diplomático após diversas exibições públicas realizadas em países da América Latina como México, El Salvador e Equador.

Por meio da Embaixada Japonesa no México, a Toei Animation – detentora dos direitos autorais da franquia – notificou diversos governos municipais mexicanos que anunciaram exibição ilegal da animação em praças públicas e estádios. Em um documento oficial assinado pela representatividade nipônica no país latino – e conseguido pelo jornal El Español – o embaixador Yusushi Takase relatou que o governo japonês deseja que o “assunto seja tratado de forma oportuna de acordo com as leis de direito autorais e suas regulamentações no México”. O embaixador vai além e diz que “em caso de as exibições serem feitas de forma ilegal, o Governo do Japão deseja que sejam suspendidas”.

(Carta enviada ao governador de Coahuila, no México, pela embaixada japonesa no país. FONTE: El Español)

 

Infelizmente a solicitação – feita um dia antes – não foi atendida por algumas das representações municipais notificadas e milhares de pessoas se reuniram em vários locais do México (e também da América Latina) para prestigiar o episódio que marcou o combate entre Jiren, O Cizento, do Universo 11 e Son Goku, com o Instinto Superior completo, do Universo 07. Em diversos vídeos espalhados pela Youtube é possível ver a grande quantidade de fãs reunidos para poder ver o episódio #130 da série.

 (Poster divulgado pela Prefeitura de San Luis Potosi, no México, sobre evento de exibição do episódio #130. FONTE: Twitter)

 

Nenhum posicionamento foi feito até o momento pelo Governo do Japão após o descumprimento da solicitação. Vale lembrar que o documento citou também a possível exibição do episódio #131, que também está proibida segundo as leis de direitos autorais sem antes haver uma negociação junto à Toei Animation.

O episódio #131 – último da animação – está previsto para o próximo dia 25 de março. No Brasil a transmissão oficial é feita pelo Crunchyroll.

 

Entenda o caso

Na semana que antecedeu a exibição do episódio #130 de Dragon Ball Super, o prefeito da cidade mexicana de Júarez, Armando Cabada, divulgou em suas redes sociais que iria organizar uma exibição pública do penúltimo episódio de Dragon Ball Super na Plaza de la Mexicanidad. A transmissão seria acompanhada de uma mini-maratona com as exibições dos episódios 126, 127, 128 e 129, que marcam o início do combate final do Torneio do Poder.

(Postagem feita pelo prefeito mexicano que foi o incentivador de tudo. Fonte: Facebook)

 

Um evento chegou a ser criado no Facebook e reuniu mais de 13 mil seguidores antes de ter sido cancelado. O próprio prefeito postou em sua conta na rede social o convite feito aos fãs do animê na cidade, que é listada como uma das mais violentas do país.

As reações a essa atitude foram de reproduzi-la em outras cidades mexicanas e em outros países, o que chegou ao conhecimento da representação ocidental da  Toei Animation, que por meio do próprio Facebook condenou a iniciativa usando como justificativa, além da lei de direitos autorais, o respeito que se deve dar ao produtores e demais agentes envolvidos na realização da série.

(Postagem da representação americana da  Toei Animation sobre o caso das exibições públicas. Fonte: Facebook)

 

Isso levou a empresa a buscar o apoio do governo japonês, que não teve outra alternativa a não ser transformar um caso máximo de cultura participativa em um incidente diplomático, que a primeira vista pode parecer o mais infantil e engraçado possível, mas que nos leva a questionar sobre os limites entre produtores e fãs nas relações econômico-culturais-sociais de países amigos.

Pelos meios oficiais a exibição do último episódio de Dragon Ball Super foi motivo de transtorno para os usuários do serviço de streaming Crunchyroll, que tiveram que aguardar o site volta a ativa após algumas horas fora do ar provocado pelo congestionamento de contas em uso ao mesmo tempo na madrugada de sábado (17) para domingo (18). Essa mesma situação aconteceu em 2017 quando o primeiro combate de Goku e Jiren teve início.

Em alta agora